Tipos de Informação

Postar os exemplos de tipos de informações.

Neste item está relacionado com: Introdução ao Sistemas de informação. Funcionamento da área computacional. Informação gerencial. Tipos e usos de informação. Tratamento das informações versus atividades fins. Sistemas de apoio à decisão. Gerenciamento de sistemas: integração, segurança, controle.

160 Respostas

  1. Informação científica

    As organizações empresariais se defrontam, atualmente, com uma nova demanda de necessidades corporativas, relacionadas não só aos seus produtos e serviços, mas também às suas interações com a sociedade e o meio ambiente ao seu redor; a chamada Responsabilidade Social Empresarial (RSE).
    Um dos grandes desafios das empresas dessa “nova economia” (a economia do politicamente correto e do socialmente responsável) diz respeito à colocação da sua imagem no mundo globalizado em plena era da informação. São cada vez menores as diferenças entre os produtos das grandes e pequenas empresas, nacionais e internacionais, pois a globalização, apagando limites geográficos e mesclando centenas de culturas diferentes, tornou-os tão próximos em estrutura física e de qualidade, que já não se leva mais em conta apenas o preço, o design ou os demais fatores comuns. É nessa hora que se vêem os benefícios da “era da informação”.
    Cada vez mais é maior o número de pessoas que questionam o fato de que se ao consumirem determinado produto de uma marca específica, estarão ajudando na construção de uma sociedade mais justa, sendo esta marca pertencente a uma empresa reconhecidamente sócio-responsável. Cada vez
    mais, preço e qualidade são posições secundárias, sendo substituídos pela ética, princípios e valores. A Era da Informação está criando uma enorme geração de consumidores socialmente responsáveis, que deixam de adquirir um produto ou, de fato, o adquirem, se a empresa estiver relacionada com
    alguma ação ou projeto social. Esta mudança vem criando, o que nos Estados Unidos, por se tratar de
    um conceito ainda muito novo, denomina-se de “o quarto setor”. Esta nova terminologia surge, mesmo que ainda possuindo uma classificação marcada essencialmente pela “falta de palavras de conceitualização”, para diferenciar-se dos outros três setores existentes. Esse novo termo difere-se do primeiro setor (definido pelo Estado e as ações relacionadas ao governo), do segundo setor (indústria) e também do relativamente novo terceiro setor (formado pelas organizações da sociedade cível e sem fins lucrativos). O quarto setor designa-se em empresas que geram lucros, mas que colocam a sustentabilidade e a responsabilidade social como fatores principais. E é a comunicação a responsável por efetuar a integração desta tendência socialmente responsável que as empresas estão adotando e que
    deixa sinais claros quando o social é ou não estrategicamente utilizado, como afirma KITCHEN & SCHULTZ:

    Clientes, funcionários e sociedade em geral estão buscando um
    entendimento e conhecimento do caráter das empresas. Se elas não
    se comunicarem, esses públicos tirarão suas conclusões a partir da
    primeira informação que encontrarem disponível. (KITCHEN &
    SCHULTZ, 2001:306)

    Com isso, as empresas privadas e as instituições sem fins lucrativos – e, por extensão, os produtos e/ou serviços que representam – ganham novas e importantes dimensões, constituídas pelos valores de uma nova cultura organizacional, baseada no ser politicamente correto, cristalizando, desse modo, uma imagem institucional positiva junto aos públicos externo e interno com os quais a organização interage, não dando satisfações somente aos acionistas, mas também colocando na agenda os consumidores e funcionários. Entretanto, esse processo, que também demanda clareza e coerência
    no plano dos valores institucionais, não era evidentemente praticado, já que antigamente as empresas limitavam sua comunicação devido à era vivenciada pelo país, conforme TORQUATO coloca:

    Num país econômica e politicamente fechado, as corporações e instituições viviam de costas para a sociedade: não respeitavam o consumidor, consideravam a preservação do meio ambiente uma fantasia que poderia colocar em risco a lucratividade e negavam à opinião pública o direito de ser informada sobre suas atividades. No caso particular da administração pública e das estatais, até a informação mais prosaica era tratada como questão de segurança nacional e, portanto, sonegada ao público. (TORQUATO, 2004:21)

    Como podemos ver, há uma grande diferenciação das ações praticadas naquela época, pois, nos dias atuais, com uma nova posição ocular que o país apresenta, as corporações procuram, ao extremo, alinhar suas imagens a um papel de empresa-cidadã, mesmo gerando conflitos de princípios (empresa
    realmente responsável socialmente ou uma mera estratégia de marketing?). Mesmo com isso, a responsabilidade social é, de fato, um modismo empresarial desde o final do século XX. Nunca se falou tanto em sustentabilidade social, produtos produzidos de maneira politicamente correta e, principalmente, nunca os passos da iniciativa privada e das organizações sem fins lucrativos andaram tão próximos e ao mesmo tempo nunca foram tão importantes. Logo, o novo desafio dos comunicadores é aliar, em um mesmo processo estratégico empresarial, a imagem da empresa, a responsabilidade social empresarial e, devido às eras tecnológica e de informação em que vivemos, explorar ao máximo os canais das novas mídias digitais, criando uma interface entre empresa e sociedade que caracterize o século tecnológico no qual estamos inseridos, usando a mídia digital não para uma empresa parecer socialmente responsável, mas para ajudá-la a efetivamente ser. A seguir, no primeiro capítulo, especificamente, apresentaremos um breve relato das ações de comunicação corporativa no Brasil, a comunicação nas empresas socialmente responsáveis de hoje e, por fim, a transição da comunicação moderna para a pós-moderna.

    Fonte: LIDERANÇAS EMPRESARIAIS E PROBLEMAS DA ESTRATÉGIA LIBERAL NO BRASIL http://www.anpocs.org.br/portal/publicacoes/rbcs_00_23/rbcs23_08.htm

    Informação informativa

    O Brasil conquistou, nos últimos anos, uma posição de destaque na produção científica e na geração de tecnologia de ponta. 
    Sabemos que o desenvolvimento de um país está, sem dúvida, vinculado aos investimentos aplicados em pesquisa e formação de recursos humanos. 
    Apesar dos avanços obtidos, é importante a criação de uma cultura científica na sociedade brasileira e a implementação de políticas públicas que priorizem o conhecimento científico como elemento propulsor de competitividade e geração de riqueza. 
    O grau de desenvolvimento de um povo pode ser mensurado pelos investimentos efetuados em pesquisa e produção do conhecimento e a soberania de um país se constrói também pela sua independência tecnológica. Somente quando as políticas públicas brasileiras se voltaram para essa questão, o Brasil deixou de ser dependente no campo científico. 
    Ainda assim, a comunidade científica brasileira enfrenta grandes desafios devido à falta de recursos para a pesquisa. Nossos laboratórios e pesquisadores ocupam patamares de qualidade e competitividade equivalentes aos de muitos países do primeiro mundo, onde a ciência sempre foi considerada um fator componente do desenvolvimento econômico, político e social. 
    Portanto, pesquisadores e jornalistas científicos têm uma obrigação social: tornar público o conhecimento produzido e conscientizar os formadores da opinião pública sobre a importância de se investir em pesquisas. 
    A divulgação científica é um processo de inserção social, na medida em que proporciona ao cidadão o acesso ao conhecimento, que lhe permite participar mais ativamente das discussões que permeiam a aplicação dos recursos públicos no desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas. 
    Entre os objetivos do jornalismo científico, destaca-se a contribuição no despertar dos tomadores de decisão, para a importância de se investir em pesquisa, como uma ação propulsora ao desenvolvimento do país. 

    Fonte: O papel da ciência e da tecnologia no desenvolvimento nacional
    http://www.cnptia.embrapa.br/node/124.html

    Informação Pessoal

    Na segunda, a minha noite foi triste, pois eu tinha esquecido que o JP voltaria ao compromisso das noites de segundas, após o período de férias. Daí tive que jantar e ficar sozinha em casa. O pior é que acabei dormindo sem perceber e só acordei na manhã seguinte. Ele disse que quando chegou, eu até falei com ele, mas foi dormindo. Tô uma velha que só vendo, às 22hs já me bate um sono que em muitas vezes é difícil de controlar. Haja cafeína para agüentar o pique quando é preciso.
    Na terça, fomos à festa de aniversário da sobrinha e afilhada dele. A comemoração foi na casa dos meus sogros e ficamos lá até 23hs e pouco, foi bem bacana e o bolo estava sensacional, comi até as minhas lombrigas dizerem “chega!”. Na quarta, fomos na estréia do Traces como comentei no último post. Ontem fomos em um barzinho para comemorar o aniversário de um amigo, a princípio íamos apenas para parabenizá-lo e dar uma breve passadinha, mas daí ele nos pediu para ficarmos um pouquinho e este pouquinho durou quase 3 horas. Mas acabei fazendo mais duas novas amizades e foi bastante divertido!! Com exceção do mico que paguei quando quebrei um copo sem querer, nossa, que vergonha! Sabe lá Deus como o copo “apareceu” ao meu lado e pior, bem na ponta da mesa, daí gesticulando, esbarrei o braço nele e foi aquele estrago, pois estava cheio. Como ninguém reclamou, então fiquei sem saber de quem era o copo.
    O problema é que parte da bebida pegou em cheio no meu pé já que estava usando sandálias, daí depois só dava eu lavando o pé na pia no banheiro, fazendo o maior malabarismo, quase uma ginasta. rs. Por falar nisso, não estou conseguindo acompanhar a Olimpíada por causa dos horários malucos devido ao fuso horário. Acabo assistindo apenas trechos que passam depois em algum programa de notícias. Mas como fiz questão de assistir a ginástica olímpica, então deixei gravando para assistir sem nenhum corte, no dia seguinte.

    Fonte: 16 Sexta Feira http://www.circulando_Idois.com/index.php/2008/08/15/title-1

    Informação Empresarial

      O Marketing Esportivo compreende ações voltadas para a prática e a divulgação de modalidades esportivas, clubes ou associações, seja pela promoção de eventos ou torneios, seja pelo apoio/patrocínio a clubes esportivos. Inclui, também, o trabalho de comunicação/marketing realizado por Academias, Centros de Práticas Esportivas etc..
          Empresas e marcas líderes costumam privilegiar esta área, aproveitando-se da boa imagem de clubes e esportistas junto à opinião pública, como a Diadora, patrocinadora de Gustavo Kuerten – o Guga e, durante muitos anos, a Parmalat com o Palmeiras (entre outros times de futebol).
          O Marketing Esportivo está extremamente profissionalizado em determinados países (vide Estados Unidos, em praticamente todas as modalidades esportivas, mas especialmente no basquete, futebol americano, beisebol e hóquei, para só citar os casos das bilionárias ligas nacionais; e o futebol europeu mais especificamente o inglês, o espanhol e o italiano).
          No Brasil, ele ainda é incipiente por várias razões, a mais importante delas é a visão amadorística dos nossos empresários do esporte que dele se aproximam para obter vantagens. As recentes CPIs instaladas no Brasil, para avaliar escândalos envolvendo clubes, federações, empresas de marketing esportivo e até atletas e treinadores, confirmam a tese de que ainda engatinhamos na área do negócio do esporte. A falta de ética e a corrupção aberta comprometem quaisquer iniciativas sérias de marketing esportivo.
          Devemos, no entanto, apesar desse panorama sombrio no Brasil, destacar iniciativas importantes de muitas empresas nesta área, como a Gessy Lever, a Pirelli, a Petrobrás, o Banco do Brasil e as cooperativas da Unimed, que têm apoiado várias modalidades esportivas, em muitos Estados brasileiros.

    Fonte: Comunicação Empresarial on line http://www.comunicacaoempresarial.com.br/comunicacaoempresarial/conceitos/marketingesportivo.php

    Informação Tecnológica

    O Live Labs é o braço do Microsoft Research que faz pesquisa e desenvolvimento especificamente para a Internet. Do pessoal do Live Labs já saiu, por exemplo, o Deep Zoom, um componente de destaque do Silverlight 2.0. Agora, mais uma novidade do pessoal do Live Labs – o Photosynth está aberto para o uso de todos.
    Para quem não conhece, o Photosynth é uma forma completamente inovadora de vivenciar as suas fotos digitais. Em vez de ver fotos individuais tiradas no mesmo local, o Photosynth consegue encaixar todas as fotos no seu lugar correto num espaço tridimensional. A tecnologia analisa as suas fotos, identifica os pontos de sobreposição e utiliza essa informação para reconstruir um espaço gráfico 3D e nele encaixar cada foto em seu devido lugar. O usuário não precisa fazer nada além de alimentar as suas fotos – o Photosynth cuida de tudo.
    Existem algumas regras básicas para criar um bom synth, por isso recomendo ver o vídeo legendado desse post que mostra os passos iniciais. Depois, baixe o guia em português que entra em maiores detalhes com dicas importantes e assuntos para fotógrafos avançados.  

    O site do Photosynth utiliza Live ID para autenticação. Se você tem Hotmail ou usa o Windows Live Messenger, é o mesmo login e senha desses serviços. Lá, você terá direito a 20GB de espaço para armazenar os seus synths. 
    Para usar o Photosynth é preciso instalar um plug-in de 8MB que roda em Internet Explorer 6 e 7 ou Firefox 2 e 3 para Windows XP e Windows Vista. 
    O site permite comentários dos usuários, compartilhamento via link direto para o synth e, o mais bacana, você pode incorporar o synth no seu próprio site via iframe. É só copiar e colar o código.

    Fonte: Microsoft Live Labs lança o Photosynth
    http://on10.net/blogs/Galileu/Vdeo-A-Microsoft-Live-Labs-lana-o-Photosynth/

  2. Informação científica

    As organizações empresariais se defrontam, atualmente, com uma nova demanda de necessidades corporativas, relacionadas não só aos seus produtos e serviços, mas também às suas interações com a sociedade e o meio ambiente ao seu redor; a chamada Responsabilidade Social Empresarial (RSE).
    Um dos grandes desafios das empresas dessa “nova economia” (a economia do politicamente correto e do socialmente responsável) diz respeito à colocação da sua imagem no mundo globalizado em plena era da informação. São cada vez menores as diferenças entre os produtos das grandes e pequenas empresas, nacionais e internacionais, pois a globalização, apagando limites geográficos e mesclando centenas de culturas diferentes, tornou-os tão próximos em estrutura física e de qualidade, que já não se leva mais em conta apenas o preço, o design ou os demais fatores comuns. É nessa hora que se vêem os benefícios da “era da informação”.
    Cada vez mais é maior o número de pessoas que questionam o fato de que se ao consumirem determinado produto de uma marca específica, estarão ajudando na construção de uma sociedade mais justa, sendo esta marca pertencente a uma empresa reconhecidamente sócio-responsável. Cada vez
    mais, preço e qualidade são posições secundárias, sendo substituídos pela ética, princípios e valores. A Era da Informação está criando uma enorme geração de consumidores socialmente responsáveis, que deixam de adquirir um produto ou, de fato, o adquirem, se a empresa estiver relacionada com
    alguma ação ou projeto social. Esta mudança vem criando, o que nos Estados Unidos, por se tratar de
    um conceito ainda muito novo, denomina-se de “o quarto setor”. Esta nova terminologia surge, mesmo que ainda possuindo uma classificação marcada essencialmente pela “falta de palavras de conceitualização”, para diferenciar-se dos outros três setores existentes. Esse novo termo difere-se do primeiro setor (definido pelo Estado e as ações relacionadas ao governo), do segundo setor (indústria) e também do relativamente novo terceiro setor (formado pelas organizações da sociedade cível e sem fins lucrativos). O quarto setor designa-se em empresas que geram lucros, mas que colocam a sustentabilidade e a responsabilidade social como fatores principais. E é a comunicação a responsável por efetuar a integração desta tendência socialmente responsável que as empresas estão adotando e que
    deixa sinais claros quando o social é ou não estrategicamente utilizado, como afirma KITCHEN & SCHULTZ:

    Clientes, funcionários e sociedade em geral estão buscando um
    entendimento e conhecimento do caráter das empresas. Se elas não
    se comunicarem, esses públicos tirarão suas conclusões a partir da
    primeira informação que encontrarem disponível. (KITCHEN &
    SCHULTZ, 2001:306)

    Com isso, as empresas privadas e as instituições sem fins lucrativos – e, por extensão, os produtos e/ou serviços que representam – ganham novas e importantes dimensões, constituídas pelos valores de uma nova cultura organizacional, baseada no ser politicamente correto, cristalizando, desse modo, uma imagem institucional positiva junto aos públicos externo e interno com os quais a organização interage, não dando satisfações somente aos acionistas, mas também colocando na agenda os consumidores e funcionários. Entretanto, esse processo, que também demanda clareza e coerência
    no plano dos valores institucionais, não era evidentemente praticado, já que antigamente as empresas limitavam sua comunicação devido à era vivenciada pelo país, conforme TORQUATO coloca:

    Num país econômica e politicamente fechado, as corporações e instituições viviam de costas para a sociedade: não respeitavam o consumidor, consideravam a preservação do meio ambiente uma fantasia que poderia colocar em risco a lucratividade e negavam à opinião pública o direito de ser informada sobre suas atividades. No caso particular da administração pública e das estatais, até a informação mais prosaica era tratada como questão de segurança nacional e, portanto, sonegada ao público. (TORQUATO, 2004:21)

    Como podemos ver, há uma grande diferenciação das ações praticadas naquela época, pois, nos dias atuais, com uma nova posição ocular que o país apresenta, as corporações procuram, ao extremo, alinhar suas imagens a um papel de empresa-cidadã, mesmo gerando conflitos de princípios (empresa
    realmente responsável socialmente ou uma mera estratégia de marketing?). Mesmo com isso, a responsabilidade social é, de fato, um modismo empresarial desde o final do século XX. Nunca se falou tanto em sustentabilidade social, produtos produzidos de maneira politicamente correta e, principalmente, nunca os passos da iniciativa privada e das organizações sem fins lucrativos andaram tão próximos e ao mesmo tempo nunca foram tão importantes. Logo, o novo desafio dos comunicadores é aliar, em um mesmo processo estratégico empresarial, a imagem da empresa, a responsabilidade social empresarial e, devido às eras tecnológica e de informação em que vivemos, explorar ao máximo os canais das novas mídias digitais, criando uma interface entre empresa e sociedade que caracterize o século tecnológico no qual estamos inseridos, usando a mídia digital não para uma empresa parecer socialmente responsável, mas para ajudá-la a efetivamente ser. A seguir, no primeiro capítulo, especificamente, apresentaremos um breve relato das ações de comunicação corporativa no Brasil, a comunicação nas empresas socialmente responsáveis de hoje e, por fim, a transição da comunicação moderna para a pós-moderna.

    Fonte: LIDERANÇAS EMPRESARIAIS E PROBLEMAS DA ESTRATÉGIA LIBERAL NO BRASIL http://www.anpocs.org.br/portal/publicacoes/rbcs_00_23/rbcs23_08.htm

    Informação informativa

    O Brasil conquistou, nos últimos anos, uma posição de destaque na produção científica e na geração de tecnologia de ponta. 
    Sabemos que o desenvolvimento de um país está, sem dúvida, vinculado aos investimentos aplicados em pesquisa e formação de recursos humanos. 
    Apesar dos avanços obtidos, é importante a criação de uma cultura científica na sociedade brasileira e a implementação de políticas públicas que priorizem o conhecimento científico como elemento propulsor de competitividade e geração de riqueza. 
    O grau de desenvolvimento de um povo pode ser mensurado pelos investimentos efetuados em pesquisa e produção do conhecimento e a soberania de um país se constrói também pela sua independência tecnológica. Somente quando as políticas públicas brasileiras se voltaram para essa questão, o Brasil deixou de ser dependente no campo científico. 
    Ainda assim, a comunidade científica brasileira enfrenta grandes desafios devido à falta de recursos para a pesquisa. Nossos laboratórios e pesquisadores ocupam patamares de qualidade e competitividade equivalentes aos de muitos países do primeiro mundo, onde a ciência sempre foi considerada um fator componente do desenvolvimento econômico, político e social. 
    Portanto, pesquisadores e jornalistas científicos têm uma obrigação social: tornar público o conhecimento produzido e conscientizar os formadores da opinião pública sobre a importância de se investir em pesquisas. 
    A divulgação científica é um processo de inserção social, na medida em que proporciona ao cidadão o acesso ao conhecimento, que lhe permite participar mais ativamente das discussões que permeiam a aplicação dos recursos públicos no desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas. 
    Entre os objetivos do jornalismo científico, destaca-se a contribuição no despertar dos tomadores de decisão, para a importância de se investir em pesquisa, como uma ação propulsora ao desenvolvimento do país. 

    Fonte: O papel da ciência e da tecnologia no desenvolvimento nacional
    http://www.cnptia.embrapa.br/node/124.html

    Informação Pessoal

    Na segunda, a minha noite foi triste, pois eu tinha esquecido que o JP voltaria ao compromisso das noites de segundas, após o período de férias. Daí tive que jantar e ficar sozinha em casa. O pior é que acabei dormindo sem perceber e só acordei na manhã seguinte. Ele disse que quando chegou, eu até falei com ele, mas foi dormindo. Tô uma velha que só vendo, às 22hs já me bate um sono que em muitas vezes é difícil de controlar. Haja cafeína para agüentar o pique quando é preciso.
    Na terça, fomos à festa de aniversário da sobrinha e afilhada dele. A comemoração foi na casa dos meus sogros e ficamos lá até 23hs e pouco, foi bem bacana e o bolo estava sensacional, comi até as minhas lombrigas dizerem “chega!”. Na quarta, fomos na estréia do Traces como comentei no último post. Ontem fomos em um barzinho para comemorar o aniversário de um amigo, a princípio íamos apenas para parabenizá-lo e dar uma breve passadinha, mas daí ele nos pediu para ficarmos um pouquinho e este pouquinho durou quase 3 horas. Mas acabei fazendo mais duas novas amizades e foi bastante divertido!! Com exceção do mico que paguei quando quebrei um copo sem querer, nossa, que vergonha! Sabe lá Deus como o copo “apareceu” ao meu lado e pior, bem na ponta da mesa, daí gesticulando, esbarrei o braço nele e foi aquele estrago, pois estava cheio. Como ninguém reclamou, então fiquei sem saber de quem era o copo.
    O problema é que parte da bebida pegou em cheio no meu pé já que estava usando sandálias, daí depois só dava eu lavando o pé na pia no banheiro, fazendo o maior malabarismo, quase uma ginasta. rs. Por falar nisso, não estou conseguindo acompanhar a Olimpíada por causa dos horários malucos devido ao fuso horário. Acabo assistindo apenas trechos que passam depois em algum programa de notícias. Mas como fiz questão de assistir a ginástica olímpica, então deixei gravando para assistir sem nenhum corte, no dia seguinte.

    Fonte: 16 Sexta Feira
    http://www.circulando_Idois.com/index.php/2008/08/15/title-1

    Informação Empresarial

      O Marketing Esportivo compreende ações voltadas para a prática e a divulgação de modalidades esportivas, clubes ou associações, seja pela promoção de eventos ou torneios, seja pelo apoio/patrocínio a clubes esportivos. Inclui, também, o trabalho de comunicação/marketing realizado por Academias, Centros de Práticas Esportivas etc..
          Empresas e marcas líderes costumam privilegiar esta área, aproveitando-se da boa imagem de clubes e esportistas junto à opinião pública, como a Diadora, patrocinadora de Gustavo Kuerten – o Guga e, durante muitos anos, a Parmalat com o Palmeiras (entre outros times de futebol).
          O Marketing Esportivo está extremamente profissionalizado em determinados países (vide Estados Unidos, em praticamente todas as modalidades esportivas, mas especialmente no basquete, futebol americano, beisebol e hóquei, para só citar os casos das bilionárias ligas nacionais; e o futebol europeu mais especificamente o inglês, o espanhol e o italiano).
          No Brasil, ele ainda é incipiente por várias razões, a mais importante delas é a visão amadorística dos nossos empresários do esporte que dele se aproximam para obter vantagens. As recentes CPIs instaladas no Brasil, para avaliar escândalos envolvendo clubes, federações, empresas de marketing esportivo e até atletas e treinadores, confirmam a tese de que ainda engatinhamos na área do negócio do esporte. A falta de ética e a corrupção aberta comprometem quaisquer iniciativas sérias de marketing esportivo.
          Devemos, no entanto, apesar desse panorama sombrio no Brasil, destacar iniciativas importantes de muitas empresas nesta área, como a Gessy Lever, a Pirelli, a Petrobrás, o Banco do Brasil e as cooperativas da Unimed, que têm apoiado várias modalidades esportivas, em muitos Estados brasileiros.

    Fonte: Comunicação Empresarial on line
    http://www.comunicacaoempresarial.com.br/comunicacaoempresarial/conceitos/marketingesportivo.php

    Informação Tecnológica

    O Live Labs é o braço do Microsoft Research que faz pesquisa e desenvolvimento especificamente para a Internet. Do pessoal do Live Labs já saiu, por exemplo, o Deep Zoom, um componente de destaque do Silverlight 2.0. Agora, mais uma novidade do pessoal do Live Labs – o Photosynth está aberto para o uso de todos.
    Para quem não conhece, o Photosynth é uma forma completamente inovadora de vivenciar as suas fotos digitais. Em vez de ver fotos individuais tiradas no mesmo local, o Photosynth consegue encaixar todas as fotos no seu lugar correto num espaço tridimensional. A tecnologia analisa as suas fotos, identifica os pontos de sobreposição e utiliza essa informação para reconstruir um espaço gráfico 3D e nele encaixar cada foto em seu devido lugar. O usuário não precisa fazer nada além de alimentar as suas fotos – o Photosynth cuida de tudo.
    Existem algumas regras básicas para criar um bom synth, por isso recomendo ver o vídeo legendado desse post que mostra os passos iniciais. Depois, baixe o guia em português que entra em maiores detalhes com dicas importantes e assuntos para fotógrafos avançados.  

    O site do Photosynth utiliza Live ID para autenticação. Se você tem Hotmail ou usa o Windows Live Messenger, é o mesmo login e senha desses serviços. Lá, você terá direito a 20GB de espaço para armazenar os seus synths. 
    Para usar o Photosynth é preciso instalar um plug-in de 8MB que roda em Internet Explorer 6 e 7 ou Firefox 2 e 3 para Windows XP e Windows Vista. 
    O site permite comentários dos usuários, compartilhamento via link direto para o synth e, o mais bacana, você pode incorporar o synth no seu próprio site via iframe. É só copiar e colar o código.

    Fonte: Microsoft Live Labs lança o Photosynth
    http://on10.net/blogs/Galileu/Vdeo-A-Microsoft-Live-Labs-lana-o-Photosynth/

  3. Informação Tecnológica

    É toda informação ou conhecimento de caráter tecnológico ou não, que contribui para a mudança e
    o aperfeiçoamento de serviço, processo ou produto industrial, em todo o sistema produtivo. Agregando
    conhecimentos necessários à tomada de decisão.

    Exemplo

    Uma empresa norte-americana chamada Plastic Logic apresentou uma espécie de “versão 2.0” do papel eletrônico,
    cujo formato passa a ser semelhante ao de jornais e revistas. O dispositivo chega para concorrer com o Kindle, da Amazon e
    também o eReader, da Sony.
    O display do gadget é uma muito leve e fino, sendo que seu layout imita folhas de publicações como revistas e jornais de
    pequeno porte. Seu conteúdo é exibido em preto-e-branco, em um formato desenvolvido pela E-Ink Corporation, empresa
    pertencente à divisão Media Lab, do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussetts, em português). Para completar,
    o produto ainda tem conectividade Wi-Fi para que suas páginas sejam atualizadas constantemente.
    Preço e data de lançamento do dispositivo não foram anunciados. Abaixo, dois vídeos mostrando como a tecnologia da
    Plastic Logic funciona:
    http://www.techguru.com.br/novo-papel-eletronico-traz-formato-de-revistas-jornais.htm

    Informaçao Empresarial

    Foto do iPod nano 4G vaza pela internet
    Para pesadelo de alguns e alegria de outros, é praticamente 100% de chance que o iPod nano perca suas
    gordurinhas laterais e fique mais alto.
    Mas pela foto acima, não será uma tela widescreen como especularam antes, e sim a tela atual do iPod girada 90°.
    O novo iPod nano deverá ser bem semelhante ao iPod nano da segunda geração, mas com um formato (superfície e bordas)
    mais arredondado, à la MacBook Air.
    Segundo o MacNN, ele terá também a volta das cores vibrantes, o que para mim é uma boa notícia —
    nunca gostei dessas cores apagadas do fat nano! É esperado também um iPod nano de 16GB e o fim do nano de 4GB.
    Agora, é esperar até o evento do dia 09 de setembro (próxima terça-feira) para ver se essa foto é mesmo real ou um fake
    muuuito bem feito!

    Informaçao Informativa

    O jornal Valor Econômico quebrou o silêncio. Enquanto todos os demais veículos impressos esconderam a
    notícia, o diário especializado em notícia sobre economia deu, na edição de quarta-feira (16/7) um abre de página,
    em seis colunas, para o vazamento na internet da íntegra do relatório da Polícia Federal sobre o inquérito que investiga
    os supostos ilícitos cometidos pelo banqueiro Daniel Dantas.

    Informaçao Pessoal
    Rodrigo J Amorim
    22 anos
    Masxulino
    1,72m
    54Kg

    Informaçao Cientifica

    http://books.google.com/books?hl=pt-BR&lr=&id=Aye2TAjGglAC&oi=fnd&pg=PA7&dq=infoma%C3%A7ao+cientifica+trabalho+cientifico&ots=or3iMofxXR&sig=yimrb-Bewd9l3_kCJ1hpLvxhVWE#PPA31,M1

  4. Tipos de Informação:

    Pesquisar e postar um exemplo de cada tipo de informação:
    Científica
    Ano/Semestre: 2007-I
    Acadêmico(a): Gilson Chequeto
    Orientador(a): Adilson Vahldick
    Título: Magregister 1.0: Gerador de Interfaces de Coleta de Dados para PDAs;
    http://www.bc.furb.br/docs/MO/2008/329167_1_1.pdf

    Informativa
    http://docs.google.com/
    Site que possibilita aos usuário criar e editar seus arquivos Texto, planilha e apresentações direto da internet e compartilhar estas informações com outros usuários.

    Pessoal
    http://www.via6.com/
    A Via6 é uma rede de conteúdo onde você compartilha o que conhece com seus contatos e pessoas que admira: vídeos, artigos, notícias, apresentações, entre outros.

  5. TIPOS DE INFORMAÇÃO

    • CIENTÍFICA
    Título: Aprendizagem utilizando Dispositivos Móveis com Sistemas de Realidade Virtual.
    Site:http://www.cinted.ufrgs.br/renote/maio2005/artigos/a51_realidadevirtual_revisado.pdf

    • TECNOLÓGICA
    Título: Brasileiros criam sistema anti-hacker com inteligência artificial.
    Site: http://www.terra.com.br/informatica/2003/03/24/003.htm

    • EMPRESARIAL
    Título: Lojas Renner divulga crescimento de 42,6% no ebitda e de 62,0% no lucro líquido do 1t08.
    Site:http://www.b2i.cc/Document/1251/Renner_Release_1T08_port.pdf

    • INFORMATIVA
    Título: Cursos de Direito reduzem 54% das vagas.
    Site:http://noticias.terra.com.br/educacao/interna/0,,OI3139974-EI8266,00-Cursos+de+Direito+reduzem+das+vagas.html

    • PESSOAL
    Informações Pear to pear.
    Exemplo: Fotolog, Blog, Orkut, etc…

  6. Tipo de Informação: Cientifica:

    Identificação por Radiofreqüência:
    Aplicações e Vulnerabilidades da Tecnologia RFID
    Professor Especialista José Maurício dos Santos Pinheiro (Seqüencial de Redes de Computadores – UniFOA) – jm.pinheiro@projetoderedes.com.br

    Resumo
    Uma das novidades tecnológicas mais controvertidas no momento é a tecnologia RFID, acrônimo de Identificação por Rádio Freqüência (Radio Frequency Identification), que representa uma evolução em termos de tecnologia para computação embarcada e que vem sendo cada vez mais utilizada em conjunto com outras tecnologias de identificação automática e as redes de computadores nos setores onde há necessidade de rastreamento e coleta de dados, como transportes e logística, indústria, comércio e segurança. Apesar das grandes vantagens apresentadas, tal tecnologia pode trazer também grandes problemas aos seus usuários dependendo da forma como é aplicada. Este artigo tem como objetivo apresentar um breve histórico do desenvolvimento e funcionamento da tecnologia RFID, abordando com maior profundidade suas aplicações, vantagens e fragilidades, bem como as alternativas para contornar os problemas decorrentes de sua aplicação.

    1- Origens da tecnologia
    A tecnologia RFID tem suas origens nos sistemas de radares utilizados na Segunda Guerra Mundial. Os militares utilizavam radares para avisá-los com antecedência sobre os aviões que se aproximavam enquanto eles ainda estavam bem distantes. O grande problema era identificar dentre esses aviões qual era o inimigo e qual era o aliado.
    Os alemães descobriram que, se os pilotos girassem seus aviões quando estivessem retornando à base, iriam modificar o sinal de radio que seria refletido de volta ao radar. Esse método simples alertava os técnicos responsáveis pelo radar quando se tratava de aviões alemães ou não. Essa técnica foi considerada o primeiro sistema passivo de identificação automática por radiofreqüência.
    Posteriormente, os ingleses desenvolveram o primeiro identificador ativo batizado como IFF (Identify Friend or Foe). Foram instalados transmissores nos aviões britânicos e quando esses transmissores recebiam sinais das estações de radar no solo, começavam a transmitir um sinal de resposta que identificava o aparelho como Friend (amigo), caso contrário, ele seria Foe (inimigo).
    Os modernos dispositivos de identificação por radiofreqüência funcionam baseados no mesmo principio básico do sistema IFF. Em 1999, o Massachusetts Institute of Technology (MIT) e outros centros de pesquisa no mundo iniciaram o estudo de uma arquitetura de identificação automática que utilizava os recursos da transmissão por radiofreqüência para servir como modelo no desenvolvimento de novas aplicações de rastreamento e localização de produtos. Nesta nova arquitetura, um sinal de radiofreqüência é enviado por um dispositivo leitor que possui uma antena, a um microchip, o qual é ativado pelo sinal de radiofreqüência, refletindo de volta o sinal enviado (sistemas passivos) ou transmitindo seu próprio sinal (sistemas ativos). Este dispositivo leitor também pode gravar novos dados no microchip, no caso de um sistema de leitura/escrita.

    Fonte:
    http://www.foa.org.br/pesquisa/caderno/edicao/02/18.pdf

  7. Tipos de Informação

    1)CIENTÍFICA
    Título: VALOR ESTRATÉGICO DOS PROJETOS DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO
    Site: http://www.rae.com.br/artigos/977.pdf

    2)TECNOLÓGICA
    Título: Cientistas espanhóis afirmam estar a caminho da construção de máquinas conscientes
    Site: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=cientistas-espanhois-afirmam-estar-a-caminho-da-construcao-de-maquinas-conscientes&id=010180080904

    3)EMPRESARIAL
    Título: Balanço Social 2007
    Site: http://www.karsten.com.br/2007/hp_ptb/investidores/2007/download/Balanco_social_2007_publicado.zip

    4)INFORMATIVA
    Título: Receita libera consulta ao 4º lote do IR
    Site: http://www.abril.com.br/noticia/economia/no_299559.shtml

    5)PESSOAL

    Site: http://www.fotolog.com/flight_to_icarus/31912320

  8. TIPOS DE INFORMAÇÃO TECNOLÓGICAS

    Tecnológica

    Hyper-V Server 2008 será disponibilizada gratuitamente.

    Software destinado a virtualização será disponibilizado gratuitamente. Sendo uma resposta aos outros softwares gratuito exixtentes no mercado.
    Fonte: PC World

    Informativa

    http://www.adrive.com
    Permite adicionar qualquer arquivo a um site remoto, funciona como um backup de seus arquivos, podendo adicionar ate 50Gb de informações. E ainda é um sistema em Java gratuito.

    Empresarial

    Software Asset Managment ou Gerenciamento de Ativo de Software.
    É uma prática mundial de mercado, apoiada e incentivada por empresas conceituadas como Gartner e IDC e tem se tornado cada vez mais presente em empresas que entendem o Software utilizado em suas máquinas como um ativo e uma ferramenta capaz de agregar muito para o seu crescimento.
    Fonte: Microsot

    Científica

    Esta seria uma informação sobre um artigo científico, um Tcc ou uma Tese.
    Ano/Semestre: 2005-II
    Acadêmico(a): Nome do formando
    Orientador(a): Nome do professor
    Título: Aplicativo para gerenciamento da enfermagem hospitalar;

    Pessoal

    spaces.live.com/
    O spaces é uma rede de conteúdo onde você compartilha informações com seus contatos e pessoas que que conhece, é possível compartilhar fotos, vídeos, documentos, arquivos e definir permissões de controle.

  9. Informação científica

    As organizações empresariais se defrontam, atualmente, com uma nova demanda de necessidades corporativas, relacionadas não só aos seus produtos e serviços, mas também às suas interações com a sociedade e o meio ambiente ao seu redor; a chamada Responsabilidade Social Empresarial (RSE).
    Um dos grandes desafios das empresas dessa “nova economia” (a economia do politicamente correto e do socialmente responsável) diz respeito à colocação da sua imagem no mundo globalizado em plena era da informação. São cada vez menores as diferenças entre os produtos das grandes e pequenas empresas, nacionais e internacionais, pois a globalização, apagando limites geográficos e mesclando centenas de culturas diferentes, tornou-os tão próximos em estrutura física e de qualidade, que já não se leva mais em conta apenas o preço, o design ou os demais fatores comuns. É nessa hora que se vêem os benefícios da “era da informação”.
    Cada vez mais é maior o número de pessoas que questionam o fato de que se ao consumirem determinado produto de uma marca específica, estarão ajudando na construção de uma sociedade mais justa, sendo esta marca pertencente a uma empresa reconhecidamente sócio-responsável. Cada vez
    mais, preço e qualidade são posições secundárias, sendo substituídos pela ética, princípios e valores. A Era da Informação está criando uma enorme geração de consumidores socialmente responsáveis, que deixam de adquirir um produto ou, de fato, o adquirem, se a empresa estiver relacionada com
    alguma ação ou projeto social. Esta mudança vem criando, o que nos Estados Unidos, por se tratar de
    um conceito ainda muito novo, denomina-se de “o quarto setor”. Esta nova terminologia surge, mesmo que ainda possuindo uma classificação marcada essencialmente pela “falta de palavras de conceitualização”, para diferenciar-se dos outros três setores existentes. Esse novo termo difere-se do primeiro setor (definido pelo Estado e as ações relacionadas ao governo), do segundo setor (indústria) e também do relativamente novo terceiro setor (formado pelas organizações da sociedade cível e sem fins lucrativos). O quarto setor designa-se em empresas que geram lucros, mas que colocam a sustentabilidade e a responsabilidade social como fatores principais. E é a comunicação a responsável por efetuar a integração desta tendência socialmente responsável que as empresas estão adotando e que
    deixa sinais claros quando o social é ou não estrategicamente utilizado, como afirma KITCHEN & SCHULTZ:

    Clientes, funcionários e sociedade em geral estão buscando um
    entendimento e conhecimento do caráter das empresas. Se elas não
    se comunicarem, esses públicos tirarão suas conclusões a partir da
    primeira informação que encontrarem disponível. (KITCHEN &
    SCHULTZ, 2001:306)

    Com isso, as empresas privadas e as instituições sem fins lucrativos – e, por extensão, os produtos e/ou serviços que representam – ganham novas e importantes dimensões, constituídas pelos valores de uma nova cultura organizacional, baseada no ser politicamente correto, cristalizando, desse modo, uma imagem institucional positiva junto aos públicos externo e interno com os quais a organização interage, não dando satisfações somente aos acionistas, mas também colocando na agenda os consumidores e funcionários. Entretanto, esse processo, que também demanda clareza e coerência
    no plano dos valores institucionais, não era evidentemente praticado, já que antigamente as empresas limitavam sua comunicação devido à era vivenciada pelo país, conforme TORQUATO coloca:

    Num país econômica e politicamente fechado, as corporações e instituições viviam de costas para a sociedade: não respeitavam o consumidor, consideravam a preservação do meio ambiente uma fantasia que poderia colocar em risco a lucratividade e negavam à opinião pública o direito de ser informada sobre suas atividades. No caso particular da administração pública e das estatais, até a informação mais prosaica era tratada como questão de segurança nacional e, portanto, sonegada ao público. (TORQUATO, 2004:21)

    Como podemos ver, há uma grande diferenciação das ações praticadas naquela época, pois, nos dias atuais, com uma nova posição ocular que o país apresenta, as corporações procuram, ao extremo, alinhar suas imagens a um papel de empresa-cidadã, mesmo gerando conflitos de princípios (empresa
    realmente responsável socialmente ou uma mera estratégia de marketing?). Mesmo com isso, a responsabilidade social é, de fato, um modismo empresarial desde o final do século XX. Nunca se falou tanto em sustentabilidade social, produtos produzidos de maneira politicamente correta e, principalmente, nunca os passos da iniciativa privada e das organizações sem fins lucrativos andaram tão próximos e ao mesmo tempo nunca foram tão importantes. Logo, o novo desafio dos comunicadores é aliar, em um mesmo processo estratégico empresarial, a imagem da empresa, a responsabilidade social empresarial e, devido às eras tecnológica e de informação em que vivemos, explorar ao máximo os canais das novas mídias digitais, criando uma interface entre empresa e sociedade que caracterize o século tecnológico no qual estamos inseridos, usando a mídia digital não para uma empresa parecer socialmente responsável, mas para ajudá-la a efetivamente ser. A seguir, no primeiro capítulo, especificamente, apresentaremos um breve relato das ações de comunicação corporativa no Brasil, a comunicação nas empresas socialmente responsáveis de hoje e, por fim, a transição da comunicação moderna para a pós-moderna.

    Fonte: LIDERANÇAS EMPRESARIAIS E PROBLEMAS DA ESTRATÉGIA LIBERAL NO BRASIL, 2007.Disponível em: . Acesso em: 28 ago 2008.

    Informação informativa

    O Brasil conquistou, nos últimos anos, uma posição de destaque na produção científica e na geração de tecnologia de ponta.
    Sabemos que o desenvolvimento de um país está, sem dúvida, vinculado aos investimentos aplicados em pesquisa e formação de recursos humanos.
    Apesar dos avanços obtidos, é importante a criação de uma cultura científica na sociedade brasileira e a implementação de políticas públicas que priorizem o conhecimento científico como elemento propulsor de competitividade e geração de riqueza.
    O grau de desenvolvimento de um povo pode ser mensurado pelos investimentos efetuados em pesquisa e produção do conhecimento e a soberania de um país se constrói também pela sua independência tecnológica. Somente quando as políticas públicas brasileiras se voltaram para essa questão, o Brasil deixou de ser dependente no campo científico.
    Ainda assim, a comunidade científica brasileira enfrenta grandes desafios devido à falta de recursos para a pesquisa. Nossos laboratórios e pesquisadores ocupam patamares de qualidade e competitividade equivalentes aos de muitos países do primeiro mundo, onde a ciência sempre foi considerada um fator componente do desenvolvimento econômico, político e social.
    Portanto, pesquisadores e jornalistas científicos têm uma obrigação social: tornar público o conhecimento produzido e conscientizar os formadores da opinião pública sobre a importância de se investir em pesquisas.
    A divulgação científica é um processo de inserção social, na medida em que proporciona ao cidadão o acesso ao conhecimento, que lhe permite participar mais ativamente das discussões que permeiam a aplicação dos recursos públicos no desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas.
    Entre os objetivos do jornalismo científico, destaca-se a contribuição no despertar dos tomadores de decisão, para a importância de se investir em pesquisa, como uma ação propulsora ao desenvolvimento do país.

    Fonte: O PAPEL DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA NO DESENVOLVIMENTO NACIONAL, 2008. Disponível em: . Acesso em: 28 ago 2008.

    Informação Pessoal

    Todo mundo espera alguma coisa de um sábado a noite, certo? Rock, balada, night, reggae, hygge, como quiserem chamar. Mas aposto que ninguém jamais imaginaria que eu estaria escrevendo esse post pra vocês sábado, 15 de dezembro às 20:15 da noite sentado numa sala de grupo da universidade e sem previsão de ir embora… A cada dia que passa a frase do tal do Nascimento fica mais inteligente: “É amigo, mas quem disse que a vida é fácil?” Acho que vou repetí-la em todos os posts sobre esse projeto.
    Comida de lanchonete – porque é a única coisa aberta e perto simultaneamente – temperatura lá fora perto de 0 grau, uma névoa que não se enxerga nada 100 metros a frente, uns 10 arquivos abertos no computador e criatividade como tema pra escrever. Sem falar na barba sem fazer há dias, cabelo se cortar a meses acho que ninguém aqui vai me reconhecer na rua o dia que eu cortar) e a pilha de roupa pra lavar em casa. Esse é o meu mundo desde 2a feira e pelo jeito continuará assim até 4a feira.
    Mas tem o lado bom. Neste projeto estou descobrindo uma série de novas oportunidades a explorar e apredendo bastante. Assim que tiver tempo para explorá-las vai faltar tempo para o resto eu acho. Mas se são boas idéias ou não… bem, como diria o texto de criatividade que li há pouco: toda idéia é boa, as loucas são melhores ainda.

    Fonte: SABADO A NOITE É DIA DE …, 2008. Disponível em: . Acesso em: 28 ago 2008.

    Informação Empresarial

    O Marketing Esportivo compreende ações voltadas para a prática e a divulgação de modalidades esportivas, clubes ou associações, seja pela promoção de eventos ou torneios, seja pelo apoio/patrocínio a clubes esportivos. Inclui, também, o trabalho de comunicação/marketing realizado por Academias, Centros de Práticas Esportivas etc..
    Empresas e marcas líderes costumam privilegiar esta área, aproveitando-se da boa imagem de clubes e esportistas junto à opinião pública, como a Diadora, patrocinadora de Gustavo Kuerten – o Guga e, durante muitos anos, a Parmalat com o Palmeiras (entre outros times de futebol).
    O Marketing Esportivo está extremamente profissionalizado em determinados países (vide Estados Unidos, em praticamente todas as modalidades esportivas, mas especialmente no basquete, futebol americano, beisebol e hóquei, para só citar os casos das bilionárias ligas nacionais; e o futebol europeu mais especificamente o inglês, o espanhol e o italiano).
    No Brasil, ele ainda é incipiente por várias razões, a mais importante delas é a visão amadorística dos nossos empresários do esporte que dele se aproximam para obter vantagens. As recentes CPIs instaladas no Brasil, para avaliar escândalos envolvendo clubes, federações, empresas de marketing esportivo e até atletas e treinadores, confirmam a tese de que ainda engatinhamos na área do negócio do esporte. A falta de ética e a corrupção aberta comprometem quaisquer iniciativas sérias de marketing esportivo.
    Devemos, no entanto, apesar desse panorama sombrio no Brasil, destacar iniciativas importantes de muitas empresas nesta área, como a Gessy Lever, a Pirelli, a Petrobrás, o Banco do Brasil e as cooperativas da Unimed, que têm apoiado várias modalidades esportivas, em muitos Estados brasileiros.

    Fonte: COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL ON LINE, 2008. Disponível em: . Acesso em: 28 ago 2008.

    Informação Tecnológica

    O Live Labs é o braço do Microsoft Research que faz pesquisa e desenvolvimento especificamente para a Internet. Do pessoal do Live Labs já saiu, por exemplo, o Deep Zoom, um componente de destaque do Silverlight 2.0. Agora, mais uma novidade do pessoal do Live Labs – o Photosynth está aberto para o uso de todos.
    Para quem não conhece, o Photosynth é uma forma completamente inovadora de vivenciar as suas fotos digitais. Em vez de ver fotos individuais tiradas no mesmo local, o Photosynth consegue encaixar todas as fotos no seu lugar correto num espaço tridimensional. A tecnologia analisa as suas fotos, identifica os pontos de sobreposição e utiliza essa informação para reconstruir um espaço gráfico 3D e nele encaixar cada foto em seu devido lugar. O usuário não precisa fazer nada além de alimentar as suas fotos – o Photosynth cuida de tudo.
    Existem algumas regras básicas para criar um bom synth, por isso recomendo ver o vídeo legendado desse post que mostra os passos iniciais. Depois, baixe o guia em português que entra em maiores detalhes com dicas importantes e assuntos para fotógrafos avançados.

    O site do Photosynth utiliza Live ID para autenticação. Se você tem Hotmail ou usa o Windows Live Messenger, é o mesmo login e senha desses serviços. Lá, você terá direito a 20GB de espaço para armazenar os seus synths.
    Para usar o Photosynth é preciso instalar um plug-in de 8MB que roda em Internet Explorer 6 e 7 ou Firefox 2 e 3 para Windows XP e Windows Vista.
    O site permite comentários dos usuários, compartilhamento via link direto para o synth e, o mais bacana, você pode incorporar o synth no seu próprio site via iframe. É só copiar e colar o código.

    Fonte: MICROSOFT LIVE LABS LANCA O PHOTOSYNTH, 2008. Disponível em: . Acesso em: 28 ago 2008.

  10. Informação Científica:

    Tecnologia RFID

    Disponível em: http://www.bc.furb.br/docs/MO/2005/307520_1_1.pdf
    Acesso em: 04 set. 2008.
    ……………………………………………………………………………………..
    Informação Tecnológica:

    Internet 60 vezes mais rápida

    Disponível em: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=internet-60-vezes-mais-rapida–gracas-a-novo-circuito-integrado-fotonico&id=010150080716
    Acesso em: 18 ago. 2008.
    ……………………………………………………………………………………..
    Informação Informativa:

    Passageiros incendeiam vagões de trem em Buenos Aires

    Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=2&local=18&section=Mundo&newsID=a2160328.xml
    Acesso em: 04 set. 2008.
    ……………………………………………………………………………………..
    Informação Empresarial:

    WEG lucra R$ 170 milhões

    Disponível em: http://www.weg.net/br/Media-Center/WEG-na-Imprensa/Diario-Catarinense/WEG-lucra-R-170-milhoes
    Acesso em: 04 set. 2008.
    ……………………………………………………………………………………..
    Informação Pessoal:

    Página Pessoal do Professor Dr. Oscar Dalfovo

    Disponível em: http://www.inf.furb.br/~dalfovo/pod4.htm
    Acesso em: 04 set. 2008.

  11. INFORMAÇÃO TECNOLÓGICAS:

    Tipos – INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA
    INFORMAÇÃO CIENTÍFICOS
    INFORMAÇÃO INFORMATIVA
    INFORMAÇÃO PESSOAL
    INFORMAÇÃO EMPRESARIAL

    *TECNOLÓGICA (Algoritmo dá a computadores capacidade quase humana.)

    Nós temos uma capacidade inata, e uma tendência quase inconsciente em utilizar essa capacidade, de encontrar padrões em grandes volumes de dados e informações. Foi assim que nossos antepassados traçaram as constelações na infinidade de estrelas que eles observavam no céu, e é assim que nós localizamos um grupo de amigos no meio de um salão lotado.
    http://www.fundep.ufmg.br/homepage/noticias/6333.asp

    *CIENTÍFICOS (Plano de contingência dos setor de tecnologia da informação para empresa de telecominicações)

    Plano de Contingências, aplicando os conhecimentos
    adquiridos no desenvolvimento deste Plano para o setor de Tecnologia da
    Informação de uma Empresa de Telecomunicações.
    http://www.ulbra.tche.br/~tcc-canoas/2003-2/paloma.pdf

    *INFORMATIVO (Senado dos EUA é pressionado para aprovar pacote de ajuda)

    Autoridades financeiras da Europa fizeram um apelo nesta quarta-feira para que o Senado dos Estados Unidos aprove a proposta revisada de resgate do setor financeiro, que tem como principal objetivo tentar uma solução para a pior crise desde os anos 1930.
    http://www.abril.com.br/noticias/economia/2008-10-01-118279.shtml

    *PESSOAL (Rael. Página Pessoa)

    Meu nome é Rael Gugelmin Cunha, e atualmente sou Analista de Sistemas no grupo de Garantia de Qualidade de Software, na IBM Brasil, através da DTS Consulting. Apenas para esclarecimento, este site não possui vínculo algum com a empresa.
    http://www.raelcunha.com/packages/home/pages/index.tpl.php?content=2

    *EMPRESARIAL (Bunge anuncia investimentos de R$ 3,2 bilhões no setor de fertilizantes no Brasil)

    Os investimentos referem-se a quatro projetos de expansão da oferta de fósforo ao mercado nacional, que devem resultar no acréscimo de 3,5 milhões de toneladas de rocha fosfática para produção de fertilizantes fosfatados e produtos para nutrição animal e humana, reduzindo em mais da metade as importações desse nutriente. Em 2007, cerca de 50% do consumo de fósforo do Brasil foi suprido por importações.
    http://www.bunge.com.br/noticias/noticia.asp?id=254

  12. TIPOS INFORMAÇÃO :
    Tipos – INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA
    INFORMAÇÃO CIENTÍFICOS
    INFORMAÇÃO INFORMATIVA
    INFORMAÇÃO PESSOAL
    INFORMAÇÃO EMPRESARIAL

    *TECNOLÓGICA (Algoritmo dá a computadores capacidade quase humana.)

    Nós temos uma capacidade inata, e uma tendência quase inconsciente em utilizar essa capacidade, de encontrar padrões em grandes volumes de dados e informações. Foi assim que nossos antepassados traçaram as constelações na infinidade de estrelas que eles observavam no céu, e é assim que nós localizamos um grupo de amigos no meio de um salão lotado.
    http://www.fundep.ufmg.br/homepage/noticias/6333.asp

    *CIENTÍFICOS (Plano de contingência dos setor de tecnologia da informação para empresa de telecominicações)

    Plano de Contingências, aplicando os conhecimentos
    adquiridos no desenvolvimento deste Plano para o setor de Tecnologia da
    Informação de uma Empresa de Telecomunicações.
    http://www.ulbra.tche.br/~tcc-canoas/2003-2/paloma.pdf

    *INFORMATIVO (Senado dos EUA é pressionado para aprovar pacote de ajuda)

    Autoridades financeiras da Europa fizeram um apelo nesta quarta-feira para que o Senado dos Estados Unidos aprove a proposta revisada de resgate do setor financeiro, que tem como principal objetivo tentar uma solução para a pior crise desde os anos 1930.
    http://www.abril.com.br/noticias/economia/2008-10-01-118279.shtml

    *PESSOAL (Rael. Página Pessoa)

    Meu nome é Rael Gugelmin Cunha, e atualmente sou Analista de Sistemas no grupo de Garantia de Qualidade de Software, na IBM Brasil, através da DTS Consulting. Apenas para esclarecimento, este site não possui vínculo algum com a empresa.
    http://www.raelcunha.com/packages/home/pages/index.tpl.php?content=2

    *EMPRESARIAL (Bunge anuncia investimentos de R$ 3,2 bilhões no setor de fertilizantes no Brasil)

    Os investimentos referem-se a quatro projetos de expansão da oferta de fósforo ao mercado nacional, que devem resultar no acréscimo de 3,5 milhões de toneladas de rocha fosfática para produção de fertilizantes fosfatados e produtos para nutrição animal e humana, reduzindo em mais da metade as importações desse nutriente. Em 2007, cerca de 50% do consumo de fósforo do Brasil foi suprido por importações.
    http://www.bunge.com.br/noticias/noticia.asp?id=254

  13. Tipos – INFORMAÇÃO TECNOLÓGICA
    INFORMAÇÃO CIENTÍFICOS
    INFORMAÇÃO INFORMATIVA
    INFORMAÇÃO PESSOAL
    INFORMAÇÃO EMPRESARIAL

    *TECNOLÓGICA (Algoritmo dá a computadores capacidade quase humana.)Nós temos uma capacidade inata, e uma tendência quase inconsciente em utilizar essa capacidade, de encontrar padrões em grandes volumes de dados e informações. http://www.fundep.ufmg.br/homepage/noticias/6333.asp
    ————————————————————————–
    *CIENTÍFICOS (Plano de contingência dos setor de tecnologia da informação para empresa de telecominicações)Plano para o setor de Tecnologia da Informação de uma Empresa de Telecomunicações.
    http://www.ulbra.tche.br/~tcc-canoas/2003-2/paloma.pdf
    ————————————————————————–
    *INFORMATIVO (Senado dos EUA é pressionado para aprovar pacote de ajuda)Autoridades financeiras da Europa fizeram um apelo nesta quarta-feira para que o Senado dos Estados Unidos aprove a proposta revisada de resgate do setor financeiro, que tem como principal objetivo tentar uma solução para a pior crise desde os anos 1930.
    http://www.abril.com.br/noticias/economia/2008-10-01-118279.shtml
    ————————————————————————–
    *PESSOAL (Rael. Página Pessoa)Meu nome é Rael Gugelmin Cunha, e atualmente sou Analista de Sistemas no grupo de Garantia de Qualidade de Software, na IBM Brasil.
    http://www.raelcunha.com/packages/home/pages/index.tpl.php?content=2
    ————————————————————————–
    *EMPRESARIAL (Bunge anuncia investimentos de R$ 3,2 bilhões no setor de fertilizantes no Brasil)Os investimentos referem-se a quatro projetos de expansão da oferta de fósforo ao mercado nacional.
    http://www.bunge.com.br/noticias/noticia.asp?id=254

  14. Tipos – INFORMAÇÃO

    *TECNOLÓGICA (Algoritmo dá a computadores capacidade quase humana.)Nós temos uma capacidade inata, e uma tendência quase inconsciente em utilizar essa capacidade, de encontrar padrões em grandes volumes de dados e informações. http://www.fundep.ufmg.br/homepage/noticias/6333.asp

    *CIENTÍFICOS (Plano de contingência dos setor de tecnologia da informação para empresa de telecominicações)Plano para o setor de Tecnologia da Informação de uma Empresa de Telecomunicações.
    http://www.ulbra.tche.br/~tcc-canoas/2003-2/paloma.pdf

    *INFORMATIVO (Senado dos EUA é pressionado para aprovar pacote de ajuda)Autoridades financeiras da Europa fizeram um apelo nesta quarta-feira para que o Senado dos Estados Unidos aprove a proposta revisada de resgate do setor financeiro, que tem como principal objetivo tentar uma solução para a pior crise desde os anos 1930.
    http://www.abril.com.br/noticias/economia/2008-10-01-118279.shtml

    *PESSOAL (Rael. Página Pessoa)Meu nome é Rael Gugelmin Cunha, e atualmente sou Analista de Sistemas no grupo de Garantia de Qualidade de Software, na IBM Brasil.
    http://www.raelcunha.com/packages/home/pages/index.tpl.php?content=2

    *EMPRESARIAL (Bunge anuncia investimentos de R$ 3,2 bilhões no setor de fertilizantes no Brasil)Os investimentos referem-se a quatro projetos de expansão da oferta de fósforo ao mercado nacional.
    http://www.bunge.com.br/noticias/noticia.asp?id=254

  15. Tipos – INFORMAÇÃO:

    *TECNOLÓGICA
    (Algoritmo dá a computadores capacidade quase humana.)
    http://www.fundep.ufmg.br/homepage/noticias/6333.asp
    ————————————————————————–
    *CIENTÍFICOS
    (Plano de contingência dos setor de tecnologia da informação para empresa de telecominicações)
    http://www.ulbra.tche.br/~tcc-canoas/2003-2/paloma.pdf
    ————————————————————————–
    *INFORMATIVO
    (Senado dos EUA é pressionado para aprovar pacote de ajuda) http://www.abril.com.br/noticias/economia/2008-10-01-118279.shtml
    ————————————————————————–
    *PESSOAL
    (Rael Gugelmin Cunha. Página Pessoa).
    http://www.raelcunha.com/packages/home/pages/index.tpl.php?content=2
    ————————————————————————–
    *EMPRESARIAL
    (Bunge anuncia investimentos de R$ 3,2 bilhões no setor de fertilizantes no Brasil).
    http://www.bunge.com.br/noticias/noticia.asp?id=254

  16. TIPOS INFORMAÇÃO :

    *TECNOLÓGICA (Algoritmo dá a computadores capacidade quase humana.)

    Nós temos uma capacidade inata, e uma tendência quase inconsciente em utilizar essa capacidade, de encontrar padrões em grandes volumes de dados e informações. Foi assim que nossos antepassados traçaram as constelações na infinidade de estrelas que eles observavam no céu, e é assim que nós localizamos um grupo de amigos no meio de um salão lotado.

    http://www.fundep.ufmg.br/homepage/noticias/6333.asp

  17. Informação Científica

    Intoxicação por plantas medicinais será tema de cartilha
    Fonte: http://www.cict.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=1090&sid=66

    Informação Informativa
    Série A do Brasileiro de 2009 pode ter desequilíbrio histórico entre RJ e SP.
    Fonte: http://esporte.ig.com.br/futebol/2008/10/01/serie_a_de_2009_pode_ter_desequilibrio_historico_entre_rio_e_sp_1947292.html

    Informação Pessoal
    Página pessoal da professora Dra. Fabiane Barreto
    Fonte: http://www.inf.furb.br/~fabiane/#DadosPessoais

    Informação Empresarial
    Fácil Informática Ltda. – Desde 1987
    LÍDER EM SISTEMAS JURÍDICOS
    Fonte: http://www.facil.com.br

    Informação Tecnológica
    Software permite a robôs aprender a se mexer sozinhos
    Fonte:
    http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI3063095-EI8328,00-Software+permite+a+robos+aprender+a+se+mexer+sozinhos.html

  18. Tecnológica
    Lançado navegador gratuito Google Chrome.
    O Google anunciou uma versão beta, o navegador Chrome, construído em código aberto e que chega para esquentar a briga no mercado de browsers, liderado pelo Internet Explorer (Microsoft), que acaba de receber um segundo beta, e Firefox 3 (Mozilla).
    Fonte: Info Online
    Científica
    Um informação cientifica poderia ser uma tese defendida na universidade…
    Ano/Semestre: 2006-II
    Acadêmico(a): Régis Maciel Borscheid
    Orientador(a): Prof. Francisco Adell Péricas
    Título: Protótipo de Aplicação Web para Gerenciamento de Firewall Linux;

    Informativa
    Teste com aplicativo no Facebook mostra brechas na segurança.
    Aplicativo falso é usado por pesquisadores para provar fragilidade das redes sociais em relação a aplicações de terceiros.
    Fonte: http://www.uol.com.br/tecnologia
    Pessoal
    http://www.orkut.com
    O orkut é uma rede de contatos, nela é possível fornecer vários tipos de informações e conteúdos, compartilhamento de vídeos e imagens.

    Empresarial
    Meio: Diário Catarinense
    Editoria: Economia
    Autor:
    Data: 08/09/2008
    Governo dos EUA intervém em empresas
    Fannie Mae e a Freddie Mac tiveram prejuízo de US$ 14 bilhões

  19. TIPOS DE INFORMAÇÃO

    CIENTÍFICA
    Título: Aprendizagem utilizando Dispositivos Móveis com Sistemas de Realidade Virtual.
    Site:http://www.cinted.ufrgs.br/renote/maio2005/artigos/a51_realidadevirtual_revisado.pdf

    TECNOLÓGICA
    Título: Brasileiros criam sistema anti-hacker com inteligência artificial.
    Site: http://www.terra.com.br/informatica/2003/03/24/003.htm

    EMPRESARIAL
    Título: Lojas Renner divulga crescimento de 42,6% no ebitda e de 62,0% no lucro líquido do 1t08.
    Site:http://www.b2i.cc/Document/1251/Renner_Release_1T08_port.pdf

    INFORMATIVA
    Título: Cursos de Direito reduzem 54% das vagas.
    Site:http://noticias.terra.com.br/educacao/interna/0,,OI3139974-EI8266,00-Cursos+de+Direito+reduzem+das+vagas.html

    PESSOAL
    Informações Pear to pear.
    Exemplo: Fotolog, Blog, Orkut, etc…

  20. Tipos de Informação:
    1- Informação Pessoal
    http://br.myspace.com/oasis

    2- Informação Tecnológica
    nVidia Turbo Cache
    http://www.nvidia.com.br/page/turbocache.html

    3- Informação Informativa
    Concurso Público
    http://jc.uol.com.br/2008/09/14/not_179716.php

    4- Informação Científica
    Interoperabilidade de Máquinas de Workflow através de Agentes utilizando a Wf-XML
    http://www.lbd.dcc.ufmg.br:8080/colecoes/wtes/2002/013.pdf

    5- Informação Empresarial
    Investimentos
    http://br.invertia.com/noticias/noticia.aspx?idNoticia=200810012312_EFE_77482262&idtel=

  21. - Informação Pessoal:

    Título: De tecnologia a gente entende!

    Disponível em: http://technodia.blogspot.com/

    - Informação Empresarial:

    Título: T-Systems conquista a ISO 20000

    Disponível em: http://www.t-systems.com.br/tsi/pt/412750/Homepage/Sobrea-a-T-Systems/TopStories/2008-30-06-ISo20000;jsessionid=AC46EE96112136299DD1BC595BA95EF7

    -Informação Científica:

    Título: METRICS – Tese de doutorado, sobre gestão sociotécnica de equipes de desenvolvimento de software para sistemas de informação

    Disponível em :http://www.administradores.com.br/producao_academica/metrics/802/

    - Informação Informativa:
    Título: Bovespa fecha em alta de 0,52%, com expectativa por aprovação de pacote nos EUA

    Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u451087.shtml

  22. 1.Científica
    Título: Um agente para apoio à utilização de bibliotecas virtuais em ambientes de aprendizagem colaborativa.
    Disponível em: http://www.niee.ufrgs.br/ribie2004/Trabalhos/Posters/poster1374-1378.pdf

    2.Tecnológica
    Título: Modem que viabilizará banda larga pela rede elétrica custará R$ 100.
    Disponível em: http://idgnow.uol.com.br/telecom/2008/09/11/modem-que-viabilizara-banda-larga-pela-rede-eletrica-custara-r-100/

    3.Empresarial
    Datasul comemora vendas de sua nova linha de softwares como serviço.
    Disponível em: http://www.datasul.com.br, link imprensa.

    4.Informativa:
    Dólar sobre 5% com crise global e fecha acima dos R$ 2
    Disponível em:
    http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL782736-9356,00.html

    5.Pessoal:
    Alguma página pessoal (blog, orkut, fotolog). Ex: página pessoal prof. Oscar Dalvofo.
    Disponível em: http://www.inf.furb.br/~dalfovo/index.php

  23. Tipos de Informação
    1)CIENTÍFICA
    Título: Ambiente de Robótica Educacional com Logo: http://www.nied.unicamp.br/~siros/doc/artigo_sbc2002_wie_final.PDF
    2)TECNOLÓGICA
    MOB2- plataforma para Robótica móvel. Disponível em:
    3)EMPRESARIAL
    Título: Balanço Patrimonial
    Disponível em: http://www.emtu.sp.gov.br/institucional/balanco.htm. Acesso em, 02 de outubro de 2008.
    4)INFORMATIVA
    Título: Candidato a prefeito de Florianópolis recorre contra direito de resposta concedido à ex-prefeita Ângela Amin Site: http://agencia.tse.gov.br/sadAdmAgencia/noticiaSearch.do?acao=get&id=1110485. Acesso em 02 de outubro de 2008.
    5)PESSOAL
    Título: informações sobre Professor Dalton Solano dos Reis.
    Site: http://www.inf.furb.br/interno.php?secao=575&cd=28 . Acesso em 02 de outubro de 2008.

    Referencias:
    CHELLA, Marcos. T. . Ambiente de Robótica Educacional com Logo. In: XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Computação – SBC2002, 2002, Florianópolis. XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Computação – SBC2002, 2002. v. 1 http://www.nied.unicamp.br/~siros/doc/artigo_sbc2002_wie_final.PDF visualizado em 19 de setembro de 2008.
    MOB2- plataforma para Robótica móvel. Disponível em:.Acesso em: 22 de setembro de 2008.

  24. Tipos de Informação:

    1.Científica: Organização da informação em sistemas eletrônicos abertos de Informação Científica & Tecnológica: Análise da Plataforma Lattes

    Fábio Mascarenhas e Silva, 15/01/2008
    Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27151/tde-17032008-095556/
    acesso em: 04 set. 2008.

    2.Tecnológica: livro eletrônico e biblioteca eletrônica.

    ROSETTO, Marcia. Os Novos Materiais Bibliográficos e a Gestão da Informação: livro eletrônico e biblioteca eletrônica na América Latina e Caribe. Ci. Inf., Jan./Apr. 1997, vol.26, no.1. ISSN 0100-1965.
    Disponível em:Acesso em http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-19651997000100008&script=sci_abstract&tlng=en
    acesso em: 04 set. 2008.

    3.Empresarial:Ciência da Informação
    Aborda o conceito de inteligência competitiva aplicada a unidades de informação.

    Disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-19652000000300009&script=sci_arttext&tlng=es acesso em: 04 set. 2008.

    4.Informativa:Perícia Técnica em tecnologia da informação.
    Disponível em: http://www.congressoeac.locaweb.com.br/artigos12004/380.pdf
    acesso em: 04 set. 2008.

    5.Pessoal: Página do Professor Dr. Oscar Dalfovo
    Disponível em: http://www.inf.furb.br/~dalfovo/pod4.htm
    Acesso em: 04 set. 2008.

  25. Científica
    Ano/Semestre: 2007-I
    Acadêmico(a): Gilson Chequeto
    Orientador(a): Adilson Vahldick
    Título: Magregister 1.0: Gerador de Interfaces de Coleta de Dados para PDAs;
    http://www.bc.furb.br/docs/MO/2008/329167_1_1.pdf

    Tecnológica
    Gestão de oportunidades na palma da mão, Microsoft Dynamics CRM.
    Software destinado ao controle de todo ciclo de venda através de PDA’s.
    Esta tecnologia começa a fazer com que cada vez mais as pessoal não dependam de um local físico para seus trabalho é a unificação das informações.
    Fonte: Computer World

    Informativa
    http://docs.google.com/
    Site que possibilita aos usuário criar e editar seus arquivos Texto, planilha e apresentações direto da internet e compartilhar estas informações com outros usuários.

    Empresarial
    Gestão de oportunidades na palma da mão, Microsoft Dynamics CRM.
    Software destinado ao controle de todo ciclo de venda através de PDA’s.
    Fonte: Computer World

    Pessoal
    http://www.via6.com/
    A Via6 é uma rede de conteúdo onde você compartilha o que conhece com seus contatos e pessoas que admira: vídeos, artigos, notícias, apresentações, entre outros.

  26. Intel promete lançar chips com 6 núcleos no 2º semestre de 2008
    Por Computerworld/EUA
    Publicada em 18 de março de 2008 às 10h51

    Com seis núcleos e 45 nanômetros, para integradores no 2º semestre, aumentando vantagem sobre AMD. Com 1,9 bilhão de transistores e 16 MB de cache L3
    O grande cachê e os seis núcleos darão a clientes uma boa melhoria em performance.
    Arquitetura Nehalem é modular, o que significa que a Intel deve construir o chip usando diferentes blocos para conseguir escaloná-lo de dois a oito núcleos.

    Disponível em: (http://idgnow.uol.com.br/computacao_corporativa/2008/03/18/intel-promete-lancar-chips-com-6-nucleos-no-2o-semestre-de-2008) acesso em: 14 ago. 2008.

  27. 1.Científica: pesquisado uma Monografia
    Autor Uber, José Lino

    Título Descoberta de conhecimento com o uso de text mining aplicada ao SAC /josé Lino Uber. – 2004. – 54 f. :il.
    Notas Orientador: Paulo Roberto Dias.
    Assunto Mineração de dados

    2.Tecnológica:
    Lançado primeiro celular com Android
    Fabricado pela HTC, foi apresentado nesta terça-feira em Nova York o primeiro celular que utiliza o Android, software desenvolvido pelo Google. O T-mobile G1 chegará às lojas dos Estados Unidos no próximo dia 22 e deve custar US$ 179 (equivalente a cerca de R$ 325).
    Fonte: Terra Tecnologia

    3.Empresarial:
    Nokia é nova líder do relatório ‘verde’ do Greenpeace
    Sony e Sony Ericsson perdem a liderança para a fabricante, que se destacou pela melhoria em sistema de reciclagem de eletrônicos.
    Por IDG News Service, França
    16 de setembro de 2008 – 15h26

    4. Informativa:
    Java é lider em ranking de linguagens de programação
    De acordo com pesquisa feita pela Tiobe, o Java mantém boa margem sobre a segunda colocada, a C. Cobol despencou três posições nos últimos 12 meses.
    Por Redação COMPUTERWORLD
    11 de agosto de 2008 – 07h40

    5. Pessoal: http://www.catho.com.br/p
    Site que reúne informações pessoais de candidatos a empregos e oferece vagas.

  28. Uma rápida explicação sobre tipos de informação

    Glossário da Web 2.0
    O que quer dizer API, wikis, post, folksonomia…? Os termos relacionados à Web 2.0 nem sempre são fáceis de entender e podem deixar muita gente confusa. Confira nosso pequeno glossário com termos usados ao longo do artigo e outros que você pode encontrar quando o assunto é Web 2.0:
    API – Interface de Programação de Aplicativos. É o conjunto de códigos usados na criação de programas para um determinado site ou serviço. O livre acesso às APIs de um site ou programa (API aberta) permite que programadores desenvolvam novos aplicativos, novas funções para ele.
    Beta – “Versão beta” é um termo usado para dizer que determinado programa está em testes. No mundo da tecnologia, é a versão do software lançada para testes antes da versão final.
    Blogs – Sites pessoais de fácil criação e publicação de mensagens. Podem ser no estilo diário ou especializados em determinados assuntos. As mensagens são organizadas geralmente por ordem cronológica, com as mais recentes no topo da página. Elas podem ser classificadas com palavras-chave que facilitem uma filtragem por parte do leitor, que pode também, na maioria dos blogs, deixar comentários.
    Blogosfera – Nome dado à comunidade de “blogueiros”, internautas que mantém blogs e dialogam entre si, seja através de comentários ou posts comentando o blog alheio. A etiqueta blogueira manda dar o link sempre que um blog ou post é citado, criando uma rede.
    Além dos internautas anônimos de todo o mundo, compõem a blogosfera jornalistas (como o Luis Nassif e Marcelo Tas), celebridades (Luana Piovanni é uma das pioneiras do meio na blogosfera brasileira) e políticos (como a vereadora paulistana Soninha e o presidente do Irã Mahmoud Ahmadinejad).

    Bookmarks – Assim como dá para fazer uma lista de sites favoritos no navegador de internet, é possível manter uma online em um site específico. Os favoritos são chamados de bookmarks (do inglês, marcador de páginas).
    CGU – Conteúdo Gerado por Usuário. Pode se referir tanto a arquivos criados por usuários quanto à personalização de conteúdo e a aplicativos desenvolvidos por eles.
    Efeitos de rede – É quando um site, programa ou serviço proporciona a formação de uma rede de usuários, como acontece nos sites de relacionamento ou de compartilhamento de imagens.
    Feed RSS – Significa “alimentar” em inglês, e se refere às mensagens do RSS indicando atualizações de determinado site.
    Feedreaders – Leitores de feeds. São programas que agrupam todos os feeds que uma pessoa assina.
    Folksonomia – Classificação colaborativa de conteúdo (sites, músicas, filmes, textos etc.) com palavras-chave, (também chamadas de keywords, marcadores e tags) livremente escolhidas. Contrasta com a taxonomia, que é a classificação de conteúdo mais rígida, com marcadores previamente definidos. A liberdade na escolha de marcadores da folksonomia (o prefixo “folks” quer dizer “amigos”, em inglês) permite que os internautas usem palavras de vocabulários próprios de cada comunidade, fazendo com que outros usuários interessados no mesmo assunto encontrem o conteúdo mais facilmente.
    Internauta – Usuário de internet.
    Marketing viral – É o marketing aliado aos efeitos de rede. São os usuários que divulgam atualizações, novos produtos ou peças publicitárias de maneira livre por interesse próprio. Eles repassam informações por e-mail ou as publicam em sites por achar interessante ou divertido. Para as empresas é ótimo por aliar baixo custo à boa aceitação do público. O termo “viral” é usado metaforicamente para fazer um paralelo com a forma “contagiosa” como vírus se propagam.
    Mash-up – Quer dizer “mistura”, em inglês. Trata-se da combinação articulada de aplicativos de diferentes sites em um só. Exemplo: um site de indicações de restaurante que combina ferramenta de pesquisa com sistema de localização, comparação de preços e telefonia via web (VoIP – Voz sobre Protocolo de Internet).
    Open source –Significa código fonte aberto. Programas open source divulgam seus códigos fonte para que qualquer pessoa com conhecimento de programação possa modificá-lo, ampliá-lo e melhorá-lo.
    P2P – Peer-to-peer. Rede ponto a ponto. Diz-se da rede de conexão entre dois ou mais computadores que não tem relação de cliente/servidor, mas se conectam para trocar arquivos de áudio, vídeo, texto e outros formatos.
    Permalink – É o link associado a um post específico de um blog permitindo que este possa ser acessado diretamente mesmo que haja diversas atualizações na página.
    Podcast – Uma espécie de blog em áudio, com periodicidade de atualização.
    Post – “Publicar”, em inglês. São as mensagens publicadas em blogs, também chamadas de postagens ou entradas.
    RSS – Really Simple Syndication (em português fica algo como “distribuição realmente simples”). Mecanismo que dispara avisos cada vez que um site onde o usuário se inscreveu faz atualizações.
    SEO – Search Engine Optimization, que significa Otimizador de Ferramenta de Busca. Trata-se de técnicas para melhorar a colocação de determinado site nos resultados de buscadores como o Google, geralmente associando o conteúdo a marcadores (tags) específicos e relevantes.
    Tag – “Etiqueta”, em inglês, são palavras-chaves (também chamadas de marcadores), usadas para classificar um conteúdo e facilitar que outros usuários o encontrem.
    Wiki – Software que permite a edição coletiva de documentos através da internet. O recurso é muito usado em ambientes de desenvolvimento colaborativo para registrar a evolução dos trabalhos ou para fazer manuais de usuário. A palavra é havaiana e significa “rápido”. Muitos alegam que pode ser um acrônimo para “what I know is” (“o que eu sei é”).

    Fonte : http://informatica.hsw.uol.com.br/web-206.htm

  29. Tipos de Informações

    Informação Empresarial

    Empresários brasileiros e taiwaneses avaliam negócios e parcerias tecnológicas e comerciais

    Fonte: Portal Fator Brasil. Empresários brasileiros e taiwaneses avaliam negócios e parcerias tecnológicas e comerciais. Disponível na internet.
    http://www.revistafator.com.br/ver_noticia.php?not=51121. Acesso 07 setembro 2008.

    Informação Tecnológica

    Britânicos aprovam pagamento via celular

    Fonte: INFO Online Britânicos aprovam pagamento via celular. Disponível na internet.
    http://info.abril.com.br/aberto/infonews/092008/05092008-12.shl. Acesso 07 setembro 2008.

    Informação Científica

    O papel da informação no processo de capacitação tecnológica das micro e pequenas empresas

    Fonte: ALVIM, Paulo César Resende de Carvalho. O papel da informação no processo de capacitação tecnológica das micros e pequenas empresas. Scielo. 07 setembro 2008. Disponível na internet .
    http://www.scielo.br/pdf/ci/v27n1/04.pdf

    Informação Informativo

    CDI-SC promove Semana da Inclusão Digital

    Fonte: CDI-SC. O papel da informação no processo de capacitação tecnológica das micro e pequens empresas. Disponível na internet http://www.cdisc.org.br/2008/03/20/cdi-sc-promove-semana-da-inclusao-digital/. 07 setembro 2008.

    Informação Pessoal

    Curriculum Vitae de Daniel Filipe Prezado Leal

    Fonte: Disponível na internet http://dleal.webvolution.net/curriculum_vitae.html
    Acesso 07 setembro 2008.

  30. Tipos de informação

    Cientifica: Tem por finalidade promover o intercâmbio da documentação e informação, e desenvolver trabalhos científicos e técnicos.
    Ex. TCC

    Tecnológica: É toda informação ou conhecimento de caráter tecnológico ou não, que contribui para a mudança e o aperfeiçoamento de serviço, processo ou produto industrial, em todo o sistema produtivo. Agregando conhecimentos necessários à tomada de decisão.
    Ex. http://www.terra.com.br/tecnologia

    Informativa: Site como o próprio terra possui varias noticias que procuram informar as pessoas.

    Empresarial: Informações empresariais normalmente estão contidas nos sites das empresas. Nesses sites tem diversas informações sobre a empresa e a área de seu negocio. Ex: http://www.bb.com.br

    Pessoal: Na internet o maior tipo de informação hoje está nos blogs e nas redes de amigos como o Orkut.

  31. Tipos de Informação:

    1.Científica
    Título: Um agente para apoio à utilização de bibliotecas virtuais em ambientes de aprendizagem colaborativa.
    Disponível em: http://www.niee.ufrgs.br/ribie2004/Trabalhos/Posters/poster1374-1378.pdf

    2.Tecnológica
    Título: Modem que viabilizará banda larga pela rede elétrica custará R$ 100.
    Disponível em: http://idgnow.uol.com.br/telecom/2008/09/11/modem-que-viabilizara-banda-larga-pela-rede-eletrica-custara-r-100/

    3.Empresarial
    Datasul comemora vendas de sua nova linha de softwares como serviço.
    Disponível em: http://www.datasul.com.br, link imprensa.

    4.Informativa:
    Dólar sobre 5% com crise global e fecha acima dos R$ 2
    Disponível em:
    http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL782736-9356,00.html

    5.Pessoal:
    Alguma página pessoal (blog, orkut, fotolog). Ex: página pessoal prof. Oscar Dalvofo.
    Disponível em: http://www.inf.furb.br/~dalfovo/index.php

  32. Tipos de Informação:

    1.Científica: pesquisado um TCC
    Título: Sistema de Informação para análise Nutricional da Dieta do Tipo Sangüíneo Utilizando Raciocínio Baseado em Casos
    http://www.inf.furb.br/interno.php?secao=606&cd=42

    2.Tecnológica:
    Título: Popularidade do Chrome está em queda.
    http://info.abril.com.br/aberto/infonews/102008/02102008-18.shl

    3.Empresarial:
    Título: Unimed Chapecó adere ao business intelligence
    http://www.benner.com.br

    4. Informativa:
    Título: Descoberto dinossauro do tamanho de galinha
    http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI3236247-EI319,00-Descoberto+dinossauro+do+tamanho+de+galinha.html

    5. Pessoal: Alguma página pessoal, fotolog, orkut.
    http://www.fotolog.net/tatooland

  33. Tipos de informação

    Tecnológica: São obtidas através de algum dispositivo que pode armazenar diversos tipos de informações como o cd e dvd.
    Exemplo: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cd
    Acesso em: 08 set. 2008.

    Científica: Informação que foi estudada e comprovada cientificamente através de um TCC ou monografia.

    Pessoal: Uma tecnologia utilizada de uso pessoal. Tecnologia que tem como base produzir a integração entre as pessoas como Orkut e fotolog.
    Exemplo: http://www.orkut.com.br/Home.aspx
    Acesso em: 08 set. 2008.

    Informativa: São tecnologias que transmitem os acontecimentos a nível global que incluem todos os tipos de assuntos alguns sites como Folha on-line UOL trazem este tipo de informação.
    Exemplo: http://www.folha.uol.com.br/
    Acesso em: 08 set. 2008.

    Empresarial: Informação usada por uma organização com fins lucrativos no curso das suas atividade.
    Exemplo: http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u453055.shtml
    Acesso em: 08 set. 2008.

  34. Tipos de Informação:
    1.Científica
    Título: Um agente para apoio à utilização de bibliotecas virtuais em ambientes de aprendizagem colaborativa.
    Disponível em: http://www.niee.ufrgs.br/ribie2004/Trabalhos/Posters/poster1374-1378.pdf
    2.Tecnológica
    Título: Modem que viabilizará banda larga pela rede elétrica custará R$ 100.
    Disponível em: http://idgnow.uol.com.br/telecom/2008/09/11/modem-que-viabilizara-banda-larga-pela-rede-eletrica-custara-r-100/
    3.Empresarial
    Datasul comemora vendas de sua nova linha de softwares como serviço.
    Disponível em: http://www.datasul.com.br, link imprensa.
    4.Informativa:
    Dólar sobre 5% com crise global e fecha acima dos R$ 2
    Disponível em:
    http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL782736-9356,00.html
    5.Pessoal:
    Alguma página pessoal (blog, orkut, fotolog). Ex: página pessoal prof. Oscar Dalvofo.
    Disponível em: http://www.inf.furb.br/~dalfovo/index.php

  35. Tipos de Informação:

    1) Científica.
    Título: Identificação por Radiofreqüência: Aplicações e Vulnerabilidades da Tecnologia RFID.
    Site: http://www.foa.org.br/pesquisa/caderno/edicao/02/18.pdf

    2) Tecnológica.
    Título: O que é RFID.
    Site: http://imasters.uol.com.br/artigo/3731/tendencias/entendendo_um_pouco_sobre_rfid//imprimir/

    3) Informativa.
    Título: NEC do Brasil demonstra aplicação com tecnologia RFID na TELEXPO 2005
    Site: http://www.nec.com.br/site/content/news/press_detalhe.asp?id=170

    4) Empresarial.
    Título: Chips dentro do corpo substituirão cartões de crédito.
    Site: http://www.fimdostempos.net/marcadabesta4.html

    5) Pessoal.
    Título: Toma e cai 2008.
    Site: http://tomaecai.blogspot.com/

  36. Tipos de Informação:
    1) Científica.
    Título: Identificação por Radiofreqüência: Aplicações e Vulnerabilidades da Tecnologia RFID.
    Site: http://www.foa.org.br/pesquisa/caderno/edicao/02/18.pdf
    2) Tecnológica.
    Título: O que é RFID.
    Site: http://imasters.uol.com.br/artigo/3731/tendencias/entendendo_um_pouco_sobre_rfid//imprimir/
    3) Informativa.
    Título: NEC do Brasil demonstra aplicação com tecnologia RFID na TELEXPO 2005
    Site: http://www.nec.com.br/site/content/news/press_detalhe.asp?id=170
    4) Empresarial.
    Título: Chips dentro do corpo substituirão cartões de crédito.
    Site: http://www.fimdostempos.net/marcadabesta4.html
    5) Pessoal.
    Título: Toma e cai 2008.
    Site: http://tomaecai.blogspot.com/

  37. 1) Ciêntifica – O primeiro aparelho seqüenciador de genoma de alto desempenho foi instalado no Brasil dia (19/09/2008), em Petrópolis (RJ), no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC). O equipamento Genome Sequencer FLX Instrument foi adquirido pelo Ministério da Saúde e representa um investimento de R$ 2,1 milhões no desenvolvimento da ciência e tecnologia do país.

    Fonte: Portal da Saúde do Ministerio da Saúde

    2) Tecnológica – A Intel disponibilizou parte da especificação para o USB 3.0, algo que pode acelerar o lançamento da nova geração do padrão para transferência de dados.

    O USB 3.0 – também conhecido como SuperSpeed USB – deve permitir transferências com velocidade de até 4.8Gbps, um grande salto se comparado com a atual velocidade de 480Mbps suportada pelo USB 2.0.
    A Intel informou que espera lançar a revisão 0.95 da especificação xHCI no quarto trimestre deste ano e a tecnologia deve estar largamente disponível em 2010.

    O USB 3.0, conhecido também como SuperSpeed USB, deverá permitir velocidade de transferência de até 4,8 Gbps, aumento considerável em relação aos 480 Mbps permitidos pela atual especificação USB 2.0.

    Fonte: Idgnow

    3) Empresarial – Fundamentos institucionais da Senior Sistemas
    Link: http://www.senior.com.br/website/pt/institucional.php?txt=0

    4) Pessoal – Site pessoal do Marlos Sedrez, http://www.zack74.wordpress.com.

    5) Informativa – A Bolsa de Valores São Paulo (Bovespa) fechou a terça-feira com desvalorização de 3,78% nas ações do seu principal índice, o Ibovespa, aos 49.593 pontos, segundo dados preliminares. As perdas foram puxadas pela combinação de recuo nas commodities, o que afetou os papéis da Vale e da Petrobras, com as incertezas relacionadas à aprovação do plano de socorro do governo dos Estados Unidos contra a crise financeira.

    Fonte: Terra

  38. Informação Tecnológica

    Portugal implantará chips em veículos para cobrar pedágio

    O Conselho de Ministros (CM) de Portugal aprovou a implantação de um chip em todos os veículos para pagamento de taxas de pedágio nas rodovias, anunciou o conselho nesta quinta-feira.

    A decisão estabelece a obrigatoriedade de instalação do chip em todos os veículos de passeio, pesados e em motocicletas, para que seja possível efetuar a cobrança eletrônica de pedágios.

    O conselho decidiu também implantar os pedágios eletrônicos em três rodovias identificadas pelo governo para serem as primeiras a adotar o sistema, sem custo para a concessionária: Grande Porto, Costa da Prata e Norte Litoral.

    Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI3495953-EI4799,00-Portugal+implantara+chips+em+veiculos+para+cobrar+pedagio.html

  39. Informação Tecnológica

    Portugal implantará chips em veículos para cobrar pedágio.

    O Conselho de Ministros (CM) de Portugal aprovou a implantação de um chip em todos os veículos para pagamento de taxas de pedágio nas rodovias, anunciou o conselho nesta quinta-feira.

    A decisão estabelece a obrigatoriedade de instalação do chip em todos os veículos de passeio, pesados e em motocicletas, para que seja possível efetuar a cobrança eletrônica de pedágios.

    O conselho decidiu também implantar os pedágios eletrônicos em três rodovias identificadas pelo governo para serem as primeiras a adotar o sistema, sem custo para a concessionária: Grande Porto, Costa da Prata e Norte Litoral.

    Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI3495953-EI4799,00-Portugal+implantara+chips+em+veiculos+para+cobrar+pedagio.html

  40. Aluno: Cristiano Bertolini

    TIPO DE INFORMAÇÃO:

    TECNOLÓGICA

    Brasileiros criam software que interpreta sons dos animais
    Um grupo de pesquisadores da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), em São Paulo, desenvolveu um software que interpreta a vocalização de suínos, bovinos e aves. Com ele, é possível identificar se os animais estão com frio ou com fome ou passando por algum tipo de estresse.
    No desenvolvimento do projeto, que é apoiado pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), o grupo utilizou uma técnica chamada zootecnia de precisão. A idéia é ajudar os produtores, fornecendo dados sobre o bem-estar do animal sem a utilização de ferramentas invasivas.
    O programa foi criado por alunos no Laboratório de Conforto Térmico da Faculdade de Engenharia Agrícola da Unicamp e permite a gravação e configuração dos dados.

    O que ?
    Informação sobre um software que interpreta a vocalização de suínos, bovinos e aves
    Como ?
    Informação divulgada através da Internet.
    Quando?
    04/11/2008
    Onde ?
    Campinas, Brasil

  41. Asterisk – a nova geração de PABX

    O Asterisk representa uma nova geração de PABX ou de sistema de telefonia inteligente, conhecida como PBX IP. A grande vantagem desse sistema é a utilização de uma rede TCP/IP como meio de transmissão, permitindo realizar ligações utilizando a Internet, reduzindo consideravelmente os custos além de se integrar com as redes de telefonia tradicionais (Telefonia fixa e celular) e os sistemas da empresa.

    Voz sobre IP ou simplesmente VoIP é a tecnologia que possibilita realizar ligações utilizando a Internet como meio de transmissão. Existem basicamente 2 tipos de ligações VoIP. Uma é quando se utiliza o VoIP para ligar para uma outra pessoa que possui o VoIP; este tipo de ligação normalmente é gratuita. O outro tipo é quando é necessário ligar para o número de um telefone fixo ou celular. Essas ligações são normalmente tarifadas, mas por um valor muito abaixo do que uma ligação DDD ou DDI, pois a ligação é transmitida na maior parte do trajeto através da Internet e somente num local próximo ao destino é que a ligação é comutada para a rede de telefonia fixa ou celular.

  42. (continuando)

    O baixo custo das ligações através da Internet é apenas um dos primeiros benefícios da utilização do Asterisk. O benefício principal do Asterisk é o grande ganho com produtividade, flexibilidade e integração dos sistemas da empresa (web, email, telefonia, banco de dados, sistemas corporativos, entre outros) obtida através do transporte da voz como dados através de uma rede IP.

    Um PABX tradicional de pequeno e médio porte oferece recursos de telefonia limitados e cada vez que necessitar de novos recursos é preciso adquirir módulos adicionais, isso se o PABX permitir tal recurso ou houver disponibilidade, caso contrário será necessário substituir o PABX por um modelo superior.

    Utilizando um PBX IP baseado no Asterisk, todos os recursos já estarão disponíveis tanto para utilização numa pequena empresa quanto para uma grande companhia ou Call Center. Recursos como URA, correio de voz, distribuição automática de chamadas, filas de atendimento por setores, recepcionista digital, entre outros recursos, que somente são encontrados num PABX de grande porte agora estão disponíveis para qualquer tamanho de empresa.

    Uma empresa que utilizar um PABX com URA (Unidade de Resposta Audível) com diversos níveis de navegação, bem estruturada e com muitas informações úteis; criar diversas filas de atendimento para cada departamento ou setor com mensagens específicas de cada área enquanto o cliente aguarda; selecionar as músicas favoritas ou propagandas da sua empresa em mp3 como música de espera, disponibilizar o correio de voz em caso de ausência, além de muitos outros recursos, com certeza irá impressionar seus clientes mesmo que a empresa tenha apenas poucos funcionários. Com o Asterisk tudo isso é possível com um baixo custo

    http://imasters.uol.com.br/artigo/10924

  43. Scanners modernos estão mais perto de “ler a mente” das pessoas

    Por Ben Hirschler – Agência Reuters

    LONDRES (Reuters) – Cientistas demonstraram pela primeira vez que pode ser possível “ler” a mente de uma pessoa pela simples observação de sua atividade cerebral.

    Usando uma moderna scanner para medir o fluxo sanguíneo, pesquisadores britânicos anunciaram na quinta-feira que eram capazes de dizer em que posição estavam os participantes voluntários de um teste, em um ambiente de realidade virtual gerado por computador.

    “Surpreendentemente, a simples observação dos dados cerebrais permitia prever exatamente onde eles estavam”, disse aos jornalistas Eleanor Maguire, do Wellcome Trust Centre for Neuroimaging, na University College London.

    “Em outras palavras, fomos capazes de ‘ler’ suas memórias espaciais”, acrescentou.

    A descoberta abre a possibilidade de desenvolver máquinas que leem diversos tipos de memórias, ainda que Maguire tenha dito que o risco de leituras de pensamento “intrusivas” ainda estejam muito distantes.

    Ela acredita, em lugar disso, que a descoberta, reportada em artigo na revista Cell Biology, ajudará na pesquisa sobre distúrbios de memória como o mal de Alzheimer, ao esclarecer de que maneira a região cerebral do hipocampo registra memórias.

    Maguire e seus colegas usaram uma tecnologia conhecida como ressonância magnética funcional, ou fMRI, que coloca em destaque as regiões do cérebro quando estas entram em atividade.

    Ao estudar os cérebros das pessoas enquanto estas jogavam um jogo de realidade virtual, eles puderam medir a atividade de certas regiões do hipocampo, uma área do cérebro conhecida por suas funções essenciais para a navegação e memória.

    A pesquisa abre caminho para analisar como outros pensamentos — entre os quais memórias mais amplas do passado ou visualizações do futuro — podem ser codificados nos neurônios.

    Isso poderia permitir, no futuro, o uso da fMRI para exames forenses de uma série de memórias e pensamentos, o que poderia resultar em um sério dilema ético.

    Por enquanto, porém, a tecnologia só funciona com voluntários; Demis Hassabis, um dos pesquisadores, declarou que demorará pelo menos dez anos antes que aplicações forenses se tornem possíveis.

    Fonte: http://tecnologia.uol.com.br/ultnot/reuters/2009/03/13/ult3949u5528.jhtm

  44. Exemplos de Tipos de Informação

    Informação Cientifica;

    Energia de sobra

    Pesquisadores do MIT encontraram um modo de desenvolver baterias que recarreguem em segundos. As mais usadas hoje em dia são de íon-lítio, e uma mudança em sua fabricação poderia gerar uma nova era para as baterias.

    Os pesquisadores simularam o caminho que os íons percorrem pelo material de lítio: tudo ocorre muito rápido em minúsculos túneis. Porém, para os íons alcançarem esses túneis, eles precisam ser posicionados bem na entrada, ou ‘erram o caminho’. Para facilitar essa entrada, o grupo cirou um material chamado ‘beltway’, que guia os íons para as entradas dos túneis, sem chance de erro.

    Muito complexo? Mas o que importa é o resultado. Com a simples inclusão desse ‘beltway’ na fabricação das baterias, um carregamento que normalmente duraria seis minutos, passa a acontecer em apenas 20 segundos.

    Fonte:http://colunas.g1.com.br/chipsheep/2009/03/12/energia-de-sobra/

    Informação Informativa

    Campus Party Brasil 2009

    A segunda edição do evento de tecnologia Campus Party (confira o site oficial em campus-party.com.br) será realizada em São Paulo de segunda (19) até domingo (25) no Centro de Exposição Imigrantes.

    O encontro de inovação tecnológica e entretenimento eletrônico, que terá durante a semana milhares de participantes acampados, reúne palestras, atividades temáticas (sobre games, música, design, blog e software livre, por exemplo), novidades tecnológicas, área de lazer e banda larga com 10 Gbs de velocidade de conexão

    Fonte:http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL962269-6174,00-VEJA+A+COBERTURA+COMPLETA+DA+CAMPUS+PARTY+BRASIL.html

    Informação Pessoal
    Ex:
    Pedro mora em frente à casa de Jackson, na Rua 1 de novembro no bairro fortaleza, mas por motivos desconhecidos Pedro sai de casa somente no período da noite.

    Informação Empresarial

    Implante a excelência Senior em sua empresa

    A realidade do mercado corporativo atual exige que as empresas invistam cada vez mais em sistemas de informação que garantam suporte confiável para tomada de decisões. Nesse cenário, a Senior Sistemas revela-se como uma verdadeira provedora de soluções para gestão empresarial, respondendo com extrema eficiência às necessidades de empresas dos mais diversos portes e segmentos.
    Sapiens®, Vetorh® e Ronda® são alguns dos produtos da Senior que já conquistaram reconhecimento pela agilidade e segurança que proporcionam. É por meio desses sistemas que a Senior coloca à disposição de seus clientes a excelência em tecnologia de gestão nas áreas administrativa/financeira, comercial e de manufatura, de recursos humanos e de acesso e segurança, destacando sempre o completo gerenciamento da informação e a integração das soluções como importantes diferenciais competitivos para uma empresa.
    A Senior também oferece soluções em nível estratégico. O Senior BI proporciona ao gestor mais agilidade na tomada de decisões sobre o desempenho da empresa e mais facilidade no desenvolvimento de ações estratégicas em relação ao seu negócio e ao mercado.
    Com expertise próprio, resultado de vários anos de atuação e de investimentos constantes em aprimoramento profissional e tecnológico, a Senior classifica-se entre as maiores empresas de software do Brasil, certificada também internacionalmente com ISO 9001.
    Tudo isso credencia a Senior a oferecer muito mais segurança para os seus clientes e a atender com a máxima competência às necessidades de gestão de sua empresa.

    Fonte: http://www.senior.com.br/website/pt/solucoes.php

    Informação Tecnológica;

    Robô doméstico busca cerveja gelada

    A fabricante Toshiba apresentou nesta semana um protótipo do robô doméstico ApriAttenda. Durante a demonstração feita na quarta-feira (11), em Tóquio, a máquina abriu a geladeira e pegou uma garrafa – no futuro, os mais folgados poderão se beneficiar disso pedindo para a ApriAttenda buscar uma cerveja gelada, por exemplo. O robô de 1 metro também pode ganhar 30 centímetros para alcançar lugares mais altos (caso da prateleira onde ficam as guloseimas que acompanham a cerveja). Não há data para lançamento.

    Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL1041492-6174,00-ROBO+DOMESTICO+BUSCA+CERVEJA+GELADA.html

  45. INFORMAÇÃO EMPRESARIAL

    Advocacia Estratégica

    A gestão da maioria das empresas sempre esteve embasada em áreas tradicionalmente estratégicas para os negócios. Entre elas, em maior ou menor grau de importância, encontramse marketing, planejamento, finanças, produção e vendas.

    Nos últimos anos, um novo setor veio se juntar a esse núcleo estratégico: o jurídico. Nesse processo, vem ocorrendo uma valorização dos advogados e assessores jurídicos de empresas, que cada vez mais se servem da tecnologia para atender às demandas profissionais. Para exercer esse papel, os profissionais do Direito investem em sistemas de tecnologia da informação.

    A importância da assessoria jurídica para as empresas vem aumentando na medida em que seu relacionamento com os consumidores, funcionários e parceiros comerciais ganha complexidade. A partir da década de 90, as empresas passaram a ingressar num processo de horizontalização da produção. Para conter custos e ganhar agilidade, elas substituíram suas estruturas internas de serviços por fornecedores externos. Com isso, criaram uma extensa cadeia de logística que envolve itens como produção externa de peças e componentes quanto sua distribuição, armazenagem e entrega ao consumidor final”, explica. O resultado de toda essa mudança foi o surgimento de um grande volume de novos contratos envolvendo toda a cadeia produtiva. Além disso, as relações entre empresas e consumidores passou por mudanças significativas com o aperfeiçoamento do Código de Defesa do Consumidor, fato que exige cada vez mais atenção dos administradores. O Advogado e a Nova fase da Economia brasileira, baseada num maior relacionamento entre empresas e fornecedores e com seus consumidores, colocou os advogados no centro das estratégias corporativas. Sob a responsabilidade desses profissionais encontram-se contratos das mais diversas áreas. Cabe a eles orientar os clientes para que os produtos fornecidos sigam os preceitos legais no que confere a aspectos como legislação ambiental, direitos trabalhistas e garantias junto ao consumidor.

    É também responsabilidade dos advogados a elaboração de contratos junto a fornecedores, estabelecendo prazos, metas de produção e níveis de qualidade. A diferença entre um bom ou um mau negócio pode estar na elaboração de contratos. A não previsão de aspectos estratégicos, por exemplo, pode representar a falência de uma empresa. Por isso cada vez mais os advogados procuram a atualização tecnológica para que possam atuar como efetivos parceiros estratégicos de seus clientes ou empregadores corporativos, contribuindo para o sucesso da gestão empresarial.

    http://www.facil.com.br/website/int-bra/noticias.asp?show=17

  46. Informação Tecnologica

    O que ?
    Computador é construído com células vivas.

    Como ?
    Foram nseridos três tipos de RNA nas células de levedura: os aptâmeros, ácidos oligonuclêicos que se combinam com proteínas específicas, enzimas, e seqüências transmissoras, que capacitam os aptâmeros a “ligar e desligar” as ribozimas.
    Uma célula de levedura pode indicar quando as duas drogas estão presentes, quando apenas uma está presente e quando não há presença no ambiente à que foi exposta. Com isso, pode-se programar funções lógicas bem simples.

    Quando?
    02/2009

    Onde ?
    Instituto Tecnológico da Califórnia.

    Por que ?
    A descoberta poderia ajudar a descobrir tumores malignos em uma pessoa com bastante antecedência, entregar remédios específicos para determinado órgão sem prejudicar os outros e, até mesmo, ajudar na degradação de poluentes e aumentar a produção de alimentos no mundo.

    Fonte: http://www.livescience.com/technology/090302-nhm-cellular-computer.html

  47. Informação empresarial – Luciano Wilbert
    Empresa: Benner Sistemas

    Este sonho começou em 1995, quando dois profissionais que atuavam há bastante tempo no mercado de Tecnologia da Informação, se encontraram e trocaram conhecimentos e experiências. Severino Benner e José Milton construíam suas histórias particulares, desenvolvendo idéias, criando sistemas e inovando processos em uma época em que a TI ainda era incipiente no Brasil. Quando se encontraram, durante uma feira do segmento em São Paulo, as idéias se uniram e começou aí, o alinhamento de idéias e sonhos que se firmaria com a criação da Benner Sistemas, em 1997, na cidade de Blumenau (SC).

    A Benner é uma empresa que atua com foco nas relações humanas e na construção de negócios éticos e progressistas. Diferente das empresas tradicionais que pensam apenas em “tecnologia”, nosso trabalho é voltado para a produtividade e bem-estar das pessoas que utilizam ou se beneficiam com as informações geradas pelas nossas soluções de negócios. Dessa forma, o nosso objetivo é oferecer tecnologia alinhada ao negócio dos nossos clientes e fazer com que nossas pessoas sejam constantemente motivadas a pensar e mostrar os seus diferenciais.

  48. QUALIDADE DE LEITE CRU PRODUZIDO E ARMAZENADO EM TANQUES DE EXPANSÃO NO ESTADO DE GOIÁS

    Este estudo objetivou avaliar a qualidade de leite cru em trinta amostras colhidas de tanques de expansão no estado de Goiás, num volume de 1.000 mL. Para tanto, realizou-se contagem bacteriana total (CBT) por citometria de fluxo, bem como se procedeu a pesquisas de resíduos de antimicrobianos pelo kit Delvotest® SP e de fraude por adição de água oxigenada, formol, bicarbonato de sódio e hidróxido de sódio. Em 100% das amostras notou-se ausência de resíduos de antimicrobianos. Além disso, os testes físico-químicos não indicaram a presença de água oxigenada, formol, bicarbonato de sódio e hidróxido de sódio. Do total dos tanques de expansão, 30% (9/30) apresentaram CBT >106 UFC/mL, em 46,67% (14/30) a CBT estava entre 105 e 106 UFC/mL e em 23,33% (7/30) havia CBT 106 UFC/mL, 100% eram de uso coletivo e mostraram valores de CBT significativamente maiores (P<0,05). Medidas de educação e treinamento quanto aos procedimentos de obtenção higiênica do leite, à higiene dos equipamentos de ordenha, à correta implantação e execução de programa de controle de mastite e do sistema de refrigeração da matéria-prima pós-ordenha precisam ser adotadas visando à melhoria da qualidade do leite cru. Tais medidas beneficiam tanto a indústria, concorrendo para rendimento da matéria-prima, quanto o produtor rural, pela possibilidade de remuneração mais vantajosa, por empresas do setor lácteo que adotam o sistema de pagamento por qualidade do leite. Favorecem o comércio, pelo aumento da vida de prateleira dos derivados lácteos, e o consumidor, que adquire produto de mais qualidade.

    PALAVRAS-CHAVES: Leite cru, qualidade, resíduos, UFC.
    Ciência Animal Brasileira, v. 9, n. 4, p. 1152-1158, out./dez. 2008

    Márcio Eduardo Pereira Martins, Edmar Soares Nicolau, Albenones José de Mesquita, Rodrigo Balduino S. Neves, Marcele Louise Tadaieski Arruda

    TEXTO COMPLETO EM:
    http://www.revistas.ufg.br/index.php/vet/article/view/1829/4380

  49. TIPOS DE INFORMAÇÃO

    INFORMAÇÃO CIENTÍFICA

    PONTO DE MUTAÇÃO
    “Após uma época de decadência vem o ponto de transição. A luz poderosa que tinha sido banida retorna. Porém este movimento não é provocado pela força. (…) o movimento é natural e surge espontaneamente. Por isso, a transformação do antigo torna-se fácil. O velho é descartado e o novo, introduzido. Ambos os movimentos estão de acordo com as exigências do tempo e, portanto, não causam prejuízos.
    Formam-se associações de pessoas que têm os mesmos
    ideais. Como tal grupo se une em público e está em harmonia com o tempo, os propósitos particulares e egoístas estão ausentes, e assim erros são evitados. A idéia de retorno baseia-se no curso da natureza. O movimento é cíclico e o caminho se completa em si mesmo. Por isso não é necessário precipitá-lo artificialmente. Tudo vem de modo espontâneo e no tempo devido. Esse é o sentido do céu e da terra.”
    (WILHELM, 1956. pag. 92)

    INFORMAÇÃO EMPRESARIAL

    O QUE?
    Nota Fiscal Eletrônica: um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços, ocorrida entre as partes

    COMO?
    No site oficial do projeto encontra-se um documento que define o comportamento dos sistemas de informação para o processamento de notas eletrônicas nas secretarias de fazenda estaduais. A especificação define o uso de padrões abertos de tecnologia, não impondo o uso de nenhuma solução proprietária. Dentre as muitas vantagens de usar padrões abertos, aproveita-se o conhecimento prévio dos desenvolvedores adquirido em outras atividades que utilizavam as mesmas tecnologias, mesmo não estando relacionadas à nota fiscal eletrônica.
    Dentre as principais tecnologias envolvidas figuram:
    • WebServices
    • XML
    • Certificados X.509

    QUANDO?
    A Nota Fiscal Eletrônica é um instituto oficial de fiscalização tributária, em vigor desde o dia 15 de setembro de 2006.

    ONDE?
    Teve origem em uma parceria entre o ENCAT (Encontro Nacional dos Administradores e Coordenadores Tributários Estaduais) e a Receita Federal do Brasil .

    POR QUÊ?
    - Visa facilitar a arrecadação fiscal.
    - Diminuição de papel, pois substitui a nota fiscal impressa modelos 1 e 1A, havendo a previsão de estender a substituição a outros modelos de notas fiscais.
    - Maior controle e organização.

    Fonte: http://www.wk.com.br

    INFORMAÇÃO INFORMATIVA

    O QUE?
    Resfriamento global: 2008 foi o ano mais frio do século

    COMO?
    O La Niña e o El Niño são duas correntes oceano-atmosféricas que atingem o Pacífico e podem afetar o clima globalmente. La Niña é uma fase fria. A mais quente é El Niño, que costuma seguir La Niña dentro de um ano ou dois. La Niña resfria as temperaturas em todo o mundo em até um grau.
    No passado, La Niña foi responsável por chuvas torrenciais na Austrália e pelas temperaturas mais baixas já registradas na China.
    “Dada a nossa expectativa de que o próximo El Niño vai começar este ano ou em 2010, parece provável que um novo recorde na temperatura global do ar será estabelecido nos próximos um ou dois anos”, disse James Hansen.

    QUANDO?
    Ano de 2008.

    ONDE?
    A maior parte do planeta, no entanto, registrou temperatura normal ou mais quente do que o de costume em 2008. A Europa, a Ásia, o Ártico e a Península Antártica tiveram temperatura excepcionalmente mais quente, enquanto boa parte do Oceano Pacífico teve temperatura mais baixa do que a média no longo prazo.

    POR QUÊ?
    Segundo os especialistas da Nasa, a média da temperatura em 2008 no mundo foi mais fria em relação aos anteriores graças à ação do fenômeno La Niña no Oceano Pacífico

    Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/index.php

    INFORMAÇÃO TECNOLOGICA

    O QUE?
    Cadeira de rodas robotizada

    COMO?
    Uma plataforma robótica, disponível comercialmente, foi conectada às pequenas cadeiras, fugindo do desenho tradicional das cadeiras de rodas. O resultado é mais parecido com as pequenas motos elétricas.

    QUANDO?
    Iniciaram os testes no inicio de 2008.

    ONDE?
    Professor Cole Galloway e seus colegas da Universidade de Delaware, nos Estados Unidos

    POR QUÊ?
    O desenvolvimento infantil baseia-se nas milhares de pequenas descobertas diárias, à medida que os bebês exploram o mundo ao seu redor, primeiro com os olhos, depois com as mãos e, a seguir, com o seu corpo inteiro, quando eles começam a engatinhar a andar.
    As crianças com problemas de mobilidade, ao contrário, somente começam nesse aprendizado de corpo inteiro por volta dos 3 anos de idade, quando finalmente conseguem adaptar-se a uma cadeira de rodas tradicional.
    Como a criança nessa idade, tipicamente a partir dos 6 meses de vida, necessita de assistência total, os engenheiros criaram verdadeiros robôs, com inteligência suficiente para evitar que as crianças coloquem sua cadeira de rodas escada abaixo, por exemplo.
    Segundo o pesquisador Galloway “Os bebês literalmente constroem seus próprios cérebros por meio da exploração, aprendendo a lidar com um mundo muito complexo. Suas ações, sentimentos e seu pensar moldam o seu desenvolvimento cerebral”.

    Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/index.php

  50. TECNOCIÊNCIA, ECOLOGIA E CAPITALISMO

    O desenvolvimento da ciência e da tecnologia modernas não pode ser separado
    da grande transformação que foi o surgimento e a consolidação do capitalismo como sistema econômico e social, inicialmente na Europa, hoje em dia praticamente no mundo todo. Pelo menos em certa medida pode-se afirmar portanto que a ciência e a tecnologia que conhecemos são uma ciência e uma tecnologia capitalistas. A partir dessa constatação, seria razoável esperar que os movimentos anticapitalistas que se constituíram ao longo dos dois últimos séculos tivessem como parte de seus ideários uma crítica a essas práticas. O que se verifica, entretanto, é bem o oposto. Herdeiros do otimismo dos iluministas, os movimentos socialistas, e em particular, o marxista, incorporaram à sua visão o ideal de progresso que se firmou tão solidamente no século XIX, e que tinha a ciência e a tecnologia na conta de elementos fundamentais para a promoção do desenvolvimento das forças produtivas, sendo esse desenvolvimento praticamente identificado com o progresso da humanidade. Ciência e tecnologia apareciam como o lado bom do capitalismo, como conquistas da burguesia que representavam um avanço em relação ao que existia antes, e algo a ser preservado e promovido na transição para o socialismo.
    Mais tarde, tal valorização incorpora-se ao ideário desenvolvimentista que
    imperou e de certa forma ainda impera nos países periféricos. O desenvolvimentismo vê os problemas sociais como manifestação de subdesenvolvimento, e mede o atraso em termos de diferenças com os países centrais, tomando-os assim como modelos. Como um dos aspectos mais importantes do desenvolvimentismo figura a concepção da ciência e da tecnologia como fatores imprescindíveis para a superação do atraso.

    Em meados do século XX começam a se fazer ouvir as primeiras vozes
    dissonantes. Na década de 40, os frankfurtianos – Adorno, Horkheimer e Marcuse – publicam obras que questionam o próprio âmago da racionalidade científicotecnológica, vista como instrumento para a dominação da natureza promovida pelo capitalismo.

    Nas décadas a seguir o prestígio da ciência e da tecnologia vai sendo
    progressivamente abalado, primeiro pelo terrível choque que representou o lançamento das bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki, depois pela tomada de consciência da devastação provocada pelo modo capitalista-industrial de produção; devastação por um lado do meio ambiente, por outro devastação cultural, decorrente da postura da civilização ocidental diante das culturas ditas primitivas em todo o período da colonização, e mesmo depois da descolonização formal.
    Em 1964 Marcuse publica O homem unidimensional, muito influente nos
    movimentos de protesto que tiveram origem no fim da década. E tempos depois começa a ganhar forma e se fortalecer a crítica pós-moderna, que questiona especialmente a pretensão da ciência de constituir uma forma superior de conhecimento, colocando em dúvida a objetividade e a racionalidade dos procedimentos científicos. Pode-se dizer entretanto que essas duas vertentes de crítica à ciência e à tecnologia modernas – a frankfurtiana e a pós-moderna – pecam por seu caráter abstrato e puramente negativo. São críticas que parecem satisfazer-se consigo próprias, que não propõem alternativas concretas, nem se engajam na luta para mudar efetivamente o rumo do desenvolvimento tecnocientífico. A essa falha junta-se, na crítica pós-moderna, a tendência ao relativismo. Foi apenas nos últimos tempos – os últimos dez anos, digamos – que começou a se cristalizar uma nova modalidade de questionamento, que se pode caracterizar como crítica engajada. Essa nova vertente incorpora facetas das outras duas – como a idéia frankfurtiana do comprometimento da ciência e da tecnologia modernas com a postura de dominação, ou controle da natureza, e a valorização das formas não-ocidentais de conhecimento – mas dá um passo adiante ao adotar uma postura engajada, que promove, tanto na teoria quanto na prática, formas alternativas de ciência e tecnologia, e que, associando-se aos movimentos sociais, procura transformar a crítica abstrata numa força material, capaz de operar um redirecionamento das atividades tecnocientíficas. Um dos traços principais do perfil teórico da crítica engajada está em reconhecer, e extrair as conseqüências do aumento no número e na profundidade dos vínculos que articulam ciência e tecnologia, um fenômeno claramente visível nos últimos tempos, tendo motivado a criação do neologismo “tecnociência”, de uso cada vez mais corrente. Quanto mais se consolida o amálgama da tecnociência, menos espaço sobra para o valor que se atribui ao conhecimento científico como um fim em si mesmo, independente das aplicações. A consolidação da tecnociência representa o fim da ciência pura – a ciência considerada do ponto de vista de seu valor intrínseco. Embora esse processo viesse se desenvolvendo lentamente por muito tempo, com a ascensão do neoliberalismo ele se acelera, impulsionado pelas diretrizes dos órgãos responsáveis pela distribuição de recursos para o financiamento das pesquisas. A postura é a de, diante de qualquer projeto, por mais teórico que seja, perguntar por sua capacidade de gerar inovações tecnológicas, não se contentando com indicações de potencialidades a médio e longo prazos, mas exigindo especificações concretas das aplicações que se têm
    em vista.
    Tal tendência não seria tão nefasta se as aplicações tecnológicas fossem
    avaliadas do ponto de vista de quanto contribuem para a solução dos problemas reais da humanidade. Sobre essa questão incide outro aspecto do perfil teórico da crítica engajada – a consideração da tecnociência como parte integrante do sistema capitalista.
    A tecnologização da ciência é vista como decorrência do processo de mercantilização da ciência e da tecnologia, que por sua vez constitui mais uma manifestação de uma característica fundamental do capitalismo, a compulsão a transformar tudo em mercadoria.
    Embora de muitos pontos de vista já não seja possível distinguir a ciência e a
    tecnologia no amálgama da tecnociência, pelo prisma da mercantilização há uma
    diferença que ainda subsiste – embora mesmo esta tenda a desaparecer se persistir o movimento em curso. A mercantilização da tecnologia se dá através do sistema de patentes, e se acelera nos tempos do neoliberalismo pelo fortalecimento e expansão desse sistema. O fortalecimento corresponde à ampliação dos direitos dos detentores de patentes, e à intensificação da vigilância policial e das punições aos infratores. A expansão consiste no estabelecimento de novos tipos de patentes, sendo os mais importantes e mais controvertidos os das patentes para matéria viva – organismos ou partes de organismos.
    A mercantilização da ciência é objetivo da reforma neoliberal que vem sendo
    imposta aos órgãos primordialmente responsáveis por sua produção – as universidades públicas. Um dos principais instrumentos dessa reforma é a ênfase na avaliação – uma avaliação quantitativa, que privilegia as aplicações rentáveis e sufoca qualquer tentativa de refletir sobre o impacto real da tecnociência sobre a sociedade.
    O efeito desses dois processos paralelos de mercantilização é fazer com que o
    ritmo e os rumos do desenvolvimento da tecnociência respondam não a seu potencial de contribuir para a superação dos problemas reais da humanidade, mas sim aos interesses do mercado capitalista. Abstraindo de considerações relativas a valores fundamentais, e a princípios de racionalidade, o caráter nefasto da mercantilização se revela nas conseqüências indisfarçáveis do sistema neoliberal: a injustiça social, as diferenças cada vez maiores entre ricos e pobres, tanto no interior de cada país como entre os países centrais e os periféricos, a devastação ambiental, o uso predatório dos recursos naturais, etc. Por esses males a tecnociência é assim co-responsável.
    A partir dessas constatações, a crítica engajada se impõe como missão, para cada
    setor da tecnociência, analisar o modo como a mercantilização opera, avaliar suas
    conseqüências, propor alternativas e associar-se aos movimentos sociais capazes de implementá-las. Nos últimos tempos, o setor mais em evidência é o da biotecnologia, num sentido amplo, que envolve aplicações tanto na área da produção agrícola quanto na da saúde. No que se refere à produção agrícola, a mercantilização atua não apenas das formas já indicadas, mas também, de maneira muito nítida e importante, sobre as sementes – por meio das variedades híbridas e, nos últimos tempos, transgênicas.
    A luta que se tem pela frente será longa e demandará muito empenho. Embora a
    crítica no seu aspecto negativo – o apontar o que está errado no sistema vigente – seja importante para despertar nas pessoas a consciência da necessidade de mudança, é fundamental que se desenvolva também o lado positivo necessário: a invenção e a colocação em prática de novas formas de ciência e tecnologia, norteadas pelos valores da solidariedade, da justiça social e do respeito ao meio ambiente, em vez de aos valores da dominação da natureza e da acumulação do capital. Do sucesso desta empreitada depende a possibilidade de tornar real o novo mundo que se almeja.

    Fonte: http://www2.fe.usp.br/~mbarbosa/tec.pdf

  51. Natasha Zimmermann.

    Informação Tecnológica.

    Dell apresenta laptop “mais fino do mundo”
    Gabriel Madway

    A Dell apresentou nesta terça-feira seu laptop “de luxo”, o Adamo, chamando-o como o mais fino notebook do mundo, em um esforço para competir no mercado de computadores ultraportáteis de topo de linha definido pelo MacBook Air, da Apple.

    A máquina revestida de alumínio tem espessura de 1,65 cm e vem com tela de 13,4 polegadas e drive de memória sólida de 128 GB.

    Com preço inicial de US$ 1.999, o Adamo está posicionado como a nova marca mais cara da Dell. Uma configuração diferente será vendida por US$ 2.699. No Brasil, segundo o site da Dell, o preço é de cerca de RS$ 9 mil.

    O Adamo tem por objetivo “declarar alguma coisa em termos de design, surpreender as pessoas por ser um Dell”, disse John New, executivo de marketing do grupo. “O aparelho se destina ao consumidor de gosto exigente e disposto a pagar um pouco mais por isso.”

    A Dell vem trabalhando para gerar interesse pelo Adamo, cujo nome vem da expressão latina para “se apaixonar por”. Informações sobre o novo modelo começaram a vazar no final do ano passado, e a empresa realizou um evento em janeiro, em Las Vegas, onde ofereceu um vislumbre passageiro do laptop, nas mãos de uma modelo.

    A Apple ajudou a lançar a categoria dita ultraportátil, no ano passado, com o MacBook Air, que tem 1,9 cm de espessura e era até agora o mais fino laptop do mundo.

    O Adamo, com 1,8 kg, é mais pesado que o Air, com 1,36 kg. O modelo da Apple tem preço inicial de US$ 1.799.

    A maioria dos fabricantes de computadores pessoais, incluindo o Lenovo Group, Hewlett Packard e Sony vende ultraportáteis.

    A Dell tem tentando revigorar sua marca junto aos consumidores, em meio a esforços para diversificar base de receita. Clientes empresariais respondem por cerca de 80% do faturamento da companhia, e os computadores pessoais por 60%.

    Na semana passada, a Dell lançou o Studio One 19, por US$ 799, um PC com tela sensível a toques que pode ser usado na cozinha ou na sala de estar. O produto será disponibilizado inicialmente no Japão e depois irá para outros países.

    As ações da Dell recuaram 13% desde o início deste ano, enquanto os papéis da Apple saltaram 12%. A Dell, entretanto, tem apresentado performance melhor que a HP, cujas ações despencaram 20% desde o início de 2009.

    FONTE – http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI3639381-EI4801,00-Dell+apresenta+laptop+mais+fino+do+mundo.html

    Informação Empresarial

    Comunicação corporativa/empresarial
    :: Jornais empresariais: uma poeira só!

    Wilson da Costa Bueno*

    A maioria das organizações, em particular as de médio e grande porte, edita um ou mais jornais ou revistas, voltados para os seus públicos internos e externos. Na prática, a existência deste tipo de publicação se confunde mesmo com a própria história da comunicação empresarial brasileira. Basta perceber que a maior entidade da área – ABERJE – Associação Brasileira de Comunicação Empresarial, que completou recentemente seus 40 anos, ainda mantém a sigla original que significa Associação Brasileira de Editores de Revistas e Jornais de Empresas. Há algumas décadas, não se falava ainda em comunicação empresarial, mas já circulavam publicações de prestígio.

    O fato de os jornais e revistas de empresa existirem há um bom tempo não quer dizer no entanto que eles já atingiram um patamar aceitável em termos de forma, perfil e conteúdo e as razões para isso podem ser facilmente apontadas.

    Em primeiro lugar, é preciso reconhecer que a gestão empresarial em nosso País ainda está tipificada por traços de autoritarismo (os chefes falam mais baixo, mas continuam mandando como sempre fizeram na maioria das organizações) e a cultura de muitas organizações associa livre circulação de informações com risco ou ameaças. Neste sentido, as publicações empresariais acabam convivendo com a censura e a auto-censura e mesmo em empresas consideradas modernas a pauta é controlada, o texto é vigiado e a pluralidade de idéias e opiniões desestimulada a todo momento.

    Em segundo lugar, o conceito de jornal ou revista que vigora é singular porque distinto do usual (não deveria ser assim mesmo, indagam os executivos mais conservadores?). A divergência, a polêmica, a controvérsia é colocada de lado e postula-se um conteúdo que tem mais compromissos com a propaganda institucional (quando não mera promoção dos proprietários e chefias) do que com a chamada informação jornalística. O texto é adjetivado ao extremo e as pautas muito frias e sem graça como pão amanhecido e estrategicamente suspeitas como coxinha de rodoviária. Existe um sem número de temas tabus e, para muitos editores ou jornalistas, fica mesmo difícil fugir do lugar-comum: os assuntos remetem para pautas fechadas que não convidam para a leitura ou para a reflexão.

    Finalmente, os jornais e revistas de empresa são produzidos a partir de um equívoco formidável: não levam em conta as demandas e as expectativas de seus públicos de interesse. Em muitas organizações, uma mesma publicação é encaminhada para os públicos internos e externos, sem considerar que funcionários (não podem ser tomados como iguais porque uma organização de médio ou grande portes – vamos dizer uma universidade por exemplo- tem funcionários com vários perfis), jornalistas, acionistas, clientes, parceiros etc requerem canais de relacionamento distintos. Por comodismo ou falta de visão (a segmentação dos públicos e veículos ainda não é realidade para a maioria das empresas), elas continuam produzindo o “jornal bombril”, aquele que serve para mil e uma utilidades. A comunicação moderna deve ser personalizada, não pode partir do pressuposto de que um mesmo assunto interessa a todo mundo porque há visões de mundo e experiências diferentes de um público para outro. Mesmo que esse seja o caso (e há situações em que um tema é de interesse universal), o tratamento dado ao assunto deve variar em função do perfil de cada público. Essa é a essência das editorias, dos cadernos, dos veículos segmentados etc e todo jornalista deveria saber (alguns empresários e editores de publicações empresariais parecem habitar outro universo da comunicação) que de uma mesma pauta resultarão matérias diferentes se os veículos tiverem linha editorial e perfil de público distintos. A cobertura da compra do ABN (Real para os íntimos) pelo Santander será tratada de forma particular no Valor Econômico e no Diário do Grande ABC e poderá estar fora de cogitação num jornal de bairro.

    Os jornais de empresa pecam porque estão muitas vezes atrelados a instâncias (departamentos, diretorias) que têm uma “cultura de comunicação” bastante singular, como o RH (que em muitas organizações ainda se reduzem “à chefia do pessoal”) , o marketing (de onde nasceu o conceito equivocado de endomarketing para a comunicação interna) e até mesmo o Departamento Jurídico (dá para imaginar o que pensa a empresa quando pendura aí a comunicação e o jornal de empresa!)

    Está na hora de rever velhos conceitos e de profissionalizar de vez as publicações empresariais, dando-lhes a importância e o valor estratégico que deveriam ter. Quando os jornais e as revistas empresariais são concebidos apenas para legitimar determinadas situações, para lustrar o ego de empresários e diretores e não para cumprir sua verdadeira função de informar, provocar o debate, podem (e isso tem acontecido) causar efeito contrário ao pretendido. São descartados sem dó, não têm legitimidade/credibilidade enquanto veículos informativos e despertam aquela sensação desagradável de “pau mandado”, enfim não funcionam.

    Os jornais e revistas empresariais seriam melhores se os seus executivos e editores resolvessem sacudir a poeira (tem publicação que cheira mofo e, se duvidar, tem até traça!), incorporassem inteligência ao seu negócio e abrissem mão desta censura/auto-censura que não faz mais sentido na sociedade que prega a chamada gestão do conhecimento.

    Os jornalistas e sobretudo os funcionários das empresas sabem como é difícil produzir e ler a maioria destas publicações, insossas, insípidas e inodoras. Se os jornais e revistas refletem a cara das organizações que os editam, só há uma conclusão: elas são enjoadas e sem graça e bota enjôo nisso.

    Em tempo: certamente há exceções, mas, como sempre, elas confirmam a regra.

    FONTE – http://www.comunicacaoempresarial.com.br/comunicacaoempresarial/artigos/jornalismo_empresarial/artigowilbuenojornaisempresariaisepoeira.htm

    Informação Cientifica

    Resumo – Partindo da análise da produção científica
    brasileira e da carência de bases de dados
    em informação científica, o autor aborda o
    Projeto SciELO – Scientific Electronic
    Library Online – como instrumento para
    tornar a produção nacional mais visível e
    acessível via meio eletrônico e, ao mesmo
    tempo, criar uma base de dados pela qual
    seja possível avaliar a produção científica
    do país e aumentar a sua visibilidade
    internacional.

    Rogério Meneghini

    FONTE – http://same.ens.isciii.es/Fuentes%20de%20informaci%F3n_CT_salud/Documentacion/pdf/tema3_Meneghini.pdf

    Informação informativa

    Perda de memória: Eloísa Mafalda vive drama pessoal

    Eloísa Mafalda está vivendo um grande drama pessoal. Segundo a coluna “Telinha”, do jornal Extra, a atriz tem recebido convites para voltar às novelas, mas não pode aceitá-los. O motivo? Está perdendo a memória.

    Ainda de acordo com o jornal, já na época de sua última novela – “O Beijo do Vampiro”, da TV Globo -, em 2002, ela não conseguia mais decorar seus textos e decidiu sair de cena.

    Aos 85 anos, Eloísa nem se lembra mais que participou da primeira versão de “Paraíso”, novela de Benedito Ruy Barbosa, cujo remake estreou nesta segunda-feira (16), na TV Globo. “Só é possível conversar com ela amenidades. A memória dela está afetada”, disse a filha da atriz, que mora com ela em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro.

    No dia 14 de fevereiro, a atriz levou um tombo e quebrou o fêmur. Agora, são seis meses de recuperação.

    FONTE – http://babado.ig.com.br/noticias/2009/03/16/perda+de+memoria+eloisa+mafalda+vive+drama+pessoal+4818900.html

  52. FURB – Faculdade Universidade Regional de Blumenau
    Curso: Sistemas de Informação
    Acadêmica: Fernanda Junkes Serrano
    Disciplina: Tecnologia da Informação na Gestão de Negocio

    Tipos de Informação

    Informação Cientifica:
    O turismo comunitário vem colocar com a perspectiva de um desenvolvimento integrado que leve em conta a participação comunitária, visto que neste tipo de turismo a comunidade esta no centro das decisões e das estratégias de que possam afetar a qualidade de vida. Quem procura o turismo comunitário, acaba percebendo que a comunidade se torna a principal protagonista, o foco é a comunidade, na qual não muda seus hábitos para atender os turistas como acontece nas grandes cidades consideradas turísticas, e também é procurada por pequenos grupos. O Conselho de Turismo da Comunidade em 1997 elaborou uma missão na qual o projeto estava sendo desenvolvendo para a Prainha de Canto Verde, situada no município de Beberibe, litoral leste do Ceara, na qual baseava-se em desenvolver o turismo ecológico de forma comunitária na qual melhoraria a renda dos pescadores e incluiria as mulheres no processo produtivo e os jovens veriam no turismo uma oportunidade de trabalho e não abandonando seu local de origem. O turismo Comunitário é para aqueles que respeitam a natureza e valorizam a cultura e as historias dos nativos.

    Informação Empresarial:
    Oferecer ao mercado soluções completas que torna o atendimento aos seus clientes um diferencial competitivo. Suas atividades são focadas no desenvolvimento de sistemas que permitissem o controle e a supervisão de equipes de atendimento. Hoje, além de várias soluções em sistemas, todos direcionados para as áreas de atendimento e vendas. A Visys surgiu há 10 anos com o objetivo de oferecer a seus clientes ferramentas que contribuíssem diretamente com os resultados da empresa. A empresa localizada em Blumenau oferece atendimento de suporte técnico via telefone ou chat client, desenvolvido para melhor atender seus clientes via internet em horário comercial.

    Informação Tecnológica
    O que? Como?Quando?Onde?Por quê?
    O Bluetooth é um dispositivo que utiliza ondas de radio no lugar de fios para a comunicação entre celulares, micros, mouses, impressoras e outros. A utilização é simples e barata, bastar dois ou mais aparelhos obterem certa aproximação para então trocarem informações. Em meados de 1994 a empresa Hericson começou a estudar a viabilidade de cria uma tecnologia para a comunicação entre celulares onde os mesmo utilizassem a comunicação de radiofreqüência e não cabos de dados. Um de seus grandes feitos foi a unificação da Dinamarca, e é em alusão a esse fato que o nome Bluetooth foi escolhido, como que para dizer que a tecnologia proporciona a unificação de variados dispositivos. O logotipo do Bluetooth é a junção de dois símbolos nórdicos que correspondem às iniciais de Harald.

    Informação Informativa:
    O lixo reciclado. Todo mundo pensa no bem do planeta, mais a maioria da população não percebe que um simples copo plástico pode fazer um estrago enorme no meio ambiente. Se todos nós, em casa mesmo, começarmos a separar plásticos, papeis metais, vidros do lixo orgânico e colocá-los na coleta seletiva de recicláveis ou ate mesmo entregá-los a locais de triagem onde recebem tratamentos especiais, estaremos alem de conservar o meio ambiente, este material volta a ser utilizado para muitos fins. Segundo pesquisa realizada de 1994 a 2003 pela Promenor , o período de maior pico da coleta seletiva foi em 2000, depois começou a cair devido a falta de investimento e de informação para os munícipes sobre a separação dos materiais. O por que da reciclagem como todos nós sabemos, é um bem não só para o planeta mais também para a nossa saúde e de nossos filhos

    Informação Pessoal:
    Eu curto algo que para muitos na minha idade ou posso dizer na minha geração acha coisa de Vovó, que é o bordado. Com minhas agulhas, linhas, panos e um gráfico, posso transformar um simples desenho em algo delicado, e maravilhoso. Todo dia tiro um tempo para me dedicar a essa arte que eu aprecio muito, fico em minha casa depois de ter feito todas as obrigações, incluindo estudar, e começo a bordar, adoro quando começo um trabalho novo, mais também não vejo a hora de vê-lo pronto e me orgulhar dele, posso dizer que são todos meus xodós. Eu bordo por que tenho isso primeiramente no meu sangue, e também por que acho isso uma terapia, quando bordo me acalma e me desligo de tudo que me perturba.

  53. Informação Empresarial:

    Migração de Dados [06/08/2007]
    Migração de dados

    É muito comum existir a transferência de dados de um sistema antigo (legado) para o novo sistema que foi adquirido pela empresa ou escritório. A Fácil Informática mantém equipe de programadores exclusiva para desenvolvimento de programas que transfiram os dados do sistema legado para o Espaider. Essa é uma tarefa muito importante na implantação de sistemas, mas também bastante “espinhosa”, por diversas razões que iremos destacar.
    As pessoas em geral utilizam a expressão “de-para”. Embora seja exatamente isso que ocorra, jogamos os dados de um lugar para outro, não gostamos dessa expressão. A expressão pura e simples traz embutida uma minimalização do problema, que muitas vezes é muito complexo.
    Alguns pontos importantes e dificuldades enfrentadas nas migrações:
    a) Bases de dados em formatos diferenciados – o primeiro problema que temos que enfrentar é o tipo de base de dados de onde teremos que obter os dados. Em geral lemos as bases de dados originais dos sistemas legados. Alguns são formato DBF, outros utilizam bancos de dados proprietários, outros são em Oracle, outros são SQL-Server, outros são Sybase, outros são Interbase e em muitos casos lemos diretamente de planilhas no formato XLS e assim por diante. Sem falar que podem ser arquivos textos.
    b) Informações não compatíveis – muitas informações presentes no sistema legado não têm local adequado no Espaider, então temos que criar essas informações pois a empresa deseja manter históricos ou continuar utilizando dessa forma. E ainda, muito comum, o Espaider tem informações mais detalhadas que não existem no sistema legado e que com o tempo o usuário irá ajustando manualmente. Caso deseje o detalhamento. Se não optar pelo detalhamento essas informações (campos) serão suprimidas do Espaider também.
    c) O Espaider é bastante normalizado – a quase totalidade das informações estão presentes em tabelas padronizadas. Exemplo: tabela de tipo de andamento, onde o usuário vai colecionando os principais andamentos, para serem reutilizados sempre que necessário de forma rápida, padronizada e eficiente. Esse apenas um exemplo simples. Muitos sistemas legados não tem essa padronização e o programa (rotina) de migração pode ser alterado para sugerir uma tabela padronizada, com base nas primeiras posições dos históricos livres adotados no sistema antigo, fazendo a transformação do livre para formas mais organizadas. Esse é um dos principais problemas enfrentados em diversos tipos de dados em todo o sistema.
    d) Duplicidade de dados – É muito comum os sistemas legados trazerem duplicidades de dados. Uma mesma pessoa cadastrada várias vezes. Ou na mesma tabela ou em tabelas diferentes. Na migração aproveitamos para fazer um limpeza do cadastro, uma vez que no Espaider os dados nunca estão duplicados. Quando não for possível resolver determinadas situações durante a transferência dos dados de um sistema para outro, o acerto deverá ser manual, com ferramentas disponíveis no próprio Espaider, como a UNIFICAÇÃO DE REGISTROS.
    e) Sistemas legados sem documentação – a própria equipe da Fácil tem que descobrir quais tabelas e quais dados estão presentes e que devem ser transferidos e para onde, haja vista em geral a documentação do modelo lógico não estar disponível. É como procurar agulhas num palheiro. (Agulhas bem pequenas num palheiro bem grande).
    f) Tempo de transferência e organização dos dados – dependendo da quantidade de registros (milhões) o tempo de transferência de um sistema para outro pode ser maior ou menor. Pode-se levar até 16 horas executando-se rotinas de transferência dos dados. Isso implica que em geral termos que fazer nos finais de semana, para que a empresa ou escritório pare o mínimo possível. Em geral um dia ou dois no máximo.
    A Fácil Informática faz migrações de exemplo e submete a aprovação dos usuários quantas vezes forem necessárias, até que tudo esteja considerado OK, para a migração definitiva. Depois que os usuários são treinados, a data da migração para produção é marcada e o novo produto pode ser utilizado, com todas as suas características e peculiaridades, sem a necessidade dos ineficientes e incômodos “paralelos”.
    A migração dos dados sempre compensa. Mas pode ser excelente, boa ou satisfatória, dependendo da qualidade dos dados de origem e do sistema ou planilha de onde são originários.
    Os programadores da Fácil têm ferramentas desenvolvidas ao longo dos anos para essas tarefas de migração e o serviço prestado traz tranqüilidade para a adoção do novo sistema.
    Alexandre Pickler
    Coordenador de Migração de Dados
    http://www.facil.com.br

  54. Tipos de informação

    1) Científica
    É toda informação resultante de pesquisas, produzidas em geral, com caráter investigativo, critico e avaliador pelas instancias de ciência e tecnologia (escolas, faculdades, universidades e instituições de pesquisa, sociedades cientificas). Consiste também no resultado de informações sistematicamente codificadas e absorvidas, obtidas por meio de pesquisa ou reflexões sobre o avanço do conhecimento nas distintas áreas.
    2) Empresarial
    A definição de um Sistema de Informação empresarial, há diversos aspectos que devem ser observados como, por exemplo: a criação da informação (coleta); a comunicação da informação (transmissão); tratamento da informação (interpretação); memorização da informação (arquivamento). É muito importante que a empresa controle política e logisticamente sua informação. Politicamente para definir que informações serão utilizadas e logisticamente para definir como obter as informações.
    A informação não se limita ao que é produzida na empresa. A informação deve ser analisada por diversos ângulos, como informação para o trabalho e relacionais; informação interna e externa; informação qualitativa e quantitativa; informação formal e informal e informação altamente especializada. Informação certa e disponível no tempo correto é determinante para que os administradores tomem decisões mais acertadas.

    3) Tecnológica
    A informação tecnológica resume-se nos diferentes tipos de buscas que podem efetuar-se para obter conhecimento sobre tecnologias disponíveis ou patentes em geral, serve para orientação em pesquisas, teses e constitui-se uma excelente base de dados para novos investimentos na indústria. Para uma empresa moderna a informação tecnológica é indispensável, tanto como ferramenta para pesquisa e desenvolvimento de produtos, como servindo de subsídio ao planejamento estratégico da empresa.
    4) Informativa
    Um texto informativo como o próprio nome já diz, a principal função dele é informar, ou seja passar uma informação. O melhor exemplo de texto informativo é o jornal.
    As características deste texto é linguagem culta, direta, deve conter as informações,citando fonte e exemplos. Jamais deve conter opiniões pessoas, o texto informativo não é uma dissertação onde você defende suas idéias.

    5) Pessoal
    “Informação Pessoal” é a informação que você nos fornece, a qual o identifica pessoalmente, tal como seu nome, endereço de e-mail, ou informação de faturamento, ou outros dados que podem estar razoavelmente ligados a tais informações.

  55. 1) Científica;
    É toda informação resultante de pesquisas, produzidas em geral, com caráter investigativo, critico e avaliador pelas instancias de ciência e tecnologia (escolas, faculdades, universidades e instituições de pesquisa, sociedades cientificas). Consiste também no resultado de informações sistematicamente codificadas e absorvidas, obtidas por meio de pesquisa ou reflexões sobre o avanço do conhecimento nas distintas áreas.
    2) Empresarial;
    A definição de um Sistema de Informação empresarial, há diversos aspectos que devem ser observados como, por exemplo: a criação da informação (coleta); a comunicação da informação (transmissão); tratamento da informação (interpretação); memorização da informação (arquivamento). É muito importante que a empresa controle política e logisticamente sua informação. Politicamente para definir que informações serão utilizadas e logisticamente para definir como obter as informações. A informação não se limita ao que é produzida na empresa. A informação deve ser analisada por diversos ângulos, como informação para o trabalho e relacionais; informação interna e externa; informação qualitativa e quantitativa; informação formal e informal e informação altamente especializada. Informação certa e disponível no tempo correto é determinante para que os administradores tomem decisões mais acertadas.

    3) Tecnológica;
    A informação tecnológica resume-se nos diferentes tipos de buscas que podem efetuar-se para obter conhecimento sobre tecnologias disponíveis ou patentes em geral, serve para orientação em pesquisas, teses e constitui-se uma excelente base de dados para novos investimentos na indústria. Para uma empresa moderna a informação tecnológica é indispensável, tanto como ferramenta para pesquisa e desenvolvimento de produtos, como servindo de subsídio ao planejamento estratégico da empresa.
    4) Informativa;
    Um texto informativo como o próprio nome já diz, a principal função dele é informar, ou seja passar uma informação. O melhor exemplo de texto informativo é o jornal.
    As características deste texto é linguagem culta, direta, deve conter as informações,citando fonte e exemplos. Jamais deve conter opiniões pessoas, o texto informativo não é uma dissertação onde você defende suas idéias.

    5) Pessoal.
    “Informação Pessoal” é a informação que você nos fornece, a qual o identifica pessoalmente, tal como seu nome, endereço de e-mail, ou informação de faturamento, ou outros dados que podem estar razoavelmente ligados a tais informações.

  56. Asterisk – a nova geração de PABX

    O Asterisk representa uma nova geração de PABX ou de sistema de telefonia inteligente, conhecida como PBX IP. A grande vantagem desse sistema é a utilização de uma rede TCP/IP como meio de transmissão, permitindo realizar ligações utilizando a Internet, reduzindo consideravelmente os custos além de se integrar com as redes de telefonia tradicionais (Telefonia fixa e celular) e os sistemas da empresa.

    Voz sobre IP ou simplesmente VoIP é a tecnologia que possibilita realizar ligações utilizando a Internet como meio de transmissão. Existem basicamente 2 tipos de ligações VoIP. Uma é quando se utiliza o VoIP para ligar para uma outra pessoa que possui o VoIP; este tipo de ligação normalmente é gratuita. O outro tipo é quando é necessário ligar para o número de um telefone fixo ou celular. Essas ligações são normalmente tarifadas, mas por um valor muito abaixo do que uma ligação DDD ou DDI, pois a ligação é transmitida na maior parte do trajeto através da Internet e somente num local próximo ao destino é que a ligação é comutada para a rede de telefonia fixa ou celular.

    O baixo custo das ligações através da Internet é apenas um dos primeiros benefícios da utilização do Asterisk. O benefício principal do Asterisk é o grande ganho com produtividade, flexibilidade e integração dos sistemas da empresa (web, email, telefonia, banco de dados, sistemas corporativos, entre outros) obtida através do transporte da voz como dados através de uma rede IP.

    Um PABX tradicional de pequeno e médio porte oferece recursos de telefonia limitados e cada vez que necessitar de novos recursos é preciso adquirir módulos adicionais, isso se o PABX permitir tal recurso ou houver disponibilidade, caso contrário será necessário substituir o PABX por um modelo superior.

    Utilizando um PBX IP baseado no Asterisk, todos os recursos já estarão disponíveis tanto para utilização numa pequena empresa quanto para uma grande companhia ou Call Center. Recursos como URA, correio de voz, distribuição automática de chamadas, filas de atendimento por setores, recepcionista digital, entre outros recursos, que somente são encontrados num PABX de grande porte agora estão disponíveis para qualquer tamanho de empresa.

    Uma empresa que utilizar um PABX com URA (Unidade de Resposta Audível) com diversos níveis de navegação, bem estruturada e com muitas informações úteis; criar diversas filas de atendimento para cada departamento ou setor com mensagens específicas de cada área enquanto o cliente aguarda; selecionar as músicas favoritas ou propagandas da sua empresa em mp3 como música de espera, disponibilizar o correio de voz em caso de ausência, além de muitos outros recursos, com certeza irá impressionar seus clientes mesmo que a empresa tenha apenas poucos funcionários. Com o Asterisk tudo isso é possível com um baixo custo

    http://imasters.uol.com.br/artigo/10924

  57. TIPOS DE INFORMAÇÃO

    Informação Cientifica: informações adquiridas através de pesquisas e experimentos quando um ou um grupo de cientistas ou pesquisadores decidem estudar sobre determinado assunto ou ser, para descobrir algum comportamento ou reação.

    Informação Empresarial: informações referentes a empresas, organizações sobre qualquer assunto que a diz respeito, levantadas para fins diversos como históricos ou mesmo para avaliar alguma situação. Também podem ser informações de identificação da empresa.

    Informação Tecnológica: informações referentes a tecnologias como, por exemplo, manual, tutorial geralmente com objetivo de esclarecimento de alguma tecnologia ou de alguma inovação tecnológica.

    Informação Informativa: informações com o intuito de informar sobre qualquer coisa ou assunto, visando deixar a população orientada sobre determinada situação ou assunto, geralmente colocado em lugares propositais para que o maior número de pessoas vejam.

    Informação Pessoal: informações referentes à pessoa, como por exemplo, números de documentos, idade, estado civil e etc, usadas para identificar o individuo perante o estado e a sociedade ou para algum tipo de cadastro.

  58. Informação do tipo Informativa;

    O que?
    Descoberta a causa dos cabelos grisalhos.
    Os cientistas da Universidade de Bradford, Grã-Bretanha trabalharam em conjunto com os especialistas das Universidades Mainz e de Luebeck, da Alemanha.
    Eles descobriram que os cabelos grisalhos são causados pelo grande acúmulo de peróxido de hidrogênio devido ao desgaste do folículo, o que bloqueia a pigmentação natural do cabelo.
    A perda da cor nos cabelos é aceita como parte do processo de envelhecimento, mas especialistas afirmam que a compreensão de como o cabelo fica grisalho pode ajudar na descoberta de uma forma de prevenção.

    Como?
    Através análises, os cientistas descobriram que o acúmulo de peróxido de hidrogênio foi causado pela redução de uma enzima que “quebra” o peróxido de hidrogênio, que o transformaria em água e oxigênio.

    Quando?
    Matéria publicada em 04/03/2009

    Onde?
    Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL1027800-5603,00.html
    A pesquisa foi publicada na revista científica Faseb, da Federação das Sociedades Americanas para Biologia Experimental. Segundo o líder do estudo, Karin Schallreuter, os especialistas examinaram culturas de células de folículos capilares humanos.

    Por quê?
    “A descoberta é um grande avanço na compreensão da descoloração do cabelo e traz novas idéias para combater o problema”, disse Schallreuter.

  59. INFORMAÇÃO CIENTÍFICA
    O QUE?
    Neurônio artificial pode criar estrutura capaz de emular cérebro humano
    COMO?
    Um neurônio artificial projetado tridimensionalmente, como se fosse um transistor 3D, construído com peças nanoscópicas de carbono. Usando o projeto, os pesquisadores agora se preparam para construir o primeiro chip usando os seus “neurônios transistorizados” de carbono.

    QUANDO?
    Até o final deste semestre, afirma Dra. Parker, a pesquisa já contará com “vários neurônios sintéticos conversando entre si.” Usando o chip que será construído, os pesquisadores planejam testar a conexão entre os neurônios sintéticos e sua interconectividade, verificando o funcionamento de suas sinapses artificiais.

    ONDE?
    University of Southern Califórnia

    POR QUÊ?
    Os pesquisadores desejam responder uma questão fundamental: Será o homem capaz de construir um cérebro artificial, de dimensões razoáveis, capaz de apresentar um comportamento e aprender?

  60. Tecnológica:
    Título: Computador quântico já funciona.
    Disponível em: http://info.abril.com.br/aberto/infonews/022007/15022007-3.shl

    Informativa:
    Título: Concurso SAMUSA de Gaspar – SC
    Disponível em: http://www.agrobase.com.br/oportunidades/2008/02/concurso-samusa-de-gaspar-sc/

  61. 1. Científico:

    Título: Síntese da Relação da Tecnologia com o Ser Humano e a Sociedade
    Disponível em: http://www2.uel.br/revistas/informacao/include/getdoc.php?id=791&article=227&mode=pdf

    2. Empresarial:
    Ttítulo: Novell aposta em gerenciamento de ambientes híbridos e em netbooks
    Disponível em: http://computerworld.uol.com.br/negocios/999/12/31/novell-aposta-em-gerenciamento-de-ambientes-hibridos-e-em-netbooks/

    3. Tecnológica:
    Título: MIT cria técnica que permite recarga de baterias em poucos segundos
    Disponível em: http://computerworld.uol.com.br/tecnologia/2009/03/16/mit-cria-tecnica-que-permite-recarga-de-baterias-em-poucos-segundos/

    4. Informativa:
    Título: Esperar a bateria descarregar até o fim estica a sua vida útil?
    Disponível em: Revista Galileu, fevereiro 2009, Nº 211, pág: 37.

    5. Pessoal:
    Título: Fotolog.
    Disponível em: http://www.hlera.com.br/flogs/spyke/

  62. • Informação Empresarial
    A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento que vai substituir as tradicionais notas fiscais impressas e todas as empresas que disponibilizam sistemas ERP com emissão de notas fiscais deverá adequar seus sistemas com essa inovação.
    A NF-e implantada pela Secretaria Municipal de Finanças vai simplificar a vida dos prestadores de serviços e gerar créditos para seus clientes, os cidadãos e as empresas das cidades. O cliente (tomador de serviços) que pedir a emissão da NF-e poderá utilizar parte do ISS recolhido para abater até 50% do IPTU.
    Esse recurso esta sendo aplicado por categorias, sendo as maiores no pais por prioridade, tais como cigarros e bebidas, mas logo todas empresas deverão se adequar.

    Mais detalhes em http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/

  63. Informação Informativa;
    A google lançou uma página nova do Person Finder para que as vítimas do terremoto que atingiu a cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, possam manter contato com seus amigos e familiares. Esse site permite que se busque uma pessoa através de uma base de dados criada pelos usuários. Pelo site, é possivel deixar uma mensagem para alguem que ainda não foi encontrado, ou informações que ajudem a localizar a pessoa, bem como informações sobre si mesmo para tranquilizar conhecidos.
    Esse serviço foi criado em parceria com o governo dos EUA depois do terremoto do Haiti em 2010, e tambem já ajudou em outros desastres, como o terremoto do Chile e da China em fevereiro e abril respectivamente.
    Também fala que estão sendo desenvolvidos páginas com números de emergência, recursos e atualizações em tempo real, usando o twitter e o youtube.
    Vendo isso, imagino que num futuro próximo, as tecnologias e esses tipos de sites poderão ajudar a também prever estas catástrofes, avisando as pessoas de determinada área sobre o que pode vir a ocorrer e assim as prevenindo.

    Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI4959113-EI12884,00-Site+ajuda+a+localizar+vitimas+do+terremoto+na+Nova+Zelandia.html

  64. Tipo de Informação: Informativa.

    Australianos conseguem fazer teletransporte de dados

    Cientistas australianos conseguem fazer o teletransporte de um feixe de laser com dados codificados, que primeiro sumiram e depois reapareceram na forma de uma réplica exata a um metro de distância.
    Eles afirmam que futuramente será possível aplicar a técnica em objetos sólidos por distâncias maiores, mas que a técnica difícilmente poderá ser usada em seres vivos, uma vez que para realizar o teletransporte com a técnica usada por eles é presciso destruir o objeto num local e recontrui-lo totalmente em outro ponto.
    Por esse motivo, um ser humano provavelmente morreria ao efetuar um teletransporte com essa técnica.

    Fonte: http://www.fisica.net/teletransporte/noticia_australianos_conseguem_fazer_teletransporte_de_dados.pdf.

    Com isso, talvez, futuramente, poderemos fazer o envio de correspondecias ou outros objetos de forma imediata, usando esta técnica de teletransporte, automatizando assim o serviço de entrega dos correios por exemplo.

  65. Técnologia
    Autor: Thiago Felipe Dallagnoli

    A policia brasileira comecou a investir em tecnologia para combater o crime nas grandes cidades… das tecnologias foram apontadas 5 armas tecnologicas.
    Um dos sistemas tecnologicos que irao ser utilizados é o sistema ShoSpotterGunshot Location System (GLS), que será instalado entorno do estádio do Maracanã. O sistema irá identificar, através de captacao de audio, os disparos de armas de fogo quase de imediato, os sons serão enviados a uma central onde um algoritmo irá identificar se é som de disparo de arma de fogo a central de policia recebe as coordenadas do local. O sistema de captacao do som, segundo a empresa ShotSpoter, é de 25 metros.
    Tem a opcao de torpedos secretos, onde podem ser feito uma denuncia anonima por torpedos enviados a policia.
    A policia de São Paulo está terminando um software inteligente que varre os sites de redes sociais procurando crimes ou pedofilia não tenhma sidos denunciadas.
    Fonte: Revista Info – Exemplar de Janeiro 2011

    Bom, a tecnologia está ai muitas vezes para nos ajudar, finalmente estamos investindo a tecnologia para o lado bom da sociedade. Essas tecnologias irão ajudar muito a policia brasileira a solucionar os crimes e entao evitar muito trotes de pessoal mal intensionadas. Por exemplo em Blumenau, foi investido em cameras de vigilancia pelas principais ruas do centro da cidade, onde ajuda a evitar os pequenos furtos por exemplo de carteiras, de pessoas frageis saindo do banco com seus salarios entre outros.
    segue a fonte na internet: http://info.abril.com.br/noticias/blogs/geek-list/ciencia/5-armas-contra-o-crime/

  66. Informação Informativa

    A Oracle apoia o setor de educação com soluções líderes de mercado. Oferece ferramentas adaptadas às necessidades de pequenas, médias e grandes instituições, a escolas com várias filiais e cursos de educação a distância. Tem por objetivo transformar a educação por meio de conhecimento personalizado, desenvolvendo tecnologias que ajudem a aperfeiçoar o trabalho e o desempenho de professores e alunos, tal como da equipe administrativa, permitindo acesso fácil e confiável a informação. Uma dessas soluções é a Oracle PeopleSoft Enterprise Campus Solutions, que facilitam ao setor educacional consolidar a informação acadêmica e administrativa, automatizar processos de admissão e de matrícula. O Departamento de Educação e as dez universidades de pesquisa mais importantes dos Estados Unidos, bem como as 20 universidades mais renomadas do mundo obtém excelentes resultados ao utilizar estas soluções Oracle. Um case de sucesso é o da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL), Brasil. A universidade selecionou uma solução do PeopleSoft Enterprise Campus Solutions da Oracle, consolidando diversos sistemas de informação em uma única plataforma, o que acelerou os processos de admissão, matrícula e rematrícula. Melhorou também a segurança e a qualidade no registro de notas e no rendimento acadêmico. Além disso, elevou os níveis de satisfação com o serviço on-line para os alunos com atendimento 24 horas, sete dias por semana.

    Fonte: Oracle Press Release
    Nome: Alan Filipe Mattiollo

  67. Informação Tecnológica
    O que é: A informação tecnológica resume-se nos diferentes tipos de buscas que podem efetuar-se para obter conhecimento sobre tecnologias disponíveis[...].
    Para uma empresa moderna a informação tecnológica é indispensável, tanto como ferramenta para pesquisa e desenvolvimento de produtos, como servindo de subsídio ao planejamento estratégico da empresa.
    FONTE:http://www.patentnet.com.br/infotec_oquee.htm

    Exemplo de Informação Tecnologica:
    Apple renova linha MacBook Pro com última geração de chips Intel
    http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/02/apple-lanca-atualizacao-da-linha-macbook-pro.html

  68. A informação científica é o insumo básico para o desenvolvimento científico e tecnológico de uma nação. Trata-se de um processo contínuo em que a informação científica contribui para o desenvolvimento científico, e este, por sua vez, gera novos conteúdos realimentando todo o processo.

    No entanto, a comunidade científica enfrenta dificuldades no acesso à informação científica, se considerado o modelo tradicional de publicação científica. Tradicionalmente, os artigos ou trabalhos científicos são publicados em revistas especializadas, e a forma de acesso a esses trabalhos dá-se mediante assinatura das publicações pelas bibliotecas ou pelo pesquisador.

    Fonte: https://bvc.cgu.gov.br/manifesto.jsp

    Um exemplo de informação cientifica é a encontrada no link

    http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2011/02/nasa-captura-imagem-de-grande-erupcao-solar.html

    trata-se de uma notícia sobre erupções solares.

  69. Informação informativa

    A adaptação do livro “O Hobbit” de J.R.R. Tolkien, publicado em 1937, já tem data definida para o início das filmagens: 21 de março de 2011.

    O roteiro para o longa foi escrito por Peter Jackson, Fran Walsh, Philippa Boyens e Guillermo del Toro. A história se passa 60 antes da contada na série “O Senhor dos Anéis”, quando Bilbo Bolseiro, que será interpretado pelo ator Martin Freeman, juntamente com a companhia formada pelos 13 anões e o mago Gandalf (Ian McKellen), personagem já conhecido do público, partem em uma jornada para tentar recuperar os pertences dos anões, roubados pelo dragão Smaug.

    O governo neozelandês se comprometeu a aumentar os subsídios para a produtora Warner Bros, que pretende fazer as locações dos dois filmes de “O Hobbit” na Nova Zelândia, país onde também foram feitas as locações da bem sucedida triologia “O Senhor dos Anéis”.

    Os fãs do gênero devem aguardar a estréia do primeiro “O Hobbit” para dezembro de 2012, e o segundo em dezembro de 2013.

    Fonte: http://www.omelete.com.br/cinema/o-hobbit-anunciado-o-inicio-das-filmagens/

    http://cinema.terra.com.br/interna/0,,OI4757479-EI1176,00-Filme+O+Hobbit+sera+gravado+na+Nova+Zelandia.html

  70. Informação Pessoal:

    Os tipo de informação pessoal Portal Social, Blog´s, Twitter, Facebook, Orkut entre outros.

    Para que serve o tipo de informação social?
    Um exemplo seria “Para que serve o Orkut?”

    “Isso está em “sobre o Orkut” na própria página do Google.
    O orkut é uma comunidade on-line criada para tornar a sua vida social e a de seus amigos mais ativa e estimulante. A rede social do orkut pode ajudá-lo a manter contato com seus amigos atuais por meio de fotos e mensagens, e a conhecer mais pessoas.

    REALMENTE, MINHA VIDA SOCIAL ESTA MAIS ATIVA E ESTIMULANTE, O ORKUT TEM AJUDADO BASTANTE NISSO ME IMPEDINDO TEMPORARIAMENTE DE ME RELACIONAR COM OS AMIGOS.

    Com o orkut é fácil conhecer pessoas que tenham os mesmos hobbies e interesses que você, que estejam procurando um relacionamento afetivo ou contatos profissionais. Você também pode criar comunidades on-line ou participar de várias delas para discutir temas atuais, reencontrar antigos amigos da escola ou até mesmo trocar receitas favoritas.

    OUTRO PONTO QUE ESTÁ ME DEIXANDO SATISFEITO, ESTOU TENDO UMA FACILIDADE INCRIVEL DE CONHECER NOVAS PESSOAS COM MINHAS FUNÇÕES SUSPENSAS TEMPORARIAMENTE.

    Você decide com quem quer interagir. Antes de conhecer uma pessoa no orkut, você pode ler seu perfil e ver como ela está conectada a você através da rede de amigos.”

    fonte: http://www.google.com/support/forum/p/orkut/thread?tid=643d08c1947ccda2&hl=pt-BR

    A informação pessoal é um meio de manter um contato com outras pessoas através de dados personalizados de cada indivíduo.

  71. Informação Tecnológica

    Sobre a nova tecnologia Light Peak

    A nova interface de transferência de dados desenvolvida pela Intel já está disponível nos novos notebooks MacBook Pro de 2011. Atualmente conhecida como Thunderbolt, essa tecnologia já demonstrou que pode transferir um disco inteiro de Blu-Ray, que tem aproximadamente 25GB, em 30 segundos.

    “Intel’s Thunderbolt controllers interconnect a PC and other devices, transmitting and receiving packetized traffic for both PCIe and DisplayPort protocols. Thunderbolt technology works on data streams in both directions, at the same time, so users get the benefit of full bandwidth in both directions, over a single cable. With the two independent channels, a full 10 Gbps of bandwidth can be provided for the first device, as well as additional downstream devices.”

    Segundo a Intel, o Thunderbolt interconecta um PC e outros dispositivos, transmitindo e recebendo pacotes dos protocolos PCI-Express e DisplayPort.

    “Thunderbolt technology was specifically designed with professional audio and video applications in mind, where the inherently low latency and highly accurate time synchronization features play a crucial role.” [...]
    “Data transfers for backup, sharing, and editing are tremendously accelerated using Thunderbolt products, significantly reducing times to complete these tasks.”

    A velocidade de transmissão “é 20 vezes mais rápida do que a da USB 2.0”

    O Light Peak, consiste em cabos de fibra ótica, e não os costumeiros cabos de cobre (embora também funcione com cabos de cobre), o que viabiliza muito a alta velocidade de transferência, que segundo os pesquisadores da Intel poderá chegar a 100 Gigabits por segundo até a próxima década.

    Até pouco tempo atrás se falava no USB 3.0, que tem taxa de transferência de 5 Gigabits por segundo, que substituiria o USB 2.0. E em menos de um ano os pesquisadores conseguiram mais do que dobrar a velocidade de transferência de dados, o que mostra como cada vez mais o tempo é importante para nossas tarefas. Também cada vez mais temos mais e mais dados, que demandam de alta velocidade para serem transferidos ou gravados em algum lugar.

    “However, the USB protocol has a variety of problems when operating at high speeds. [...], so high that it seriously affects the maximum throughput. Even at USB 2.0′s 480 Mbit/s speeds, throughput only reaches 50% of the maximum, and often much lower. After USB 3.0′s protocol overhead, throughput is limited to a maximum of 3.2 Gbps.
    In comparison, Thunderbolt offers twice the peak speed and two independent buses. In theory, a single Thunderbolt port thus has four times the throughput of a USB 3.0 port. In practice, the lower latency, on the order of 8 ns even at the end of the chain, and very lightweight PCI Express protocol should offer performance much closer to the theoretical maximums.”

    O que teremos “muito em breve?”.

    Mais em:
    http://www.intel.com/technology/io/thunderbolt/index.htm
    http://en.wikipedia.org/wiki/Light_Peak
    http://www.gizmodo.com.br/conteudo/o-que-e-thunderbolt/

  72. Informação Tecnológica.
    Google vai à caça dos sites com conteúdo de baixa qualidade

    A noticia fala sobre uma grande alteração que a Google vai fazer no seu algoritmo de pesquisa, para que seja mais justo com sites com conteúdos verdadeiramente originais. Sendo que estes serão recompensados com melhores posições dentro do Google, enquanto sites com conteúdo ruim estão com os dias contados, pois perderão posições dos resultados de busca. E o melhor, é que com isto o Google vai valorizar pesquisas acadêmicas e análises mais profundas, o tipo de coisa que atualmente não tem destaque no Google.

    Fonte: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2011/02/google-vai-caca-dos-sites-com-conteudo-de-baixa-qualidade.html

  73. INPE inaugura novo supercomputador para estudos climáticos

    A Informação Tecnológica abaixo é extremamente importante para nossa região pois irá aumentar a qualidade das informações meteorológicas disponíveis, possibilitando uma informação mais detalhada e com maior grau de precisão.

    Com esse nível de resolução será possível prever que irá chover na Itoupava Central mas não no Garcia, por exemplo.

    “Para aprimorar a qualidade das previsões meteorológicas e o desenvolvimento de cenários climáticos futuros globais e regionais, foi inaugurado no dia 28 de dezembro de 2010 o novo supercomputador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).
    Batizado de Tupã, o supercomputador é um modelo XT6 da Cray capaz de realizar 258 trilhões de cálculos por segundo. Adquirido com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), o Tupã está entre os mais poderosos supercomputadores do mundo para previsão de tempo e estudos em mudanças climáticas.
    O supercomputador Tupã entrará em plena operação no início de 2011 e permitirá ao INPE gerar previsões de tempo mais confiáveis, com maior prazo de antecedência e de melhor qualidade, ampliando o nível de detalhamento para 5 km na América do Sul e 20 km para todo o globo. Será possível prever ainda eventos extremos com boa confiabilidade, como chuvas intensas, secas, geadas, ondas de calor, entre outros. As previsões ambientais e de qualidade do ar também serão beneficiadas, gerando prognósticos de maior resolução, de 15 quilômetros, com até seis dias de antecedência.
    A nova máquina também será fundamental para o desenvolvimento e implementação do Modelo Brasileiro do Sistema Climático Global, que incorporará todos os elementos do Sistema Terrestre (atmosfera, oceanos, criosfera, vegetação, ciclos biogeoquímicos, etc), suas interações e como este sistema está sendo perturbado por ações antropogênicas (por exemplo, emissões de gases de efeito estufa, mudanças na vegetação, urbanização, etc.). Este esforço envolve um grande número de pesquisadores do Brasil e do exterior, provenientes de diversas instituições, o que se constitui num projeto interdisciplinar de desenvolvimento de modelagem climática sem precedentes entre países em desenvolvimento.” [1]

    Os números do novo supercomputador [2]

    CPUs: 1280 nós, cada nó com 2 Opteron 12 núcleos de 2,1GHz, cada nó com velocidade máxima de 201,6 GFlop/s, 32 GB de memória e rede SeaStar2, totalizando 30720 cores
    Desempenho Máximo: 258 TFlop/s
    Efetivo: 205 TFlop/s no Linpack
    Disco primário: Sistema de arquivos com 866 TB líquidos, acessíveis à 320 Gbs
    Armazenamento Secundário: 3,84 Petabytes (PB) em discos SATA, biblioteca de fitas com 8.000 slots com 8.000 fitas LTO4, 6 PB de fitas

    Fontes da notícia:
    1) http://www.inpe.br/noticias/noticia.php?Cod_Noticia=2403
    2) http://www.cptec.inpe.br/supercomputador/

  74. Tipo de informação: Informação Tecnológica

    Notícia: Kinect é hackeado nos Estados Unidos
    Fonte: INFO Online em 08/11/2010
    http://info.abril.com.br/noticias/seguranca/kinect-e-hackeado-nos-estados-unidos-08112010-29.shl

    Comentario: O Kinect é um equipamento tecnologicamente avançado na parte de sensores. A abertura de código para que fabricantes de software possam usufruir do hardware pode trazer grande evolução para o setor tecnológico. Consigo imaginar em um futuro próximo, robôs com sensores “Kinect” sendo manipulados por humanos (estilo “Avatar”) para “missões críticas” do dia-a-dia (como por exemplo cortar a grama). Em uma geração “multi-tarefa”, onde nós e nossos filhos, executam varias tarefas paralelas de um mesmo ponto (pc, celular, tablet) em qualquer lugar com um ponto de acesso, acredito que a abertura do código de um hardware/software tão poderoso pode trazer muitos beneficios.

  75. Informação Tecnológica

    Sobre a nova tecnologia Light Peak

    A nova interface de transferência de dados desenvolvida pela Intel já está disponível nos novos notebooks MacBook Pro de 2011. Atualmente conhecida como Thunderbolt, essa tecnologia já demonstrou que pode transferir um disco inteiro de Blu-Ray, que tem aproximadamente 25GB, em 30 segundos.

    “Intel’s Thunderbolt controllers interconnect a PC and other devices, transmitting and receiving packetized traffic for both PCIe and DisplayPort protocols. Thunderbolt technology works on data streams in both directions, at the same time, so users get the benefit of full bandwidth in both directions, over a single cable. With the two independent channels, a full 10 Gbps of bandwidth can be provided for the first device, as well as additional downstream devices.”

    Segundo a Intel, o Thunderbolt interconecta um PC e outros dispositivos, transmitindo e recebendo pacotes dos protocolos PCI-Express e DisplayPort.

    “Thunderbolt technology was specifically designed with professional audio and video applications in mind, where the inherently low latency and highly accurate time synchronization features play a crucial role.” [...]
    “Data transfers for backup, sharing, and editing are tremendously accelerated using Thunderbolt products, significantly reducing times to complete these tasks.”

    A velocidade de transmissão “é 20 vezes mais rápida do que a da USB 2.0”

    O Light Peak, consiste em cabos de fibra ótica, e não os costumeiros cabos de cobre (embora também funcione com cabos de cobre), o que viabiliza muito a alta velocidade de transferência, que segundo os pesquisadores da Intel poderá chegar a 100 Gigabits por segundo até a próxima década.

    Até pouco tempo atrás se falava no USB 3.0, que tem taxa de transferência de 5 Gigabits por segundo, que substituiria o USB 2.0. E em menos de um ano os pesquisadores conseguiram mais do que dobrar a velocidade de transferência de dados, o que mostra como cada vez mais o tempo é importante para nossas tarefas. Também cada vez mais temos mais e mais dados, que demandam de alta velocidade para serem transferidos ou gravados em algum lugar.

    “However, the USB protocol has a variety of problems when operating at high speeds. [...], so high that it seriously affects the maximum throughput. Even at USB 2.0′s 480 Mbit/s speeds, throughput only reaches 50% of the maximum, and often much lower. After USB 3.0′s protocol overhead, throughput is limited to a maximum of 3.2 Gbps.
    In comparison, Thunderbolt offers twice the peak speed and two independent buses. In theory, a single Thunderbolt port thus has four times the throughput of a USB 3.0 port. In practice, the lower latency, on the order of 8 ns even at the end of the chain, and very lightweight PCI Express protocol should offer performance much closer to the theoretical maximums.”

    Mais em:
    http://www.intel.com/technology/io/thunderbolt/index.htm
    http://en.wikipedia.org/wiki/Light_Peak
    http://www.gizmodo.com.br/conteudo/o-que-e-thunderbolt/

  76. A Hewlett-Packard e a Nokia lançaram esta semana um sistema de documentos eletrônicos que possui uma caneta que é capaz de armazenar o que o usuário escreve no papel e transferir o conteúdo sem fio para celulares e computadores. O dispositivo tem memória para guardar até 100 páginas do tamanho de blocos de anotação. A caneta faz parte do Sistema de Automação de Formulários da HP, tecnologia criada para eliminar a tarefa de digitalização de documentos, como pedidos de produtos ou prontuários médicos, que precisavam passar por um scaner ou ter os dados redigitados do papel no computador, afirmaram as empresas em comunicado à imprensa. Outro uso é escrever emails no papel e enviá-los aos destinatários via conexão sem fio com o celular.

    Segundo a HP, o sistema reduz de 5 a 6 vezes os custos de transações de formulários em relação ao custo médio de 1,23 dólar.

    A caneta, Nokia Digital Pen, tem tecnologia de transmissão de dados Bluetooth, que pode enviar as anotações para o servidor da empresa ou para o celular de um funcionário sem necessidade de cabos.
    Com esta inovação pode-se ter uma idéia do que já se está conseguindo fazer com as câmeras com dimensões muito pequenas. Quem sabe num futuro próximo possamos utilizá-las para reconhecimento de objetos e pessoas no meio de uma multidão por exemplo, para que se possa identificar um fugitivo ou uma bomba.

    Fonte: Yahoonews – http://www.forumpcs.com.br/comunidade/viewtopic.php?t=102751

  77. 1) Tipo: Informativa

    2a)Google donates to Mandela archive:

    Google is to donate $1.25m (£770,000) to a project that aims to create an archive of Nelson Mandela’s life.

    The Nelson Mandela Foundation Centre of Memory is digitising photographs, letters and other documents relating to the former South African president.

    2b) Google irá doar 1.25 milhões de dólares a fundação Mandela, com objetivo de auxiliar na digitalização e disponibilização de fotos, cartas e outros documentos relacionados a vida do ex-presidente da África. O Google não só irá contribuir financeiramente como também com know-how adquirido nos últimos anos em digitalização de documentos em projetos como “Google Books”.

    2c) Acredito que no futuro ações como essa se tornarão muito mais frequentes e fáceis de encontrar. A informação não irá mais respeitar fronteiras.

    3) Fonte: http://www.bbc.co.uk/news/technology-12685717

  78. Informação Tecnologica

    A China esta desenvolvendo um projeto de um super computador com capacidade de processamento de um quatrilhão de operações por segundo.
    O supercomputador chamado de “Dawning 6000” não é tão rápido quanto o Tianhe-1ª (o supercomputador mais rápido da China e do mundo) mas é todo feito com tecnologia chinesa.

    Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/ti/china-constroi-supercomputador-com-chip-proprio-07032011-33.shl

  79. Informação Informativa;
    A google lançou uma página nova do Person Finder para que as vítimas do terremoto que atingiu a cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, possam manter contato com seus amigos e familiares. Esse site permite que se busque uma pessoa através de uma base de dados criada pelos usuários. Pelo site, é possivel deixar uma mensagem para alguem que ainda não foi encontrado, ou informações que ajudem a localizar a pessoa, bem como informações sobre si mesmo para tranquilizar conhecidos.
    Esse serviço foi criado em parceria com o governo dos EUA depois do terremoto do Haiti em 2010, e tambem já ajudou em outros desastres, como o terremoto do Chile e da China em fevereiro e abril respectivamente.
    Também fala que estão sendo desenvolvidos páginas com números de emergência, recursos e atualizações em tempo real, usando o twitter e o youtube.
    Vendo isso, imagino que num futuro próximo, as tecnologias e esses tipos de sites poderão ajudar a também prever estas catástrofes, avisando as pessoas de determinada área sobre o que pode vir a ocorrer e assim as prevenindo.

    Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI4959113-EI12884,00-Site+ajuda+a+localizar+vitimas+do+terremoto+na+Nova+Zelandia.html

  80. A informação científica é considerada o motor para o desenvolvimento científico
    e tecnológico de uma nação. Dessa forma, a informação científica gera novos métodos e processos
    que acabam desenvolvendo a tecnologia, e essa tecnologia acaba gerando novos conteúdos para a
    informação científica.
    O problema é que é difícil o acesso a informação científica, pois hoje em dia esse
    acesso se dá através da assinatura de revistas pelo próprio pesquisador ou pelas bibliotecas que disponibilizam
    esse tipo de informação.

    fonte: http://kuramoto.files.wordpress.com/2008/09/manifesto-sobre-o-acesso-livre-a-informacao-cientifica.pdf

    Exemplo de informação científica:
    http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI4977672-EI301,00-Cientistas+contestam+descoberta+de+bacterias+extraterrestres.html

  81. Atráves da informação tecnologica pode-se obter o conhecimento sobre novas tecnologias disponíveis, ela é indispensável para quem quer ser manter atualizado com o que surge de mais novo.

    http://www.patentnet.com.br/infotec_oquee.htm

    Informação Tecnologica:
    http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/03/empresa-sueca-revela-notebook-controlado-pelos-olhos.html

    Em relação a noticia acima, no FUTURO, eu acredito, que o mouse e o teclado não serão mais tão usados nos computadores. Tudo será acionado atráves de comandos de voz e outras formas de comunicação.

  82. Em relação a A I.A. é inteligência como computação, tenta simular o pensamento dos peritos e os nossos fenômenos cognitivos.

    Nessa notícia a IA controla a suspensão sistemas de navegação e freios, e os ensina a adaptar reações às curvas, aos buracos e a outros obstáculos .
    Isso era para o futuro, só que já está acontecendo, numa velocidade muita rápida . estamos numa era que daqui a pouco estaremos andando com robôs na rua.

    http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL53105-6174,00.html

  83. Informação Pessoa: http://www.facebook.com/afburger
    Tipo de Informação: Informação Tecnológica

    Google App Inventor:
    Fonte: http://www.tecmundo.com.br/11458-google-app-inventor-o-criador-de-apps-para-android-para-quem-nao-sabe-programar.htm

    O Google App Inventor é uma maneira fácil e intuitiva para o desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis que utilizam a plataforma Android.
    Assim como traz uma nova forma de desenvolvimento, onde pode-se montar o código fonte através de um “quebra-cabeça”, o que torna isso uma informação tecnológica, já que devemos estar em constante atualização.

  84. Informação científica:

    Cientistas da Nasa descobriram que o tsunami que atingiu o Japão em 11 de Março causou a ruptura de iceberg na Antártida.
    A ruptura ocorreu 18 horas após o cismo.

    Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/956736-tsunami-no-japao-causou-ruptura-de-iceberg-na-antartida.shtml

    Informação pessoal: http://twitter.com/ljfaggiani

  85. Tipo de Informação: Tecnologica

    Acredito que empresas de tecnologias serão obrigadas a projetarem o futuro das pessoas para identificar as suas necessidades.

    Tento as idéias, as empresas investirão nas tecnologias, oferencendo produtos com alta tecnologia e qualidade.
    Terá a concorrência das empresas para buscarem sempre algo mais futurístico e barato para as pessoas.

    Cada vez mais estamos chegando perto das funcionalidades que eram utilizadas em filmes futurísticos.

    Exemplo para a matéria: Star Wars, Eu, Robo, as mensagens e conversar holográficas.

    info: http://visionwiz.net/2010/12/ibms-top5-prediction-have-you-heard-about-3d-telepresence/

  86. Informação informativa

    Após divulgar em seu twitter, Eike Batista anuncia aumento de 8,5% a todos os funcionários das companias X. Segundo Eike, equipes de grande desempenho e devem ser recompensadas.
    Eike também demonstrar não estar preocupado com a onda de pânico que está acontecendo nas bolsas de valores de todo o mundo, pois segundo ele, as companhias X possuem 10bilhões de dólares em caixa, e que suas empresas estão “blindadas” contra esta onda, pois apesar de ter perdido dinheiro com as quedas ainda não efetuou nenhuma venda.

    Fonte: http://exame.abril.com.br/negocios/gestao/noticias/eike-da-aumento-de-8-5-a-funcionarios-em-meio-ao-panico-das-bolsas

  87. O Bing, novo lançamento da microsoft promete concorrer com a atual google referindo-se a sites de buscas.Além do que o google oferece o Bing nos resultados obtidos nas pesquisas terá opções de compras(com comparativo de preços) e viagens. Outro resultados interessantes será quando procurado “shopping” encontrará opiniões de usuários e análises feitas.

    http://www.tecnomundo.com.br/index.php?/Web/bing-chegou-para-concorrer-com-o-google.html

  88. Tipo de informação: Tecnologica

    Após o lançamento do novo sistema operacional da Apple, o OS X Lion, muitos usuários ficaram com um pé atras para fazer o upgrade para o mesmo, pois o S.O é disponibilizado restritamente pela App Store (loja de vendas de aplicativos para o sistema da maçã). Com isso os usuários não tem nenhuma mídia em caso de sinistro do equipamento. Pensando nisso a gigante de Cupertino lançou essa semana o “Lion recovery disk”, um aplicativo para criar drives de recuperação a partir de HD externo ou pendrive.

    Fonte: http://macmagazine.com.br/2011/08/08/apple-lanca-o-lion-recovery-disk-assistant-um-app-para-criar-drives-de-recuperacao-externos/#leitura

    Autor: Arnon Dimitrius Fumagalli

  89. Maior tela touchscreen do mundo tem 82 polegadas.

    A nova inovação da Perceptive Pixel é um display touchscreen de 82 polegadas.
    O aparelho já considerado o maior do mundo e é direcionado para uso empresarial. O mesmo possue suporte a multitoques e é feito a partir da tecnologia capacitiva.
    Essa mesma tecnologia é utilizada pela Apple.

    http://www.tecmundo.com.br/12307-maior-tela-touchscreen-do-mundo-tem-82-polegadas.htm

  90. Tipo de Informação Tecnológica

    Olap é uma forma de analisar grandes volumes de dados de diferentes formas. Colocar
    os dados em um banco de dados sempre foi muito mais fácil do que retira-los, dessa
    forma o olap veio para simplificar o acesso aos dados para o usuário. Auxilia
    os gestores de uma empresa a fazer as tomadas de decisões. Com ele se pode fazer
    vários comparativos com maior flexibilidade e perfomance.

    Fonte: http://tign.wordpress.com/novas-tecnologias-da-informacao/tipos-de-informacao/

  91. Computação nas Nuvens(Cloud Computing)

    A denominação Cloud Computing chegou aos ouvidos de muita gente em 2008, mas tudo indica que ouviremos esse termo ainda por um bom tempo. Também conhecido no Brasil como Computação nas Nuvens ou Computação em Nuvem, Cloud Computing se refere, essencialmente, à ideia de utilizarmos, em qualquer lugar e independente de plataforma, as mais variadas aplicações por meio da internet com a mesma facilidade de tê-las instaladas em nossos próprios computadores. Neste artigo de introdução à Cloud Computing, você entenderá melhor este conceito.

    Isto é algo inovador e que é uma realidade nos nossos cotidianos. Ninguém mais quer esperar chegar em casa ou no trabalho para consultar uma informação, o dinamismo é algo que esta tecnologia propoe, não sabemos onde o dado está, contudo apenas queremos acessa-lo de diferentes dispositivos.

    Exemplos:
    -O Google Docs consite em um compartilhador de documentos que pode ser acessado por qualquer um dos membros e pode ser editado e acompanhado pelos mesmos.

    -Platform as a Service (PaaS): Plataforma como Serviço. Trata-se de um tipo de solução mais amplo para determinadas aplicações, incluindo todos (ou quase todos) os recursos necessários à operação, como armazenamento, banco de dados, escalabilidade (aumento automático da capacidade de armazenamento ou processamento), suporte a linguagens de programação, segurança e assim por diante;

    - Database as a Service (DaaS): Banco de Dados com Serviço. O nome já deixa claro que esta modalidade é direcionada ao fornecimento de serviços para armazenamento e acesso de volumes de dados. A vantagem aqui é que o detentor da aplicação conta com maior flexibilidade para expandir o banco de dados, compartilhar as informações com outros sistemas, facilitar o acesso remoto por usuários autorizados, entre outros;

    - Infrastructure as a Service (IaaS): Infraestrutura como Serviço. Parecido com o conceito de PaaS, mas aqui o foco é a estrutura de hardware ou de máquinas virtuais, com o usuário tendo inclusive acesso a recursos do sistema operacional;

    - Testing as a Service (TaaS): Ensaio como Serviço. Oferece um ambiente apropriado para que o usuário possa testar aplicações e sistemas de maneira remota, simulando o comportamento destes em nível de execução

    Fonte: http://www.infowester.com/cloudcomputing.php

  92. Informação Informativa:

    Pela primeira vez em seus 35 anos de história, a Apple chegou a ocupar o posto de maior empresa do mundo em capitalização de mercado. Por volta das 13h23 (no horário de Nova York, 14h23 de Brasília) desta terça-feira (09/08/2011), o valor total das ações da fabricante de dispositivos móveis e computadores chegou a US$ 341 bilhões, superando o valor da companhia petrolífera Exxon Mobil.
    Com o lançamento do iphone e do ipad, a apple disparou no mercado mundial. Ela está se tornando líder as empresas tecnológicas, ultrapassando a Microsoft e enfrentando a forte concorrência da Google, no quesito de sistemas operacionais para dispositivos móveis.

    Fonte: http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2011/08/apple-chega-ser-maior-do-mundo-pela-1-vez-mas-fecha-atras-da-exxon.html

    Informação Pessoal: http://pt-br.facebook.com/people/Thalysom-Ricardo/100000019359810

    Thalysom R. F. Hafemann

  93. Foi criado um aparelho que cria imagens em 3D atraves de um gel tão sensível que é capas de reconhecer superfícies de diversos tipos. O gel é tão sencível que é capas de reconhecer as linhas da pele do corpo humano. Tal gel foi denominado de GelSight ou “Super Gel do MIT” por ter sido desenvolvido pelo Massachusetts Institute of Technology.
    O aparelho capta as imagens dos objetos precionados no gel atraves de cameras instaladas dentro do aparelho.
    Especialistas acreditam que o aparelho poderá ser utilizado para análise de impressões digitais, partículas e até mesmo análises balisticas. E acreditam ainda nos benefícios para a medicina, no auxilio da identificação de tumores.

    Informação científica
    Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/super-gel-do-mit-reconhece-superficies-09082011-46.shl

  94. Informação informativa:

    O uso de tablets no ambiente corporativo tem sido lendo devido as varias dificuldades encontradas, tais como suporte a formatos de arquivo, segurança e adaptabilidade ao ambiente corporativo. Além desta tecnologia não substituir completamente o uso de um PC.

    Fonte: http://cio.uol.com.br/tecnologia/2011/07/27/uso-corporativo-de-tablets-cresce-lentamente/

    Informação pessoal: http://twitter.com/#!/dietherh

  95. Tipo: Informativo

    A Benner Sistemas lança BI para transportadoras.

    A ferramenta desenvolvida pela Benner permite gerar relatórios como de análises e estatísticas de custos com manutenção, combustível e pneus, análises e estatísticas sobre custo de fretes, avaliando impostos, combustível, peças, comissões, pedágios, coleta/entrega, seguros, análises de preço e custo médio de frete por cidade, região, origem ou destino; e análises de resultados e margem de contribuição por filial, motorista, veículo, cliente, destino, etc.
    Esta solução de BI auxilia as empresas de transportes nas tomadas de decisões em seus negócios.
    Outra solução de software é a ferramenta de emissão de Conhecimento de Transportes Eletrônico de Cargas (CT-e), é um documento de cargas embarcadas que substitui o antigo Conhecimento de Transportes (CTRC), que atende o emitente, remetente, destinatário, expedidor, recebedor e o tomador de serviço.

    FONTE: http://www.benner.com.br/novosite/web/noticia.asp?catid=336&idconteudo=1346

    Informação Pessoal

    http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=772520720734444068

  96. Informação ciêntifica

    Semestre: 2010-I
    Acadêmico(a): Anderson Zoz
    Título: Validador de Transações Financeiras e Gerenciador Financeiro para Dispositivos Móveis

    O trabalho mostra um estudo sobre recusos similares ao cartão magnético, porém com a inovação de serem usados dispositivos móveis.

    http://campeche.inf.furb.br/tccs/2010-I/TCC2010-1-02-VF-AndersonZoz.pdf

    Informação informativa
    Uma pesquisa realizada pela CETIC mostrou que 81% das escolas públlicas brasileiras possuem laboratórios de informática. A pesquisa mostrou que dessas escolas, apenas 4% disponibilizam o acesso ao computador na sala de aula.
    http://news.google.com.br/news/url?sa=t&ct2=pt-BR_br%2F0_0_s_2_0_t&ct3=MAA4AEgCUABgAWoIcHQtQlJfYnJ6AXQ&usg=AFQjCNGtubP3KWPc9pRTOPMsxP4LtiPACA&did=253dde99facb0efe&sig2=nVGuV-CWvaUyR5NW11kYfQ&cid=8797454311434&ei=_NBBTpCYEtLtggeHjpfxAg&rt=SECTION&vm=STANDARD&url=http%3A%2F%2Fnoticias.terra.com.br%2Feducacao%2Fnoticias%2F0%2C%2COI5288635-EI8266%2C00-Estudo%2Bdas%2Bescolas%2Bdo%2BPais%2Btem%2Bcomputador%2Bna%2Bsala%2Bde%2Baula.html

    Informação tecnológica
    A empresa toshiba lançou o primeiro notebook com tela 3D que dispensa óculos especiais. O notebook tem cerca de 16 polegadas e é capaz de exibir duas imagens simultâneas, criando o efeito de 3 dimensões.
    http://www.techtudo.com.br/lancamentos/noticia/2011/08/toshiba-qosmio-f755-3d-e-o-primeiro-notebook-com-tela-3d-que-dispensa-oculos-especiais.html

    Informação empresarial
    A Senior venceu o e-Learning Brasil 2010 na categoria Corporativo Gold com o projeto de reestruturação da área de treinamentos técnicos da empresa.
    O prêmio foi recebido em decorrencia da criação da GCS (Gestão de Conhecimento Sneior), que procura alterantivas para capacitar colaboradores, canais e clientes não se limitando apenas a treinamento presenciais.

    Fonte: http://www.senior.com.br/senior-conquista-o-premio-e-learning-brasil/

    Informação pessoal
    Mayara Barbieri da Silva
    http://pt-br.facebook.com/people/Mayara-Barbieri/100002185583244

  97. A Microsoft, empresa que iniciou suas atividades na década de 80, vem atuando em diversas pontas da área computacional. O sistema operacional mais utilizado do mundo é desenvolvido pela Microsft, o popular Windows, que em sua mais recente versão, o Windows 7, já alcançou o patamar de 400 milhões de cópias vendidas, desde o segundo semestre de 2009. Atualmente, a empresa está presente em mais de 100 países, com uma média 90,4 mil empregados, e uma receita de US$ 69,94 bilhões.

    http://www.tecmundo.com.br/12023-microsoft-gigante-tambem-em-numeros-infografico-.htm

  98. Memristor

    Com o limite da memória deve ser atingido em breve, pesquisadores já vêm pesquisando uma nova tecnologia para substituir a memória RAM, o memristor (junção de resistores e memórias em um só componente) seria um solução, em 2006 a HP deu o primeiro passo no seu desenvolvimento, com a ajuda de uma universidade americana eles vem tentando introduzir esse elemento tecnológico para substituir as atuais memórias RAM.

    Ainda não há previsão para o lançamento do memristor, pois o desenvolvimento também depende do interesse de outras empresas.

    Fonte:http://www.tecmundo.com.br/11873-5-tecnologias-que-vao-revolucionar-o-computador.htm

  99. Robôs que Conseguem Aprender e Pensar

    Um grupo de pesquisas de Tóquio desenvolveu um robô capaz de aprender e pensar por si mesmos.
    Com isso grandes empresas passaram a substituir pessoas por estes robôs, como por exemplo a Foxconn.
    O grupo conseguiu desenvolver uma especie de rede neural, que se a semelha a mente humana, isso se chama SOINN (Self-Organizing Network Neural Incremental), com isso o robo consegue aprender, entende suas limitações e consegue desenvolver o soluções para os problemas.
    Caso o SOINN não consiga executar uma tarefa, atravez da internet, ele se conecta a outros robos solicitando ajuda para tal tarefa.
    Segundo o grupo o robo não exige um hardware poderoso, o que facilita na sua fabricação e talvez o seu custo será menor. E não tem uma data certa para a comercialização.

    link: http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2011/08/robos-que-conseguem-aprender-e-pensar-por-si-mesmos.html

  100. Informação Empresarial
    Business Intelligence se resume a inteligencia Empresarial.
    gerenciando os negocios onde mostra as melhores informações,
    sendo elas as mais atuais para resolver o problema do
    negócio. Sendo assim Bi toma as melhores decisoes oferecendo
    um melhor suporte para o problema

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Intelig%C3%AAncia_empresarial#Tecnologia_de_BI

  101. tipo de informação escolhida = tecnológica
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Information_Technology_Infrastructure_Library

    ITIL
    Information Technology Infrastructure Library (ITIL) é um conjunto de boas práticas a serem aplicadas na infraestrutura, operação e manutenção de serviços de tecnologia da informação (TI). Apesar de um gerenciamento apropriado e de alto nível, juntamente com um banco de informações, o ITIL se encaixa em informação tecnológica por ser aplicável como serviço nas empresas aonde principalmente o setor de TI se encontra fora de um padrão. Mesmo em outros setores, mas aonde tenha tecnologia, o ITIL pode ser utilizado visando a otimização com a organização.
    Em outras palavras, o ITIL é um conjunto de aplicações e práticas que buscam um padrão de qualidade em tecnologia da informação.
    Novo no mercado, o ITIL já está tomando seu lugar dispertando o interesse das empresas e de quem procura uma especialização na área.

  102. Windows 7 rodará em 42% dos PCs do mundo em 2011

    Segundo recentes pesquisas da Garther divulgadas nesta terça(09/08/2011) o windows 7 estará representando, cerca de 42% do PCs do mundo, até final de 2011. A previsão é que 94% dos PCs entregues em 2011 venham com o Sistema Operacional(OS) da Microsoft, isto é cerca de 635 milhôes de novos PCs devem ser entregues com o Windows 7.
    Muitas empresas vinham se preparando para implantar este OS em período de 12 a 18 meses, e agora aceleram este processo.
    Os computadores com Mac Os sistema operacional da Apple tem apresentado um crecimento nos ultimos 12 meses, chegando a representar cerca de 4% dos PCs entregues em todo o mundo em 2010, tendo previsão de chegar a 4,5% em 2011 e 5,2% em 2015.
    O Linux OS deverá permanecer no seu mesmo nicho durante os próximos 5 anos, com uma participação abaixo de 2%.
    Alem disso, o Gartner não preve que os sistemas Chrome OS, Android ou webOS consigam uma cota significativa em PCs nos próximos anos.

    Reportagem completa em http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5287254-EI15607,00-Gartner+Windows+rodara+em+dos+PCs+do+mundo+em.html

  103. Com a nova lei federal consedeu as liberações as teles a comercializar TV por assinatura no Brasil. GVT comprou um satele de esta sendo deslocado da
    Africa para America Latina aonde hoje não existe disponibilidade para comportar mais uma operador. Técnologia adota pela GVT ser IPTV e DTH hoje com as
    altas velocidade comercializadas pela operadora o projeto IPTV irá alavanar no pais.

  104. Informação Tecnológica

    A Amazon lançou o Kindle Cloud Reader, que permitirá a leitura dos livros eletrônicos através de um navegador, utilizando a computação nas nuvens. O aplicativo permitirá a visualiação dos livros sem a necessidade de download, e também permitirá o acesso off-line.

    Link: http://tecnologia.terra.com.br/computacao-em-nuvem/noticias/0,,OI5289734-EI18196,00-Amazon+lanca+aplicativo+que+permite+ler+livros+na+nuvem.html

  105. Ronaldo Rother, 15-08-2011 – Informação Tecnológica

    Motorola Mobility é Adquirida pela Google por US$ 12,5bi

    O mercado da telefonia móvel está mudando. Mais do que uma obviedade, este é um fato importante e uma oportunidade de negócios para muitos profissionais. Principalmente para nós, desenvolvedores de software. A tendência dos computadores pessoais terem suas características refletidas nos dispositivos móveis está se consolidando num novo mercado, dinâmico e de rápida evolução, com investimentos pesados de gigantes multinacionais. A Motorola, uma das pioneiras no mercado dos telefones móveis, acaba de ser absorvida pela Google, que apenas recentemente (2005) iniciou sua empreitada com a plataforma Android, rapidamente posicionando-se como líder do mercado e concorrendo diretamente com o iOS (Apple), por conta de decisões estratégicas muito bem elaboradas pela companhia.
    No concorrência Google vs. Apple, a plataforma Android conseguiu o páreo preenchendo as lacunas que o iOS deixou, provendo uma plataforma livre para qualquer fabricante (o que reflete no preço final) e com um mercado de aplicativos propulsionado pela força de uma plataforma de software de alto nível (a Dalvik VM) e uma linguagem de programação que está plenamente difundida (Java).
    Embora seja o esperado, a evolução do mercado da mobilidade é uma implacável e entusiasmante fonte de oportunidades. Podemos esperar muito deste mercado, afinal, 12bi é uma soma com a qual nem mesmo uma gigante se atreveria a brincar.

    Informação Pessoal:
    http://twitter.com/@ronaldorother
    https://www.facebook.com/ronother

    Referência:
    Threatpost:
    http://threatpost.com/en_us/blogs/google-acquires-device-maker-motorola-mobility-125b-081511

  106. Informação tecnológica
    http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=satelite-gari-limpar-lixo-espacial&id=010130110809

    Um grupo de cientistas propôs uma solução para o acúmulo de lixo na órbita da terra, lixo este que já chega a mais de 17 mil objetos com tamanho maior do que 10 centímetros. A idéia envolve o lançamento de um satélite que se acoplaria aos objetos e os equiparia com um motor propulsor, que por sua vez, conduziria o objeto em direção à atmosfera da terra, onde ele ele se desintegraria. A preocupação com o lixo não é só em função de ele poder prejudicar satélites em atividade ou até a própria estação espacial, mas também há o temor de uma reação em cadeia, onde objetos se chocam e acabam gerando mais detritos.

  107. Toyota cria bateria recarregável duas vezes mais eficiente

    Magnésio e enxofre

    Cientistas do Instituto de Pesquisas da Toyota, nos Estados Unidos, anunciaram a criação da primeira bateria recarregável contendo um anodo de magnésio e um catodo de enxofre.

    Este é um objetivo longamente perseguido por todos os pesquisadores de baterias porque a combinação magnésio/enxofre é largamente mais eficiente do que as baterias de íons de lítio, as melhores atualmente disponíveis.

    Além disso, essas baterias combinam alta capacidade de carga com um pequeno volume.

    Para comparação, os anodos das baterias de íons de lítio atuais são feitos de carbono, apresentando uma capacidade volumétrica de 777 mAh cm-3. As alternativas atualmente pesquisadas incluem a fabricação de anodos de sódio, cálcio e magnésio, que apresentam densidades de 1.128, 2.073 e 3.832 mAh cm-3, respectivamente.

    Eletrólito

    O magnésio metálico é um anodo ideal para uma bateria recarregável devido à sua elevada densidade energética por volume, além de ser um metal relativamente barato.

    E o enxofre é um catodo ideal para um anodo de magnésio – juntos, os dois alcançam uma densidade de energia duas vezes maior do que as baterias de íons de lítio.

    O grande problema é que a química tanto do magnésio como do enxofre são incompatíveis com praticamente todos os eletrólitos conhecidos, sobretudo os mais viáveis em termos técnicos e econômicos – esses eletrólitos são nucleofílicos, o que causa uma rápida degradação do catodo de enxofre.

    É isto que os engenheiros da Toyota anunciaram ter descoberto: um eletrólito que funciona bem tanto com o magnésio quanto com o enxofre, um eletrólito não-nucleofílico, evitando a degradação do catodo.

    Recarregamento e vida útil

    Mas ainda é cedo para falar em um Toyota Prius com baterias duplamente eficientes.

    Agora que conseguiram fazer a bateria recarregável de magnésio/enxofre funcionar, os engenheiros vão precisar otimizá-la: o tempo necessário para seu recarregamento ainda é longo.

    Outro problema técnico envolve uma reação que causa a dissolução do catodo no eletrólito, retardando o processo de descarga e reduzindo a vida útil da bateria.

    Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=toyota-bateria-recarregavel-magnesio-enxofre&id=010115110812

  108. Informação Tecnológica

    O Razer Naga é o último lançamento em mouses para jogos Massively Multiplayer Online Gaming (MMOG), que tem o objetivo de gerar equilíbrio entre o uso do teclado e o mouse.

    http://bestmouseforgaming.net/razer-naga-review

  109. Informativa:

    A informação relata a expansão da Universidade Federal De Santa Catarina no vale do Itajái, sendo possível uma parceria entre FURB e UFSC, mas sem definição dos meios.

    http://www.clicrbs.com.br/especial/sc/jsc/19,6,3450669,Furb-pode-ser-incorporada-ao-novo-campus-da-UFSC.html

    Pessoal:
    http://www.facebook.com/?react=AQDCvxAPDqUbaCZr

  110. Informação Tecnologica:

    http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5321746-EI12884,00-Hackers+roubam+mil+senhas+do+Hotmail+no+Brasil+em+dias.html

    Quanto à informação passada, é evidente que devemos utilizar senhas complexas para evitar este tipo de problema

  111. http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2011/08/programa-de-realidade-aumentada-promete-te-deixar-mais-bonito.html
    Este software cria um modelo em 3D da face do usuário e traça características onde ele pode melhorar, como a boca ou o nariz, e distorce a imagem real, tornando as partes do corpo maiores ou menores.

  112. Tipos – INFORMAÇÃO

    *TECNOLÓGICA (Krypton: o laser que pode cegar satélites)
    Com um alcance de 100 quilômetros, esse laser é poderoso o suficiente para cegar sensores de satélites em órbita e queimar objetos pretos.
    http://www.tecmundo.com.br/laser/13063-krypton-o-laser-que-pode-cegar-satelites.htm

    *CIENTÍFICOS (Plano de contingência dos setor de tecnologia da informação para empresa de telecominicações)Plano para o setor de Tecnologia da Informação de uma Empresa de Telecomunicações.
    http://www.ulbra.tche.br/~tcc-canoas/2003-2/paloma.pdf

    *INFORMATIVO (Executivos brasileiros analisam os impactos da crise americana no Brasil)A Quorum Brasil, empresa de informação e estratégia, entrevistou 80 executivos e executivas de empresas nacionais e multinacionais de grande e médio porte, para saber como estes executivos avaliam o impacto da crise americana no mercado brasileiro.
    http://www.administradores.com.br/informe-se/informativo/executivos-brasileiros-analisam-os-impactos-da-crise-americana-no-brasil/18137/

    *PESSOAL (Douglas. link)Meu nome é Douglas Oliveira Waltrick, e atualmente sou Analista de Sistemas e gerente de desenvolvimento da empresa Edusoft Tecnologia LTDA.
    http://www.inf.furb.br/~douglasw/CURRICULUM_VITAE_DOUGLAS.doc

    *EMPRESARIAL (Benner e TBA anunciam fusão para liderar soluções em cloud)
    A Benner Sistemas e o Grupo TBA anunciaram nesta quinta-feira (18/8) uma joint-venture que combina aplicativos e serviços de infraestrutura e que já nasce com uma meta ambiciosa: liderar a oferta de soluções de computação em nuvem no País.
    http://computerworld.uol.com.br/negocios/2011/08/18/benner-e-grupo-tba-anunciam-fusao-para-liderar-solucoes-em-cloud/

  113. Tipo: Informativa

    A internet pode se tornar mais potente do que cérebro humano

    A rede de internet global, somente na “superfície” – a web – , tem mais sites do que o número de neurônios de um cérebro humano. Segundo o fundador da revista Wired, Kevin Kelly, há pelo menos um trilhão de webpages no mundo, enquanto um homem possui, em média, 100 bilhões de neurônios.
    Como Kelly conta no livro lançado em 2010 What Technology Wants, embora seja menor em número de neurônios, o cérebro ainda é mais “potente” devido às sinapses – ligações entre neurônios. “Cada um faz ligações a milhares de outros, enquando que cada página se liga a cerca de outras 60″, constatou ao perceber que o cérebro humano tem 100 vezes mais ligações.
    O que torna o estudo relevante é o fato de que, diferentemente da web, o cérebro humano não dobra o tamanho a cada dois anos. A página em branco desta situação é que, nesta velocidade, a internet pode se tornar mais potente do que o cérebro humano.
    Novo estudo da World Wide Web Foundation
    Seguindo na mesma diretriz, a fundação criada pelo “pai” da internet, Tim Berners-Lee, está engajada em um novo estudo para mapear o real tamanho da rede mundial de computadores.
    De acordo com o site da CNN, o Google investiu US$ 1 milhão na fundação para a pesquisa intitulada World Wide Web Index. Em um e-mail para a CNN, a fundação descreveu o projeto como a primeira medida multidimensional sobre a web e o impacto dela nas pessoas e nas nações.
    O relatório deverá ser liberado anualmente e, segundo a fundação, não responderá todas as perguntas sobre a internet, mas ajudará a preencher alguns abismos existentes entre rede física e usuário. O primeiro dos cinco relatórios ficará pronto ao final de 2011.

    Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/noticias/0,,OI5346488-EI12884,00-Internet+pode+se+tornar+mais+potente+do+que+cerebro+humano.html

  114. http://www.inmetro.gov.br/infotec/

    Inovação é a introdução de novidade ou aperfeiçoamento no ambiente produtivo ou social que resulte em novos produtos, processos ou serviços.

    Fonte: artigo 2º da Lei de Inovação, nº 10.973, de 02 de dezembro de 2004.

    Em outras palavras, para que um novo produto ou processo passe a ser uma inovação é necessário que seja aceito pelo mercado.

    Inovação é diferente de invenção. Não basta apenas ter uma idéia para ser inovador. Uma invenção somente será considerada inovação se for utilizada de tal maneira que resulte em ganhos de produtividade e de mercado.

    A inovação é um importante fator para o desenvolvimento econômico e social do país, favorecendo a exportação, gerando mais empregos, e permitindo que as empresas nacionais enfrentem a concorrência dos produtos importados.

    É papel da Diretoria de Inovação e Tecnologia aproximar as indústrias nacionais do corpo técnico-científico do Inmetro, com o objetivo de fortalecer a competitividade e colaborar na solução de gargalos tecnológicos.

    Legislação ligada à transferência de tecnologia e inovação

    http://twitter.com/

  115. Tipo: Informativa

    Horas antes da Apple abrir as portas já se aglomeravam grupos de pessoas à porta do Yerba Buena Center, em São Francisco, Estados Unidos, a aguardar o início da cerimónia de lançamento do iPad 3.

    Tim Cook anunciou há minutos que o novo “tablet” tem um processador mais rápido, um ecrã mais nítido e uma opção de banda larga sem fios com acesso mais rápido.

    Tim Cook avançou que o novo iPad terá um ecrã de 9,7 polegadas. O novo iPad 3 está equipado com processadores A5X e ecrã com 2048×1536.

    A vida útil da bateria do iPad 3 é igual à do iPad 2 e o novo tablet traz um suporte a conexões 4G (LTE). A bateria do dispositivo durará nove horas quando este estiver ligado em LTE.

    O novo iPad 3 terá um ecrã com mais qualidade e Retina Display, característica já existente no iPhone. A qualidade HD reduz a distância entre os pontos no ecrã de LCD e torna as imagens mais nítidas.

    O tablet terá uma câmara igual à do iPhone 4S. O iPad estará disponível nos Estados Unidos, Canadá, França, Alemanha, Hong Kong, Japão, Porto Rico, Singapura, Suíça, Reino Unido e Austrália a partir de 16 de Março.

    No final do mês o novo iPad chega a Portugal, Áustria, Bélgica, Bulgária, República Checa, Dinamarca, Finlândia, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Macau, México, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Polónia, Roménia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha e Suécia.

    Os preços variam entre 499 e 829 dólares (629,4 euros). O iPad 3 terá também um saturação 44% maior.

    “O novo iPad eleva os tablets a um novo nível”, disse Tim Cook.

    Fonte:http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=543045

  116. Informacao Informativa:

    Lançamento do Ipad 2

    A Apple anunciou nesta quarta-feira, em uma solenidade em São Francisco (EUA), a terceira edição do iPad. A apresentação do novo modelo da companhia foi feita pelo CEO da Apple, Tim Cook. A empresa já vendeu mais de 15 milhões de unidades no quarto trimestre do ano passado ao redor do mundo.

    A nova edição do iPad traz como principal novidade um display retina, igual ao que equipa o iPhone, e tela de 9,7 polegadas, com resolução 2048 x 1536. Segundo Phil Schiller, vice-presidente de Marketing da empresa, a tela do novo tablet tem uma resolução “1 milhão a mais de pixels do que uma televisão HD”. O aparelho terá suporte para a rede 4G

    http://www.clicrbs.com.br/especial/sc/jsc/19,6,3687318,Apple-lanca-novo-iPad-com-tela-de-alta-definicao.html

  117. O BluDotNet é a comunidade de desenvolvedores de Blumenau e região que estão focados principalmente em tecnologias Microsoft.

    Neste site você visualizar artigos técnicos publicados pelos membros do grupo. Você pode cadastrar-se gratuitamente e fazer parte da comunidade.

    Acesse: http://www.bludotnet.com.br/

  118. Informação Tecnológica.

    “A informação tecnológica pode ser a maior ferramenta dos tempos modernos, mas é o julgamento de negócios dos humanos que a faz poderosa”. (Charles B. Wang)

    O ambiente empresarial está mudando continuamente, tornando-se mais complexo e menos previsível, e cada vez mais dependentes de informação e de toda a infra-estrutura tecnológica que permite o gerenciamento de enormes quantidades de dados.
    A tecnologia está gerando grandes transformações, que estão ocorrendo a nossa volta de forma ágil e sutil. É uma variação com conseqüências fundamentais para o mundo empresarial, causando preocupação diária aos empresários e executivos das corporações, com o estágio do desenvolvimento tecnológico das empresas e/ou de seus processos internos. A convergência desta infra-estrutura tecnológica com as telecomunicações que aniquilou as distâncias, está determinando um novo perfil de produtos e de serviços.

    fonte: artigo de ROMEU MENDES DO CARMO, Administrador de Empresas, com especialização em Gestão da Tecnologia da Informação. Link: http://www.guiarh.com.br/p62.htm

    Conclusão:

    A informação tecnológica anda lado a lado na gestão do negócio. Estar atualizado das novidades na área de atuação é algo essencial nos tempos modernos, é uma ferramenta indispensável, que deve auxiliar o gerenciamento da empresa.
    Através da tecnologia da informação, podemos fornecer soluções rápidas e dinâmicas a nossos clientes buscando a constante atualização do conhecimento e obtendo melhores resultados em seus processos produtivos.

  119. Tipo: Tecnológica

    Windows 8 Metro Apps SDK

    A Microsoft lançou junto com o Windows 8, o SDK para desenvolvimento de aplicações com interface Metro.

    Essa nova interface tem 2 principais características:

    - Ser minimalista: Tem somente a informação necessária no momento aparecendo na tela.
    - Informação rápida: As Live Tiles são uma inovação tecnológica, pois mudam completamente o paradigma de como checar as informações. O usuário não tem mais a necessidade de abrir o aplicativo para saber seu status e notificações. Todas essas informações básicas aparecem nas Live Tiles.

    Junto com o Windows 8 e o SDK para a interface Metro, foi lançado o Visual Studio 11, que conta com uma UI mais simplificada (sem cores) e novas features.

    O SDK conta agora com APIs para desenvolvimento de aplicações Metro, .NET Framework 4.5, DirectX integrado e um menor tamanho do que o anterior (4.0).

  120. INFORMAÇÃO CIENTÍFICA

    Interessante artigo a respeito da ciência informativa, onde são descritos conceitos e atividades relativas a ciências da informação:

    Em 1971, Guilarevski, pesquisador do VINITI, publicou uma palestra sobre o que ele chamou de “atividade científica informativa” e sobre o “objeto e método da informática”. O evento ocorreu no âmbito de um programa de preparação de especialistas em informação e documentação industrial dos países da América Latina, organizado pela UNIDO e UNESCO, em colaboração com o Governo da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas e FID.

    Guilarevski descreve as atividades envolvidas nesse tipo de trabalho científico, como de

    * Explorar todas as possibilidades de busca da informação;
    * Agregar valor à informação requerida, mediante processamento analítico e sintético da informação;
    * Organizar e armazenar a informação científica, tornando-a disponível com rapidez nos meios e eficiência na mensagem;
    * Desenvolver as operações lógicas que assegurem a localização da informação científica necessária aos cientistas;
    * Difundir a informação científica, de acordo com os interesses e simultaneamente para os diversos grupos de cientistas e técnicos;

    * Estudar a si mesma, considerando a necessidade de divulgar as inovações científicas e técnicas; de criar e desenvolver métodos adequados para lidar com a informação registrada; e de medir a influência do trabalho informativo sobre a ciência, técnica, produção e toda a economia nacional

    Fonte: Isa Maria Freire, A responsabilidade social da Ciência da Informação na perspectiva da consciência possível
    http://www.dgz.org.br/fev04/Art_02.htm

  121. Informação Tecnológica

    Ganhar o primeiro smartphone Android sempre cria dúvidas no usuário, que não sabe quais são os melhores aplicativos a se instalar. Para orientar os donos de novos aparelhos nessas escolhas iniciais, seguem aqui 16 sugestões de apps para Android muito interessantes que não podem faltar em nenhum dispositivo recém-adquirido.

    Screebl
    O Screebl é uma sacada genial que deveria ser incluída como função nativa do sistema nas próximas versões do Android. O que ele faz é evitar que a tela do dispositivo se desligue naqueles momentos em que você esteja navegando pela internet, acompanhando feeds de notícias ou lendo e-books.
    O app se baseia simultaneamente nas leituras do sensor de proximidade e do acelerômetro, detectando os momentos em que o seu rosto está próximo do celular o suficiente para uma leitura, mas não tão próximo quanto em uma chamada telefônica. Do acelerômetro são usadas as informações sobre a posição do aparelho, identificando aquelas nas quais ele se encontra quando está em uso.
    O celular perfeitamente na horizontal e sem nada perto do sensor de proximidade, por exemplo, indica ao Screebl que o dispositivo está sobre a mesa e que a tela pode ser desligada, obedecendo ao intervalo das configurações do Android. Caso seja detectada uma situação de uso, o app ignora esse intervalo e mantém a tela em funcionamento.

    Twicca
    A existência de vários aplicativos diferentes para uso do Twitter gera uma dificuldade nos usuários que queiram aproveitar o serviço. Mesmo assim existe um que possui destaque: o Twicca.
    O maior trunfo do app é a sua interface ousada. Ao romper com as práticas dos aplicativos mais comuns na mesma categoria, o Twicca ganha versatilidade e permite um uso muito ágil da rede, requerendo apenas que o usuário se adapte à sua utilização e ganhe intimidade com a interface.
    Como ele apresenta maneiras peculiares de operar e de acessar algumas funções, é necessário um passeio para aprender a usar bem o app. Depois de bem adaptado, o usuário terá pleno controle de todas as funções oferecidas para interagir com a rede social com muita agilidade, seja por meio do Twicca diretamente ou a partir de um dos vários plug-ins disponíveis para ele.
    Facebook
    Continuando com os apps para redes sociais, seu Android não pode ficar sem o aplicativo oficial para acesso ao Facebook. Com ele, o uso da rede se torna ainda mais interessante, na medida em que você pode participar e fazer contato com seus amigos de qualquer lugar, além de poder enviar fotos no exato momento em que elas foram tiradas.
    As possibilidades oferecidas pelo app instalado vão muito além das que se tem com o Facebook via web.

    Foursquare
    O Foursquare é um serviço baseado em geoposicionamento, por isso, ele só faz sentido em um dispositivo móvel.
    Com o app instalado no seu Android, você poderá fazer check-in em qualquer lugar, registrando sua vida social, dando dicas de o que fazer nos lugares por onde anda e até mesmo facilitando encontros com amigos, que podem ser avisados da sua localização.
    Skype
    As vantagens de se ter o Skype num smartphone são várias. Com ele, você pode usar telefonia via internet como se estivesse em uma chamada comum.
    Nos aparelhos com câmera frontal, o Skype oferece ainda a possibilidade de realização de vídeo chamadas. Essas conferências podem ser feitas tanto entre usuários de smartphones quanto entre celulares e desktops.

    Google Goggles
    O Goggles é aquele tipo de aplicativo onde a tecnologia se aproxima da magia. Ele possibilita usar a câmera do seu Android para reconhecer objetos, construções, monumentos e obras de arte, tudo com base no escaneamento da imagem e na comparação com dados disponíveis na internet.
    Além disso, o app também pode funcionar como um leitor de códigos de barras, para pesquisa de produtos.

    Evernote
    O Evernote é um app de produtividade que permite fazer anotações tanto a partir do seu desktop quanto do seu smartphone. Essas anotações vão para uma nuvem, podendo ser acessadas a qualquer momento pelo seu dispositivos ou por meio do site do serviço.
    Além disso, suas anotações de texto podem ser complementadas com imagens e áudio, tornando a solução ainda mais versátil. É sem dúvida a melhor maneira de carregar por aí uma lista de compras ou mesmo salvar ideias para um novo trabalho, tudo organizado por tags.

    Soundhound
    Para quem gosta de música, o Soundhound é a indicação unânime dessa lista. Trata-se de um aplicativo que “escuta” a canção que está sendo tocada em um determinado ambiente e indica ao usuário o seu nome, autor e álbum em que se encontra.
    O Soundhound tem o app Shazam como único concorrente, mas mostra-se bem mais eficaz que o rival em testes práticos. Analisando boas gravações, ambos chegam a ser equiparáveis, mas o Soundhound é superior pela capacidade de reconhecer até mesmo uma música cantarolada pelo usuário, algo em que o Shazam costuma falhar.
    Claro, se você for um desafinado irremediável, nenhum dos dois irá identificar o que você está tentando cantar. Isso é tecnologia, não magia.
    PowerAMP Music Player
    O PowerAMP é um player de música, e apesar de não ser gratuito, oferece um mês para testes antes que você decida se vale a pena pagar (algo em torno de R$ 9,00) por ele.
    O diferencial do app é notado pelos usuários que gostam de usar formatos de áudio lossless (sem perdas) e curtem a possibilidade de alterar a equalização das músicas. Para eles, o PowerAMP oferece o que há de melhor, além de uma belíssima interface gráfica, que também disponibiliza widgets interessantes.

    mVideoPlayer
    O player de vídeos padrão do Android faz apenas o básico, deixando na mão o usuário que deseja alguns recursos extras, como a possibilidade de rodar vídeos com legendas externas baseadas em arquivos .srt, por exemplo.
    Esse é o forte do mVideoPlayer. Além de reconhecer vários formatos, o app oferece o melhor suporte a legendas externas, possibilitando alterar inclusive a fonte usada para sua exibição.

    Netflix
    O app oficial do Netflix para Android vem amadurecendo bastante para cumprir sua função de colocar todo o acervo de filmes e programas de TV na palma da sua mão. Para usar o aplicativo ilimitadamente, basta ter disponível uma rede Wi-Fi.
    Como a conta do Netflix pode ser acessada pelo smartphone e pelo desktop, é possível continuar a assistir os filmes de onde eles pararam, e usufruir das recomendações que o sistema faz com base nas suas preferências de programação.

    Pulse News
    Celulares com Android são lançados hoje com telas maiores que 4 polegadas, o que faz desses dispositivos boas plataformas para leitura. Para completar essa experiência, tudo o que você precisa é de aplicativos que reúnam e organizem os conteúdos que você deseja acessar.
    O Pulse News tem a melhor interface entre os leitores de notícias. Ele organiza suas leituras em prateleiras navegáveis, exibindo imagens e permitindo que você possa facilmente escolher o que deseja ler.
    O app traz ainda recomendações de fontes de conteúdo, e permite ao usuário incluir os seus próprios feeds de notícias.
    Google Docs
    Ter no dispositivo móvel uma boa suíte para visualizar e editar documentos, planilhas e apresentações em qualquer lugar sempre foi um dos maiores desejos de recém-chegados a sistemas alternativos ao Windows. No Android, o app oficial do Google Docs oferece tudo isso, gratuitamente, e trabalhando com a nuvem.

    Pixrl-o-matic
    Uma das maiores manias entre usuários de smartphones, em grande parte devida ao sucesso do Instagram, é a de aplicar efeitos sobre fotografias e compartilhá-las em redes sociais. O Pixrl-o-matic permite fazer isso, em grande estilo, com o seu Android.
    Com o Pixrl-o-matic instalado você tem um grande leque de filtros, efeitos de luz e molduras para aplicar sobre as suas fotos. O app não conta com uma rede de compartilhamento própria, mas facilita o compartilhamento da sua arte nas redes sociais já existentes.
    ZDBox
    O ZDBox é um verdadeiro canivete suíço para a realização de ajustes e pequenas tarefas de manutenção no sistema Android. Com ele instalado, você ganha, ainda, uma ótima ferramenta para controle de tráfego mensal no seu plano de dados e também para monitoramento preciso da carga da bateria.

    O aplicativo possui também um ótimo sistema de “Não perturbe”, facilitando a programação de horários em que o seu smartphone deve entrar ou sair do modo silencioso.
    Há também uma eficiente solução de privacidade através do bloqueio de aplicativos, permitindo que você determine, entre os seus apps instalados, para quais deles será exigida uma senha de acesso. Além disso, é possível visualizar que aplicativos se encontram rodando em segundo plano e escolher alguns deles para encerramento.
    Ainda na gestão de apps, o ZDBox permite desinstalá-los com muita praticidade e também gerir quais deles devem estar instalados na memória interna do seu Android e quais deles devem ir para o cartão SD, por razões de economia de espaço.
    Por fim, há uma função de limpeza de cache do sistema, que pode render um bom ganho de desempenho em smartphones com hardware mais modestos.
    Android Lost
    São muitas as opções de apps para localização de smartphones em casos de perda ou furto. O Android Lost, por sua vez, parece ser o mais poderoso deles disponível para a plataforma. Uma função presente no app faz com que ele se destaque: a possibilidade de ativar a rede de dados através de uma mensagem SMS.
    Não importa o quanto engenhoso é o sistema de rastreamento que você usa, ele será inútil sem rede de dados. Se você costuma desligar a rede e vem a perder o seu aparelho com ela desativada, nada pode ser feito.
    Usando o Android Lost uma mensagem contendo o texto “androidlost apn enable” vinda de um número previamente autorizado ou contendo um código PIN pode ativar a rede de dados e liberar o uso das funções de rastreamento.

    Fonte: http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2012/03/16-apps-que-nao-podem-faltar-em-um-smartphone-com-android.html

  122. Informação Tecnologica

    Mercado de tablets passará o de PCs dentro de 3 anos, diz Tim Cook
    Executivo disse que vendas do novo iPad quebraram recorde em dois dias.
    Cook, no entanto, não revelou números de vendas do aparelho.

    O presidente-executivo da Apple, Tim Cook, disse nesta segunda-feira (19) que o mercado de tablets passará o de PCs em vendas dentro de três anos.

    “Os tablets eventualmente passarão os PCs em vendas no mercado. É tudo uma questão de quando”, disse durante conferência com acionistas para divulgar o investimento de US$ 45 bilhões do caixa da empresa em dividendos e recompra de ações. Ele afirmou que, segundo estudo do Gartner, em 2015 terão 325 milhões de unidades do aparelho no mercado. “Vendemos 55 milhões de iPads até o momento”, disse o executivo.
    saiba mais

    Cook também disse que o lançamento do novo iPad nos Estados Unidos e em mais nove países teve recorde de vendas no primeiro final de semana do tablet nas lojas, mas não revelou números.

    Entretanto, de acordo com analista da NPD Ross Rubin, as vendas de tablets devem superar a de PCs ainda este ano. “Se o crescimento do mercado de tablets mantiver o ritmo atual, as evidências mostram que ele passará as vendas de notebooks nos Estados Unidos em um futuro próximo, talvez ainda em 2012″, disse ao site da “FoxNews”.

    As vendas de PC, incluindo computadores de mesa e notebooks, devem crescer 4,4% em 2012, vendendo um total de 368 milhões de unidades, com a previsão de passar dos 400 milhões em 2013 segundo pesquisa do Gartner. Os números, embora sejam menores do que o esperado, ainda é maior do que a projeção da venda de tablets para este ano.

    Fonte:
    http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2012/03/mercado-de-tablets-passara-o-de-pcs-dentro-de-3-anos-diz-tim-cook.html

  123. Tipo: Informativa

    Apps gratuitos de Android gastam 75% da bateria em propaganda

    Se você utiliza muitos aplicativos gratuitos em seu Android e não sabe por que a bateria está durando pouco, talvez eles sejam a fonte do problema. Pesquisadores da Universidade Purdue de Indiana, nos Estados Unidos, descobriram que os apps gratuitos gastam até 75% de sua energia na exibição de propagandas e outras tarefas ocultas.

    Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores criaram um software especial voltado para essa finalidade. No caso do game Angry Birds, por exemplo, a equipe descobriu que o jogo em si necessita de apenas 25% da energia gasta normalmente. O restante do percentual é destinado à utilização do GPS, para localizar onde você está e baixar anúncios específicos para a área em que você se encontra no momento.

    Link: http://www.tecmundo.com.br/android/20897-apps-gratuitos-de-android-gastam-75-da-bateria-em-propaganda.htm#ixzz1pbzXhi7I

  124. Tipo – Tecnológica

    São Paulo – Um estudo divulgado hoje aponta que 48,6% dos municípios brasileiros já possuem serviços de internet móvel.

    Os dados do estudo “Balanço Huawei da Banda Larga 2011”, divulgados em parceria com a consultoria Teleco, mostram que a evolução representa um aumento de 23,4% com relação a cobertura registrada em 2010.

    ,,,Segundo o estudo, o serviço de banda larga móvel no país praticamente dobrou no último ano, passando de 20,6 milhões de acessos em 2010 para 41,1 milhões no ano passado.

    Projeções da Teleco estimam que os acessos móveis no país devem se manter em crescimento pelos próximos anos, podendo chegar a 73 milhões em 2012, e a 124 milhões em 2014. O ritmo é superior à média mundial, que registrou um crescimento de 26,2%.

    Quando considerada a disponibilidade de banda larga 3G, de acordo com o estudo, 84% da população brasileira já seria atendida pelo serviço. No quesito cobertura, o estudo mostra que em 2011, 48,6% dos municípios brasileiros eram atendidos pelo serviço, em comparação com 23,4% do ano anterior.

    No entanto, a taxa de crescimento contrasta com a disponibilidade dos acessos. Brasil atingiu uma média de 24,1 acessos móveis por 100 habitantes, uma taxa inferior a de países desenvolvidos, que contabilizam 56,5 acessos por 100 habitantes.

    Outro ponto que contrasta com a amplitude da cobertura é o fato de haver poucas empresas que concentram o maior número de acessos no país. A maior parte dos municípios é atendida pela Vivo, que possui redes móveis em 2516 cidades. Em seguida está a Claro, com 657 municípios, TIM com 488 municípios e Oi com 250 municípios.

    Fonte:
    http://info.abril.com.br/noticias/tecnologia-pessoal/metade-dos-municipios-no-brasil-possui-internet-movel-20032012-26.shl

  125. Benner e TBA criam joint-venture de R$ 240 milhões e formam a Globalweb Corp

    O empreendimento conjunto cria a maior empresa brasileira de soluções em computação em nuvem.

    A Benner Sistemas, terceira maior fornecedora nacional de software de gestão empresarial, e o Grupo TBA, um dos principais conglomerados de tecnologia da informação do Brasil, anunciaram hoje ao mercado a criação de uma joint-venture. A empresa resultante vai liderar a oferta de soluções de computação em nuvem – tendência tecnológica que transfere dos computadores pessoais para a internet o processamento e armazenamento de dados. Outra frente de atuação será a oferta de software como serviço (SaaS, da sigla em inglês). Trata-se de uma modalidade de contratação de software que substitui o modelo tradicional de licenciamento.

    Pelos termos do acordo, a Benner fará uma fusão com a Globalweb, braço de hosting services, full outsourcing e gerenciamento de data centers – termos técnicos para designar os diversos serviços de terceirização de infraestrutura em centros de armazenamento de dados — do Grupo TBA. Juntas, as duas empresas passarão a atuar sob o nome Globalweb Corp S.A. A marca Benner batizará a unidade de negócios de aplicativos de gestão empresarial da nova companhia. Severino Benner, fundador da Benner Sistemas, será o CEO da Globalweb Corp S.A.
    O empreendimento que resulta da fusão já nasce com uma previsão de faturamento de R$ 240 milhões só no ano fiscal de 2011. Contará com uma equipe de 1.500 colaboradores, mais de 750 pessoas certificadas nas mais diversas tecnologias, escritórios nas principais capitais, mais de 100 canais de distribuição e uma base inicial de 800 clientes. A expectativa é de que a Globalweb supere a marca de meio bilhão de reais de faturamento até o ano fiscal de 2014, alavancada por uma taxa de crescimento anual de 28%.

    Em uma primeira etapa, a nova empresa vai priorizar a captação de canais de vendas de serviços, incluindo desenvolvedores de aplicativos, que serão devidamente credenciados após qualificação técnica. A meta é contar com cerca de 300 canais no primeiro ano de atuação, partindo de uma base já existente de 120 parceiros em todo o Brasil.

    Um dos principais atrativos da nova empresa é a união das ofertas consistentes de soluções de software de gestão da Benner para diferentes segmentos, com a capacidade de entrega da Globalweb dentro do modelo de computação em nuvem. A joint-venture proverá as soluções completas de infra, serviços gerenciados a softwares de gestões para mercados verticais com segurança e alto desempenho, segundo Severino Benner.

    A Globalweb se apoiará em três divisões de negócios:

    •Aplicativos de gestão empresarial;

    •Outsourcing e serviços gerenciados de TI;
    •Comercialização e desenvolvimento de soluções na plataforma Microsoft.

    Fonte: http://www.benner.com.br/novosite/web/noticia.asp?idconteudo=1507

  126. Tipo – Tecnológica
    Ex: Patente de “nano-chip” faz Apple comprar briga com Motorola, Nokia e RIM

    A Apple e sua sede de batalha estão de volta ao palco. De acordo com o Financial Times, a empresa de Cupertino estaria forçando, em solo europeu, a aceitação de seu design próprio de “nano-SIM cards” – ou os famosos chips usados pelas operadoras. Isso não teria soado bem aos ouvidos de algumas empresas, e três grandes fabricantes do setor móvel já se posicionam contrárias à mãe do iPhone.
    Segundo o Financial Times, Motorola, Nokia e RIM estão combatendo a Apple em sua tentativa de fazer com que o projeto do nano-SIM seja aprovado pela ETSI (o instituto que controla padrões da indústria de telecomunicações na Europa), sob justificativa de que isso forçaria todas as outras fabricantes a redesenharem seus dispositivos. Mais além, apesar de a tecnologia proposta pela Apple ser disponibilizada para todas as empresas mediante licença, as três gigantes temem que, no final das contas, a empresa da maçã detenha todos os controles de sua patente.
    O ETSI vai votar todas as propostas relacionadas ao assunto na próxima semana. O corpo de jurados é constituído por representantes das empresas atuantes no mercado – o que confere vantagem à Nokia, já que ela detém mais cadeiras no órgão. Entretanto, o Financial Times também indica que a Apple já estaria preenchendo formulários para tornar-se a maior votante da casa (o veículo fala em seis “subsídios” europeus em seu nome: cada subsídio garante 45 votos em caso de aprovação). Isso significa que, caso seja aprovada a petição, a Apple pode tornar-se a empresa mais influente no setor de telecomunicações da Europa. A Nokia já enviou documento de protesto ao ETSI.

    Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/negocios/digital_news/noticias/patente-de-nano-chip-faz-apple-comprar-briga-com-motorola,-nokia-e-rim

  127. Informações Olimpíadas de Londres, 2012:

    Tipo Científica
    O trabalho fala sobre a história dos Jogos Olímpicos, e sua trajetória até os atuais Jogos Olímpicos em Londres, 2012.
    Fonte: http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Olimp%C3%ADadas-De-Londres-2012/302245.html

    Tipo Tecnológica:
    A partir de gás natural e biomassa, fornecerá energia para 10 mil casas. O centro será resfriado com água captda de chuva e tratamento de esgoto, que também será aproveitada para descarga e irrigação das áreas verdes.
    Fonte: Revista Galileu, Junho 2012, Edição Nº 251, Página 19.

    Tipo Empresarial:
    A Decathlon, famosa marca de roupas esportivas, ocupará parte do espaço do atual Centro de Imprensa da Vila Olímpica em Londres, com a criação de uma sala comercial.
    Fonte: Revista Galileu, Junho 2012, Edição Nº 251, Página 18.

    Tipo Informativa:
    A reportagem fala sobre os pré-requisitos para que um atleta venha a poder particiar dos Jogos Olímpicos, e que a expectativa. Ainda sim, a expectativa é de que participem, cerca de 10.500 atletas de 192 países e 13 territórios nas Olimpíadas de 2012.
    Fonte: http://www.suapesquisa.com/olimpiadas2012/

  128. Tecnologica:

    As largadas serão feitas por meio de pistola eletrônica, integrada à contagem do tempo. Esta tecnologia é capaz de detectar movimentos 40 vezes mais rápidos que um piscar de olhos e pode desclassificar o atleta que queimar a largada.

    FONTE: http://www.centaurorunning.com.br/2012/nova-tecnologia-para-as-olimpiadas/

    Empresarial:

    O maior McDonald’s do mundo está instalado no parque olímpico de Londres, na Inglaterra.

    FONTE: http://economia.uol.com.br/album/2012/06/26/olimpiada-2012-tera-o-maior-mcdonalds-do-mundo.jhtm

    Informativa:

    Usain Bolt continua sendo o homem mais rápido do mundo, ganhando em grande estilo com a marca de 9,63 segundos nos 100 metros rasos, mas não conseguiu bater seu próprio recorde mundial, 9,58 segundos, obtido no campeonato mundial de 2009.

    FONTE: http://www.geledes.org.br/patrimonio-cultural/artistico-esportivo/esportes/atletismo/15075-olimpiadas-2012-usain-bolt-continua-a-ser-o-homem-mais-rapido-do-mundo-9-63-segundos

    Científica:

    Artigo científico que explica a origem das Olimpíadas, sua trajetória e evolução até os dias atuais e também do que se espera em Londres.

    FONTE: http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Londres-2012/305031.html

  129. 1. Científica

    Informações sobre as olimpíadas, da antiguidade até as olimpíadas de londres (2012).

    Fonte: http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Olimp%C3%ADadas-De-Londres-2012/302245.html

    2. Tecnológica

    As agências de notícias instalaram câmeras-robô nos locais de prova. Elas são controladas remotamente e garantem imagens de pontos onde nenhum fotógrafo humano pode ir.

    Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/esportes/olimpiadas/conteudo.phtml?id=1282266&tit=Atletismo-abre-era-da-precisao-na-Olimpiada

    3. Empresarial

    A Nike, garante uma corrida 0,023 segundo mais rápida nos 100 m para o atleta que usar a roupa Pro TurboSpeed, desenvolvida a partir de pesquisas feitas com mais de mil horas em túnel de vento nos últimos 12 anos.

    Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/esportes/olimpiadas/conteudo.phtml?id=1282266&tit=Atletismo-abre-era-da-precisao-na-Olimpiada

    4. Informativa

    No hóquei feminino, a jogadora Katie Glynn, da Nova Zelândia, precisou sair de campo para receber atendimento médico depois de ser atingida na cabeça por uma adversária.

    Fonte: http://olimpiadas.ig.com.br/2012-08-08/neozelandesa-sai-sangrando-e-holanda-vai-a-final-do-hoquei-sobre-a-grama.html

  130. Tipo Informativa:
    Incontestável nas últimas décadas em questões de títulos e campanhas, a Seleção Brasileira masculina de vôlei encerrou nesta quarta-feira um dos tabus mais incômodos da história da modalidade. Em confronto válido pelas quartas de final da Olimpíada de Londres, a equipe nacional venceu a Argentina por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/17 e 25/20, e quebrou uma sequência de três derrotas consecutivas para a arquirrival em edições olímpicas.
    Apesar do triunfo tranquilo, o primeiro set trouxe uma notícia ruim para a Seleção Brasileira. Titular absoluto na formação de Bernardinho em Londres, o oposto Leandro Vissotto sentiu uma lesão e deixou a quadra chorando. Depois de reclamar de um problema na coxa durante o aquecimento, o jogador caiu no chão no momento de um ataque e deixou a quadra, não retornando até o final do compromisso e preocupando a comissão técnica para a semifinal.
    fonte:http://esportes.terra.com.br/jogos-olimpicos/londres-2012/noticias/0,,OI6061364-EI19861,00-Brasil+encerra+freguesia+olimpica+com+Argentina+e+vai+a+semifinal.html

    Tipo Tecnologica
    As Olimpíadas de Londres começam na próxima sexta-feira, dia 27, e já chegam com a promessa de ser a versão mais tecnológica dos jogos. Não apenas por conta das novidades que a organização usará, mas na própria forma com que as pessoas vão acompanhar o desempenho de seu país nas diversas modalidades.
    Prova disso é que o grupo TechBargains entrevistou 1,3 mil pessoas e descobriu que praticamente todas elas vão acompanhar os Jogos Olímpicos a partir de laptops, tablets e smartphones. Somente 94% disseram que vão conferir as novidades pela TV.
    Outro dado interessante está no hábito de consumo. Sessenta e nove por cento dos entrevistados afirmaram que querem comprar uma nova televisão para assistir aos jogos. Dentro desse número, 64% dos interessados disseram que preferem um equipamento com resolução em HD, 21% com suporte à tecnologia 3D e apenas 15% vão optar pelas SmartTVs.
    http://www.tecmundo.com.br/esporte/27210-olimpiadas-de-2012-serao-marcadas-pelo-acesso-a-tecnologia.htm

    Tipo Empresarial
    Os canais da Globosat serão os únicos da TV por assinatura a terem o direito de exibir os Jogos Olímpicos de Londres, de 2012. Depois de um processo de negociação, foi confirmada nesta sexta-feira, 24, a negociação realizada entre a Rede Record (detentora exclusiva da transmissão dos jogos) e as Organizações Globo, que confere à Globosat o direito de exibir os Jogos, com exclusividade na TV à cabo.
    De acordo com informações obtidas pela reportagem de M&M Online, o acordo entre as emissoras rivais está fechado, faltando apenas a assinatura final das duas partes. Até o momento, nem Globosat e nem Record confirmam o valor do negócio, mas uma informação publicada na edição desta sexta-feira, 24, no jornal Folha de S.Paulo, estima que as Organizações Globo tenham desembolsado cerca de US$ 22 milhões para ter o direito de transmissão das Olímpiadas de Londres. Vale lembrar que, para transmitir os jogos olímpicos de Pequim, realizados em agosto desse ano, a Globosat pagou a quantia de US$ 3 milhões.
    Mesmo comercializando os direitos de transmissão na TV por assinatura com a Globo, a Record faz questão de preservar sua exclusividade na TV aberta. A emissora de Edir Macedo será o único canal, em todo o Brasil, a poder exibir as provas olímpicas de 2012.
    fonte:Fonte: Meio & Mídia

    Tipo Cientifica
    Dois novos estudos divulgados na revista científica Pnas tentam entender a evolução de cromossomos sexuais. Os pesquisadores da Universidade de Illinois (EUA) investigaram os cromossomos X e Y do mamão, considerados ainda em um estágio inicial de evolução (eles têm cerca de 7 milhões de anos, enquanto os nossos, por exemplo, começaram a evoluir há 167 milhões de anos).
    Um dos estudos comparou o cromossomo X com um não sexual (um autossomo) de uma espécie de planta próxima. Outro olhou as diferenças entre o X e o Y do próprio mamão. As pesquisas mostraram que os cromossomos sexuais da espécie aumentaram seu tamanho (principalmente por acumular sequências repetidas de genes), enquanto também se reorganizaram e perderam alguns genes em comparação com seus dias como autossomos.
    Alguns dos genes perdidos não deixaram vestígios, mas outros permaneceram, mas não são mais ativos (pseudogenes). Segundo o biólogo Ray Ming, líder dos dois estudos, a perda de genes no cromossomo Y é bem conhecida em outros casos, mas no X é inesperada, em especial em um sistema genético tão “jovem”, assim como sua expansão.
    “O passo com que sequências são ganhas ou perdidas é mais rápido no cromossomo Y do que no X, contudo”, diz o cientista. “Este é o primeiro olhar em um estágio inicial da evolução cromossômica”, diz Andrea Gschwend, que era estudante de doutorado quando auxiliou na pesquisa. “Geralmente, as pessoas vão focar em cromossomos sexuais antigos porque eles são os mais relevantes para nós. Então este é o primeiro olhar direto em um sistema cromossômico sexual recentemente evoluído.”
    Ming afirma que o estudo é vital para entendermos a evolução do sexo. Ele diz que as descobertas indicam que o cromossomo X humano também passou por inúmeras mudanças desde que se diferenciou pela primeira vez dos autossomos. Essas mudanças não podem mais ser encontradas, já que o registro genético ancestral não está mais disponível.
    http://www.jb.com.br/ciencia-e-tecnologia/noticias/2012/08/06/pesquisa-tentam-entender-evolucao-de-cromossomos-sexuais/

  131. Tipo de Informação: Cientifica
    Os Jogos Olímpicos antigos eram festivais sagrados, nos quais os atletas competiam para servir aos deuses; por outro lado, as Olimpíadas Modernas, nasceram sem vínculo religioso, idealizada por Pierre de Coubertin seguidor da teoria darwinista, e que teve início na Inglaterra logo após a Revolução Industrial, surgindo como um evento laico e sem nenhuma relação com a divindade (HELAL, 1990, p. 35).
    Apesar disso, a maioria das publicações que tratam sobre o assunto repete a mesma história, normalmente preocupando-se em relatar o surgimento dos Jogos Antigos e seu ressurgimento em 1896 com Pierre de Coubertin, concebidos como Olimpíadas Modernas. Por sinal, ao referir-se aos Jogos Olímpicos antigos, histórias diversas surgem para tentar explicar sua verdadeira origem. Na maioria das vezes, tais narrativas se preocupam apenas em citar que as Olimpíadas Modernas aparecem como uma continuação dos antigos Jogos Gregos.
    No entendimento de Godoy (1996, p. 53), não é possível precisar quando e porque os Jogos Olímpicos foram instituídos, apesar de oficialmente serem considerados como os primeiros Jogos Olímpicos da antiga Grécia, os realizados em 776 a.C. Além dos Jogos Olímpicos em homenagem a Zeus, segundo Giordani (2001, p. 259), existiam outros eventos na Grécia antiga como: Jogos Fúnebres, Píticos, Nemeus, Ístmicos, Heranos – este último destinado apenas às mulheres. Embora seja ressaltado que os mais consagrados tenham sido mesmo os Olímpicos.
    Fonte: http://www.revistas.ufg.br/index.php/fef/article/view/5874/4758
    Texto: OLIMPÍADAS MODERNAS: A HISTÓRIA DE UMA TRADIÇÃO INVENTADA
    Autores: Mariza Antunes de Lima* Clóvis J. Martins** André Mendes Capraro***

    Tipo de Informação: Tecnológica
    Londres pretende investir no uso de soluções práticas para minimizar o uso do dinheiro vivo durante e depois dos jogos. Uma opção serão os cartões com chips que dão acesso às competições. Em vez de contatos, eles utilizam o sistema RFID com ondas de rádio. Alguns times de futebol já utilizam a tecnologia em seus estádios.
    Visitantes em Londres terão opção de usar um mesmo cartão como ticket para jogos, passagem para transporte público e também para compras de pequeno valor. Essa é a fórmula do cartão do banco britânico Barclay. Com o mesmo cartão, o usuário acessa o transporte público e faz compras.
    Testes foram feitos com centenas de usuários utilizando também seus aparelhos celulares como forma de pagamento, através de tecnologias do tipo RFID.
    Fonte: http://www.tecmundo.com.br/tecnologia-verde/8045-olimpiadas-2012-conheca-algumas-tecnologias-que-londres-esta-testando.htm#ixzz22zo7nw56

    Tipo de Informação: Empresarial
    Coca-Cola
    A Coca-Cola é uma das fundadoras do programa TOP, em 1986. Desde então, tornou-se a fornecedora exclusiva de bebidas não-alcóolicas em todas as vilas olímpicas. A expectativa da Coca-Cola é os Jogos de Londres gerem vendas de 23 milhões de doses de bebidas (latas, copos, etc).
    Fonte: http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/6-empresas-que-vao-ganhar-dinheiro-com-as-olimpiadas-2012?p=7#link

    Tipo de Informação Informativa
    Yamaguchi Falcão surpreende, vence campeão mundial e garante medalha

    A exemplo do irmão Esquiva, filho de ‘Touro Moreno’ passa às semifinais entre os meio-pesados e conquista terceiro pódio do boxe em Londres
    O desafio era gigantesco: vencer o atual campeão mundial e número 1 da categoria meio-pesado (até 81kg), o cubano Julio La Cruz Peraza, que já havia o derrotado três vezes, inclusive na final dos Jogos Pan-Americanos de 2011. Yamaguchi Falcão não se intimidou: com uma tática perfeita, venceu o adversário pelas quartas de final das Olimpíadas, garantiu mais uma medalha olímpica para o boxe do Brasil – a terceira em Londres 2012 – e se tornou forte candidato ao ouro, numa divisão que não é a sua – o capixaba lutava anteriormente como peso-médio (até 75kg), mesma categoria em que seu irmão Esquiva conquistou outra das três medalhas do país na modalidade.
    Fonte: http://globoesporte.globo.com/olimpiadas/noticia/2012/08/yamaguchi-falcao-surpreende-vence-campeao-mundial-e-garante-medalha.html

  132. -Informação informativa:

    O Brasil encarou a Argentina nesta quarta-feira, em jogo válido pelas quartas de final do torneio masculino de basquete sonhando com a possibilidade de uma medalha olímpica. Após um excelente primeiro quarto, a Seleção parou no segundo e terceiro períodos e, apesar de ter reagido no último, saiu derrotada na arena de basquete por 82 a 77, repetindo o que aconteceu nos Mundiais de 2002 e 2010, além do Pré-Olímpico para os Jogos de Pequim, em 2007.

    Fonte:
    http://esportes.terra.com.br/jogos-olimpicos/londres-2012/noticias/0,,OI6062476-EI19837,00-Brasil+x+Argentina.html

    -Informação empresarial:

    Como Parceira de TI Global do Comitê Olímpico Internacional, a Atos é responsável por liderar o consórcio de parceiros de TI para projetar, construir e operar a infraestrutura de TI enorme e fundamental para a missão, assim como as soluções que darão apoio aos Jogos de Londres 2012.

    Desde que o trabalho começou em Londres 2012, os “Business Technologists” da Atos têm se dedicado a fornecer o maior e mais sofisticado projeto de TI de todos os tempos.

    Fonte:
    http://br.atos.net/pt-br/jogos-olimpicos/londres-2012/default.htm

    -Informação tecnológica:

    Uma das tecnologias que mais renderam frutos à transmissão das Olimpíadas foram as câmeras-robô desenvolvidas pela agência de notícias Associated Press. A agência criou dois equipamentos operados por controle remoto que permitem tirar fotografias e gravar vídeos em ângulos nunca antes possíveis. Em uma das versões, a câmera é suspensa sobre as quadras.

    A outra máquina foi criada especificamente para ficar sob as águas nas provas de natação. A engenhoca, que gira nos eixos horizontal e vertical, tem engrenagens que manipulam o ajuste
    de foco da câmera. Basta que o operador gire o joystick do equipamento.

    Fonte:
    http://jconline.ne10.uol.com.br/canal/tecnologia/noticia/2012/08/08/olimpiadas-como-nunca-se-viu-antes-52004.php

    -Informação Científica:

    História dos jogos, países participantes dos Jogos Olímpicos de Londres 2012…

    Fonte:
    http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Olimp%C3%ADadas-De-Londres-2012/302245.html

  133. Tipos de informação

    - Científica:
    O mundo estará hoje, e nas semanas que se seguem, de olhos postos em Londres, a cidade anfitriã dos Jogos Olímpicos de 2012. E, sete anos passados sobre a adjudicação dos mesmos, não serão apenas os atletas a serem avaliados, mas também a organização do mais internacional dos eventos desportivos do planeta. E, por falar em planeta, resta saber se Londres cumpriu os mínimos a que se propôs quando prometeu que estes seriam os Jogos mais “verdes” de sempre. Ao pódio, já subiram alguns vencedores…

    http://www.ver.pt/conteudos/verArtigo.aspx?id=1489&a=Sustentabilidade

    - Tecnológica:
    Os assinantes da NET que tiverem televisores com tecnologia compatível poderão acompanhar eventos das Olimpíadas de Londres em HD 3D.

    http://info.abril.com.br/noticias/tecnologia-pessoal/net-e-sportv-exibirao-as-olimpiadas-de-londres-em-hd-3d-26072012-34.shl

    - Informativo:
    Olimpíada de Londres coleciona episódios negativos envolvendo redes sociais.

    http://blogs.ne10.uol.com.br/mundobit/2012/07/31/olimpiada-de-londres-coleciona-episodios-negativos-envolvendo-redes-sociais/

    - Empresarial:
    A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) realizará cobertura da Olimpíada de Londres.

    http://www.ebc.com.br/sobre-a-ebc/sala-de-imprensa/2012/07/ebc-realiza-cobertura-da-olimpiada-de-londres

    - Pessoal:
    http://br.linkedin.com/pub/andr%C3%A9-zappe/52/ba9/675

  134. Informação Tecnológica;

    Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/tecnologia/2012/08/05/interna_tecnologia,310101/estrutura-montada-para-olimpiadas-2012-e-marcada-pela-alta-performance-tecnologica.shtml

    Neste ano, pela primeira vez na história das Olimpíadas, todos os 26 esportes estão sendo monitorados e têm seus resultados processados em tempo real pelo Sistema de Informação do Comentador (CSI, em inglês), que, com o Centro de Operações, transmite os dados a todas as partes do mundo. A novidade pode não surpreender tanto os fãs do futebol, do vôlei e do basquete, esportes com uma contagem de pontos mais evidente, mas é um alívio para aqueles que vibram com as provas de atletismo, por exemplo. Em algumas modalidades, demorava-se quase 15 minutos para que o vencedor e seu respectivo tempo de prova fossem conhecidos.
    “Na maioria dos jogos, é muito importante. Imagina uma prova de natação, em que o resultado demora mais de um minuto para aparecer. E se ainda aparece errado? Já aconteceu com o Gustavo Borges”, lembra João Gondim, professor de ciência da computação da Universidade de Brasília.

    ———————–

    Informação Informativa

    Fonte: http://papodehomem.com.br/o-que-esperar-das-olimpiadas-de-londres-em-2012/

    O que esperar das Olimpíadas de Londres em 2012:

    A 30ª edição das olimpíadas modernas acontecerão antes do fim do mundo com uma promessa dos organizadores: o maior espetáculo que o mundo conhece vai ser ainda maior.
    Milhões de pessoas já estão aguardando a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres, no dia 27 de julho. São esperados 15.000 atletas que disputarão 26 esportes divididos em 39 modalidades, além de 20.000 profissionais de imprensa credenciados, vindos de 200 países. Para ajudar a imaginar a magnitude, pense esse número é maior que os países membros da ONU.

    A capital inglesa já sediou as olimpíadas em outras duas oportunidades, 1908 e 1948. A última teve um caráter bem emblemático, já que foram os primeiros jogos após as interrupções de 1940 e 1944, devido aos acontecimentos da 2ª Guerra Mundial.

    ———————–

    Informação Empresarial:

    Fonte: http://www.appudi.com.br/app.qps/newsview/8DFDF557FC9A49DA032574EF00440D71

    Os canais da Globosat serão os únicos da TV por assinatura a terem o direito de exibir os Jogos Olímpicos de Londres, de 2012. Depois de um processo de negociação, foi confirmada nesta sexta-feira, 24, a negociação realizada entre a Rede Record (detentora exclusiva da transmissão dos jogos) e as Organizações Globo, que confere à Globosat o direito de exibir os Jogos, com exclusividade na TV à cabo.

    ———————-

    Informação Científica:

    Fonte: http://www.clicnews.com.br/noticias/quinta-da-estancia-promove-projeto-voltado-as-olimpiadas-de-2012/148234

    A Fazenda Quinta da Estância, de Viamão/RS, desenvolveu um programa pedagógico e multidisciplinar único sobre as Olimpíadas 2012. As atividades aliam esporte, história e geografia, possibilitando aos alunos conhecimento teórico-prático do maior evento esportivo do mundo.

  135. Informativa
    Titulo: Esportes – Londres – Olimpíada 2012 Basquete brasileiro fora das Olimpíadas

    O Brasil está fora das Olimpíadas no Basquete masculino. A Argentina venceu a Seleção por 82 a 77 e causou a eliminação do time brasileiro, que sonhava com uma medalha em Londres após 16 anos fora dos Jogos Olímpicos. A equipe brasileira também foi eliminada pelos rivais nos Mundiais de 2002 e 2010, além do Pré-Olímpico de 2007.

    Na semifinal, a Argentina encara o vencedor da partida entre Estados Unidos e Austrália , que fecha as quartas de final na noite desta quarta-feira. Os Estados Unidos são a única equipe invicta até esta etapa da competição, enquanto os australianos se classificaram na quarta posição do Grupo B, com uma vitória surpreendente em seu último jogo, no qual derrotou a Rússia, líder da chave.

    Fonte: http://www.espbr.com/noticias/esportes-londres-olimpiada-2012-basquete-brasileiro-fora-olimpiadas

    Empresarial

    Titulo: Cameron aposta na Olimpíada para recuperar economia

    Dados de quarta-feira afirmam que PIB britânico encolheu muito mais que o esperado no segundo trimestre
    O primeiro-ministro britânico, David Cameron, exortou os líderes de negócios de todo o mundo reunidos em Londres nesta quinta-feira (26), véspera da Olimpíada, a investir na Grã-Bretanha, um dia após dados mostrarem que a economia está pior do que anteriormente se previa.
    Cameron sofre pressão para mudar a sorte da Grã-Bretanha, e os dados da quarta-feira mostraram que a economia encolheu muito mais do que o esperado no segundo trimestre, assolada por fatores que vão de um feriado adicional à crise na zona do euro.
    Falando em uma cúpula de comércio e investimento concebida para usar os Jogos de 27 de julho a 12 de agosto como incentivo aos negócios, Cameron reiterou seu compromisso em cortar o déficit orçamentário e recolocar nos trilhos a economia combalida pela recessão.
    “Sim, quero medalhas para a Grã-Bretanha. E não haverá apoiador mais apaixonado da delegação britânica do que eu. Mas tenho um trabalho a fazer neste verão (no hemisfério norte), e uma grande parte dele é apoiar os negócios britânicos”, declarou.
    Cameron tentou evitar os pedidos para alterar o plano de austeridade de sete anos de seu governo após os dados de quarta-feira, e garantiu aos dignitários reunidos que a redução do déficit continua no topo de sua agenda.
    “Tomamos decisões ousadas para tratar de nossas finanças públicas e ganhar a credibilidade dos mercados, e minha mensagem hoje é clara e inequívoca. Não tenham dúvida: vamos seguir em frente e terminar o trabalho”, acrescentou.
    Ele ainda reafirmou seu compromisso de melhorar a regulação do setor bancário britânico, cuja reputação foi abalada por um escândalo de manipulação de taxas de empréstimo nas últimas semanas.
    Os delegados na cúpula de comércio e investimento, a primeira de 17 planejadas para coincidor com a Olimpíada, incluem a diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, e líderes de multinacionais, como Eric Schmidt, CEO do Google, e Vittorio Colao, executivo-chefe da Vodafone.
    A Grã-Bretanha espera selar acordos de 1 bilhão de libras (cerca de 1,5 bilhão de dólares) com negócios que capitalizarão os Jogos.
    O governo também anseia em aplacar os críticos da Olimpíada que dizem que o evento é caro demais em um momento de finanças públicas sob estresse, ressaltando as oportunidades de negócio da ocasião e do uso dos locais de competição após o final do evento.
    Autoridades britânicas dizem que os Jogos custarão 9,3 bilhões de libras (14,5 bilhões de dólares), e Cameron e outros dizem que, apesar do evento, um plano de austeridade fiscal é essencial para a Grã-Bretanha manter a confiança dos mercados e manter o custo de seus empréstimos baixo.

    Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/esportes/olimpiadas/conteudo.phtml?tit=Cameron-aposta-na-Olimpiada-para-recuperar-economia&id=1279366

    Tecnológica

    Titulo: Atletas brasileiros utilizam uniformes tecnológicos na Olimpíada

    Em busca de medalhas nos Jogos Olímpicos de Londres, os atletas brasileiros terão a tecnologia como um fator aliado. Os representantes nacionais no atletismo e no vôlei tiveram tênis especiais desenvolvidos pela Asics, enquanto os atletas da Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) contarão com uniformes oficiais da marca.

    Criados pela estilista Tatiana Mancini, os novos uniformes foram feitos com tecidos inteligentes e tecnológicos. Além disso, as roupas desenvolvidas por Mancini apresentam características especiais que remetem aos principais aspectos do Brasil .

    Queríamos algo que transparecesse brasilidade só de olhar, como sacar logo de cara. A ideia foi dar um diferencial ainda maior para as peças através das estampas e cores. No uniforme da Seleção Brasileira feminina de handebol, utilizamos animais e toda a fauna brasileira com desenhos de araras com estampas de onça sobreposta”, afirmou a estilista.

    Nos Jogos Olímpicos de Londres, o uniforme utilizado pelos tenistas brasileiros será 100% em poliamida, com toque de algodão e conforto térmico. Mancini destacou que, além do fator estético, buscou criar um material que potencialize o desempenho dos atletas do Brasil .

    “É importante que o atleta se sinta a vontade com a peça. Por isso, pensamos em usar tecidos que proporcione conforto a eles. Desenvolvemos tecidos inteligentes, com sistemas que agregam funcionalidade às peças, como por exemplo, a Hydrology, tecnologia exclusiva ASICS que absorve e gerencia o suor, proporcionando melhor desempenho para as atletas”, encerrou.

    Fonte: http://www.espbr.com/noticias/atletas-brasileiros-utilizam-uniformes-tecnologicos-olimpiada

    Cientifica

    Titulo: Ciência ainda está distante do esporte no País, dizem especialistas

    Governo tem banco de dados
    Cerca de uma década atrás, o Ministério do Esporte deu início a um banco de dados por meio do qual é possível ter acesso às possibilidades biométricas dos indivíduos cadastrados, o que permite fazer uma estimativa quanto às capacidades atléticas de cada um deles. Esse banco, que hoje já conta com mais de 20 mil mensurações, estimulou uma série de pesquisas na área de educação física.

    “A UnB e a Católica de Brasília desenvolveram, então, um projeto de coleta de genes de possíveis atletas, que pode ser usado na promoção de talentos desportivos. Utilizando essa possibilidade genética, somando a parte antropométrica com a parte técnica, podemos dizer se um indivíduo tem mais chances do que outro de ter sucesso em uma atividade esportiva, como corridas de 100 metros, por exemplo”, explica Jacó de Oliveira.

    Para ele, o desenvolvimento da atividade esportiva e de pesquisas científicas na área ainda são muito baixos para um país tão grande e populoso como o Brasil , havendo a necessidade de se pensar em investimentos a longo prazo. “Os indivíduos que começam a treinar hoje competirão daqui a duas Olimpíadas, em média. Claro que existem alguns casos em que o desenvolvimento de um potencial atlético ocorre rapidamente, mas em países como Estados Unidos e Jamaica, por exemplo, o tempo para ganhar uma prova de nível mundial pode ser de até 10 anos”, afirma.

    Fonte: http://www.espbr.com/noticias/ciencia-distante-esporte-no-pais-dizem-especialistas

    Aluna: Maria Eduarda Demmer

  136. Informação Tecnológica;

    Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/tecnologia/2012/08/05/interna_tecnologia,310101/estrutura-montada-para-olimpiadas-2012-e-marcada-pela-alta-performance-tecnologica.shtml

    Neste ano, pela primeira vez na história das Olimpíadas, todos os 26 esportes estão sendo monitorados e têm seus resultados processados em tempo real pelo Sistema de Informação do Comentador (CSI, em inglês), que, com o Centro de Operações, transmite os dados a todas as partes do mundo. A novidade pode não surpreender tanto os fãs do futebol, do vôlei e do basquete, esportes com uma contagem de pontos mais evidente, mas é um alívio para aqueles que vibram com as provas de atletismo, por exemplo. Em algumas modalidades, demorava-se quase 15 minutos para que o vencedor e seu respectivo tempo de prova fossem conhecidos.
    “Na maioria dos jogos, é muito importante. Imagina uma prova de natação, em que o resultado demora mais de um minuto para aparecer. E se ainda aparece errado? Já aconteceu com o Gustavo Borges”, lembra João Gondim, professor de ciência da computação da Universidade de Brasília.

    ———————–

    Informação Informativa

    Fonte: http://papodehomem.com.br/o-que-esperar-das-olimpiadas-de-londres-em-2012/

    O que esperar das Olimpíadas de Londres em 2012:

    A 30ª edição das olimpíadas modernas acontecerão antes do fim do mundo com uma promessa dos organizadores: o maior espetáculo que o mundo conhece vai ser ainda maior.
    Milhões de pessoas já estão aguardando a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres, no dia 27 de julho. São esperados 15.000 atletas que disputarão 26 esportes divididos em 39 modalidades, além de 20.000 profissionais de imprensa credenciados, vindos de 200 países. Para ajudar a imaginar a magnitude, pense esse número é maior que os países membros da ONU.

    A capital inglesa já sediou as olimpíadas em outras duas oportunidades, 1908 e 1948. A última teve um caráter bem emblemático, já que foram os primeiros jogos após as interrupções de 1940 e 1944, devido aos acontecimentos da 2ª Guerra Mundial.

    ———————–

    Informação Empresarial:

    Fonte: http://www.appudi.com.br/app.qps/newsview/8DFDF557FC9A49DA032574EF00440D71

    Os canais da Globosat serão os únicos da TV por assinatura a terem o direito de exibir os Jogos Olímpicos de Londres, de 2012. Depois de um processo de negociação, foi confirmada nesta sexta-feira, 24, a negociação realizada entre a Rede Record (detentora exclusiva da transmissão dos jogos) e as Organizações Globo, que confere à Globosat o direito de exibir os Jogos, com exclusividade na TV à cabo.

    ———————-

    Informação Científica:

    Fonte: http://www.clicnews.com.br/noticias/quinta-da-estancia-promove-projeto-voltado-as-olimpiadas-de-2012/148234

    A Fazenda Quinta da Estância, de Viamão/RS, desenvolveu um programa pedagógico e multidisciplinar único sobre as Olimpíadas 2012. As atividades aliam esporte, história e geografia, possibilitando aos alunos conhecimento teórico-prático do maior evento esportivo do mundo.

    ———————

  137. Informação informativa

    Brasil perde da Argentina no basquete e está fora das Olimpíadas

    Equipe verde-amarela jogou mal na defesa e deixou estrelas argentinas jogarem

    Depois de 16 anos sem participar de Olimpíadas, terminou nesta quarta-feira (8) a participação do basquete masculino do Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres. Com uma defesa fraca e cometendo muitos erros de ataque, o Brasil não conseguiu superar o forte quinteto argentino, perdeu por 82 a 77 e deu adeus a Londres.

    Durante a partida, o Brasil cometeu muitos erros de ataques e apresentou uma marcação frouxa, diferente da primeira fase dos Jogos, quando teve a melhor defesa.

    Do outro lado, Carlos Delfino, Manu Ginobili e Luis Scola mostraram porque foram campeões olímpicos em 2004 e porque ainda são forte candidatos a subir ao pódio em Londres. Juntos, os três anotaram 49 pontos e levaram a Argentina às semifinais.

    Fonte: http://rederecord.r7.com/londres-2012/noticias/brasil-perde-da-argentina-no-basquete-e-esta-fora-das-olimpiadas/

    Informação Tecnológica

    Lótus lança táxi movido a hidrogênio para Olimpíadas de 2012

    Com informações da BBC – 04/08/2010
    Lótus lança táxi movido a hidrogênio para Olimpíadas de 2012
    Londres poderá ter os seus primeiros táxis com emissão zero, movidos a hidrogênio, circulando durante os Jogos Olímpicos de 2012. [Imagem: Lotus Engineering]

    Táxi a hidrogênio

    Londres poderá ter os seus primeiros táxis com emissão zero, movidos a hidrogênio, circulando durante os Jogos Olímpicos de 2012.

    Os táxis desenvolvidos pela Lotus, equipe britânica de Fórmula 1 e que também produz carros esporte, têm o chassis igual ao do atual Black Cab inglês e pesam as mesmas 2,6 toneladas.

    Sua aceleração de 0 a 100 km/hora se dá em 15,5 segundos – lenta se comparada a maioria dos carros, mas sete segundos mais rápida do que um Black Cab comum. Sua velocidade máxima é de 128 km/h.

    Visto de fora, ele parece um táxi comum, mas as rodas traseiras são movidas por dois motores elétricos movidos por uma bateria de polímero de lítio – apesar de não ser um carro elétrico no sentido convencional.

    Híbrido elétrico-hidrogênio

    A principal fonte de energia do carro são células de combustível que convertem energia de hidrogênio – armazenado em um tanque sob o capô do carro – em eletricidade.

    Os motores elétricos podem ser movidos pelo sistema de células de combustível, ou por bateria, ou por uma combinação dos dois.

    A bateria do carro é alimentada cada vez que o veículo é freado, tanto pelo excesso de eletricidade criado pelas células de combustível, como pela energia cinética capturada durante a frenagem e enviada para os motores elétricos.

    Com as duas diferentes fontes de energia, o carro poderia ser considerado híbrido, apesar de que, normalmente, o termo veículo híbrido se refira a carros movidos a gasolina e eletricidade.

    Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=lotus-taxi-movido-hidrogenio&id=010170100804

    Informação Empresarial

    Olimpíadas de Londres movem e-commerce nacional.

    Desde o início do mês de julho, lojas virtuais especializadas em esporte têm visto suas vendas ampliarem até 50% durante este período.

    Da mesma forma como aconteceu em 2010 durante a Copa do Mundo de Futebol, as Olimpíadas de Londres 2012 têm proporcionado ao e-commercenacional o aquecimento das vendas relacionadas a artigos esportivos.

    Desde o início do mês de julho, lojas virtuais especializadas em esporte têm visto suas vendas ampliarem até 50% durante este período. Aproveitar tais acontecimentos mundiais é uma ótima oportunidade para a expansão das negociações, por isso, vale à pena apostar na divulgação do empreendimento.

    Como, tradicionalmente, as Olimpíadas agregam a competição de várias modalidades esportivas, não há uma restrição para atrair potenciais consumidores, pelo contrário, as chances de alcançar um público mais aberto e disposto a consumir motivados pelo evento são muito maiores.

    Vale lembrar que os principais retornos são, sim, para lojas virtuais que trabalham efetivamente no ramo esportivo, contudo, independente do segmento, o e-commerce tem total liberdade para aproveitar o tema e o período para despertar o patriotismo dos brasileiros durante o período das competições.

    Felipe Martins – fundador e presidente da empresa DOTSTORE, especializada em criação e assessoria em Loja Virtua.

    Fonte: http://www.administradores.com.br/informe-se/administracao-e-negocios/olimpiadas-de-londres-movem-e-commerce-nacional/57956/

    Informação Científica

    ENSINO DE HISTÓRIA E INTERDISCIPLINARIDADE: CONSTRUÇÕES PLURAIS DO
    CONHECIMENTO

    Paulo César Estaitt Garcia

    RESUMO: No atual contexto educacional, é mais do que necessário ultrapassar os
    limites estanques das disciplinas tradicionais. Neste artigo é apresentada uma proposta de
    trabalho interdisciplinar e transdisciplinar a partir dos Jogos Olímpicos a serem realizados
    no ano de 2012 em Londres. O projeto contempla ações pedagógicas conjuntas entre os
    professores de História, Geografia, Filosofia, Literatura e Educação Física.

    PALAVRAS-CHAVES: História, Olimpíadas, Interdisciplinaridade.

    Segunda-feira, no primeiro período geografia, nos dois próximos matemática, após
    o intervalo, dois períodos de português. Terça-feira, nos dois primeiros períodos história,
    no seguinte educação física, nos dois últimos português e literatura. Poderia continuar
    citando todo o horário do restante da semana, demarcando os espaços de cada
    matéria/disciplina dentro de uma grade de conteúdos e de horários. Essa divisão, tida
    como normal e tradicional, reflete na grande maioria dos casos não apenas uma estrutura
    logística e organizacional, como também reflete a própria concepção de conhecimento dos
    educadores. Os conteúdos são arranjados dentro de disciplinas definidas, as quais
    corresponde a um determinado período de tempo. Divisões estanques que não inter-
    relacionam os conhecimentos, provocando nos alunos um sentimento de artificialidade
    uma vez que o que se aprende não encontra referencial na complexidade do real.
    Esta é a organização tradicional de quase todas as escolas, reflexo de uma
    postura oriunda do século XIX: a organização disciplinar dos conhecimentos científicos. A
    disciplinarização dos conhecimentos encontra sua origem na formação das universidades
    modernas e possibilita duas grandes vantagens: a definição de um campo de atuação para
    cada área do conhecimento e a possibilidade de selecionar objetos específicos para os
    estudos científicos. A problemática que hora se reflete no processo de ensino-
    aprendizagem é quando estas duas vantagens não são relativizadas: de um lado, o objeto
    alcança o status de autossuficiente, perdendo-se as relações entre o mesmo e outros
    objetos de outras disciplinas; de outro lado, as disciplinas se especializam ao ponto de
    criar limites e fronteiras rígidas o bastante para impedir o diálogo com outras disciplinas
    sobre problemas e objetos comuns (Morin, 2002, p. 105-106).
    Nesse contexto, cabe perguntar o que se propõe no processo de ensino-
    aprendizagem, quais seus objetivos? Nesta busca de finalidades, uma das respostas
    possíveis poderia ser a seguinte:
    “Elas consistem em dar aos alunos, aos adolescentes que vão enfrentar
    o mundo do terceiro milênio uma cultura, que lhes permitirá articular, religar,
    contextualizar, situar-se num contexto e, se possível, globalizar, reunir os
    conhecimentos que adquiriram.” (Morin, 2002, p. 29).

    BIBLIOGRAFIA
    1. ABREU, Martha. SOIHET, Rachel (Orgs). Ensino de história: conceitos,
    temáticas e metodologia. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003.
    2. ALVES, Rubem. Conversas com quem gosta de ensinar. Campinas, SP:
    Papirus, 2000.
    3. FERREIRA, José Ribeiro. A Grécia Antiga. Lisboa: Edições 70, 1992.
    4. FINLEY, Moses. Democracia antiga e moderna. Rio de Janeiro: Graal, 1988.
    5. FINLEY, Moses. Os gregos antigos. Lisboa: Edições 70, 1984.
    6. FONSECA, Selva Guimarães. Didática e prática de ensino de história:
    experiências, reflexões e aprendizagens. Campinas, SP: Papirus, 2003.
    7. FREITAS NETO, José Alves. A transversalidade e a renovação do ensino de
    história. In: KARNAL, Leandro (Org.). História na sala de aula: conceitos,
    práticas e propostas. São Paulo: Contexto, 2003.
    8. GRINBERG, Keila. LAGOA, Ana Maria Mascia. GRINBERG, Lúcia. Oficinas de
    história: projeto curricular de Ciências Sociais e de História. Belo
    Horizonte: Dimensão, 2000.
    9. KARNAL, Leandro. Da Acrópole à Agora. In: PADROS, Enrique…[et. all]. Ensino
    de história: formação de professores e cotidiano escolar. Porto Alegre:
    EST, 2002.
    10. MORIN, Edgar. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o
    pensamento. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2002.
    11. MORIN, Edgar. Educação e complexidade: os sete saberes e outros ensaios.
    São Paulo: Cortez, 2002.
    12. MOSSE, Claude. As instituições gregas. Lisboa: Edições 70, 1985.
    13. SCHMIDT, Maria Auxiliadora. A formação do professor de História e o cotidiano
    da sala de aula. In: BITTENCOURT, Circe (Org.). O saber histórico na sala de
    aula. São Paulo: Contexto, 1998.

    Fonte: http://websmed.portoalegre.rs.gov.br/escolas/emilio/autoria/artigos2011/paulo-garcia2011.pdf

  138. Tipo: Informativa
    Fonte: http://oglobo.globo.com/olimpiadas2012/brasil-vence-russia-esta-na-semifinal-do-volei-feminino-5714582

    Brasil vence Rússia e está na semifinal do vôlei feminino

    Num jogo emocionante, no qual a torcida brasileira cantou muito no ginásio em Londres, a seleção brasileira de vôlei feminino venceu a Rússia por 3 sets a 2 (24/26, 25/22, 19/25, 25/22 e 21/19) e se classificou para a semifinal. Com a vitória, as atuais campeãs olímpicas vão enfrentar o Japão, que derrotou a China também por 3 a 2. Foi a primeira derrota da forte seleção russa nos Jogos de Londres. A Rússia chegou a ter seis match points no tie break, cinco deles quebrados em bolas de Sheila. Fernanda Garay então foi para o saque no final e desequilibrou a partida. O último ponto foi conquistado em uma cortada de Fabiana.

    Após o tie-break emocionante, mal a bola de Adriana caiu no chão o técnico José Roberto Guimarães comemorou com um peixinho.
    - Eu tinha que dar (o peixinho). Estava entalado, era um jogo muito importante, não só o fato de avançar às semis, mas de tirar o estigma de não ganhar da Rússia. Em Pequim elas perderam para a gente sem fazer 17 pontos em nenhum set. Hoje saímos de várias situações difíceis. Já passamos por um momento difícil na fase de classificação, contra a Coreia do Sul, e deu no que deu. Só posso agradecer a papai do céu tudo o que está acontecendo – disse o treinador, em entrevsita ao Sportv.

    Após a partida, Fernanda Garay falou sobre o seu saque, que deu origem ao ponto final brasileiro.
    - Foi um saque abançoado, que entrou no momento certo e essa é a força do nosso grupos. Elas tiveram várias match-points e é na hora importante que a gente cresce – disse, sorridente

    O Brasil começou jogando bem, trocando a liderança com as russas. No fim do primeiro set, no entanto, as brasileiras perderam o controle do jogo. Em erro de ataque de Sheila, a Rússia fechou por 26 a 24, em 32 minutos.

    No segundo set, a equipe brasileira voltou mais concentrada e ditando o ritmo da partida. Sem passar sufoco, elas venceram o set por 25 a 22 em 30 minutos. O empate deixava a impressão que o time de José Roberto Guimarães cresceria no jogo, mas não foi o que aconteceu.

    Desconcentrada, a equipe brasileira fez um péssimo terceiro set e perdeu por 25 a 19, em 26 minutos. Com a moral em baixa, no quarto set quem apareceu foi a torcida brasileira, maioria no ginásio. Cantando “Eu sou brasileiro…”, eles levantaram o espírito da equipe, que liderou a maior parte do set. Num lindo bloqueio de Fabiana, o Brasil fechou com 25 a 22.

    No tie-break, o Brasil jogava bem. Quando a seleção vencia por 11 a 9, o juiz errou ao dar uma bola fora em ataque de Fernanda Garay. Apesar do nervosismo com o árbitro, o time não perdeu o equilíbrio e virou a bola seguinte. No fim do jogo, o Brasil salvou seis match-points, cinco em ataques de Sheila, antes de fechar por 21 a 19, em cortada de Fabiana.

    Acho que depois desse jogo, provamos que estamos mais vivas do que nunca. Por tudo o que passamos nos últimos jogos, nos últimos dias, todo o sofrimento, mostramos que o time está vivo. A gente vai mais fortalecido ainda para as semis – comentou Natália.
    ———————————————————-

    Tipo: Tecnológica
    Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/tecnologia/2012/08/05/interna_tecnologia,310101/estrutura-montada-para-olimpiadas-2012-e-marcada-pela-alta-performance-tecnologica.shtml

    Estrutura montada para Olimpíadas 2012 é marcada pela alta performance tecnológica

    Neste ano, pela primeira vez na história das Olimpíadas, todos os 26 esportes estão sendo monitorados e têm seus resultados processados em tempo real pelo Sistema de Informação do Comentador (CSI, em inglês), que, com o Centro de Operações, transmite os dados a todas as partes do mundo. A novidade pode não surpreender tanto os fãs do futebol, do vôlei e do basquete, esportes com uma contagem de pontos mais evidente, mas é um alívio para aqueles que vibram com as provas de atletismo, por exemplo. Em algumas modalidades, demorava-se quase 15 minutos para que o vencedor e seu respectivo tempo de prova fossem conhecidos.

    “Na maioria dos jogos, é muito importante. Imagina uma prova de natação, em que o resultado demora mais de um minuto para aparecer. E se ainda aparece errado? Já aconteceu com o Gustavo Borges”, lembra João Gondim, professor de ciência da computação da Universidade de Brasília.

    Ele se refere à prova final dos 100 metros livres na Olimpíada de Barcelona, em 1992. O tempo do nadador brasileiro foi marcado errado pelo placar eletrônico. Duas revisões precisaram ser feitas até garantir a Borges a medalha de prata. Nos Jogos de Inverno de 2002, em Salt Lake City (EUA), dois atletas foram premiados com a medalha de ouro na mesma prova porque nem os testes mais ostensivos das centrais tecnológicas conseguiram resolver o impasse.

    Além da tecnologia aplicada às disputas em si, todos os sistemas de segurança, de credenciamento, de obtenção e de processamento de resultados são integrados e controlados pelo Centro de Operações Tecnológicas – o cérebro eletrônico que tem funcionado ininterruptamente.

    Chefe da integração de sistemas para Londres 2012 da Atos – parceira tecnológica dos Jogos Olímpicos, Michele Hyron ressalta que incessantes testes foram realizados para evitar erros. “Realizamos mais de 200 mil horas de avaliação minuciosa do sistema de TI (tecnologia da informação) para Londres 2012, que irá processar 30% a mais de informações do que em outros jogos da história”, afirma Hyron. Gondim acredita que os cuidados devem servir de exemplos ao brasileiros, que realizarão o evento em 2016. “É uma lição que precisamos levar e lembrar quando os Jogos forem aqui. Tudo começa muito cedo. A infraestrutura de TI estava razoavelmente pronta quase um ano antes dos ogos”, alerta.

    Redes sociais A interação das redes sociais e a velocidade de navegação que está disponível nos locais de provas também estão entre as principais novidades do evento. Na edição de 2008, ocorrida na China, inúmeras restrições do país ao tráfego livre de informação delegou o papel de coadjuvante à rede mundial de computadores, que, agora, voltará à posição dianteira. A Inglaterra está entre os mais avançados polos tecnológicos do mundo e deve elevar em muito o nível do serviço de interação e fluxo de informações.

    “É um grande desafio porque, hoje, um dos tipos de informação que mais gera tráfego na rede móvel são as fotos. A gente sabe que em um estádio, por exemplo, temos uma quantidade imensa da celulares transmitindo imagens simultaneamente. É muita coisa”, detalha o professor da Faculdade de Engenharia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Edgar Bortolini.

    Os dados estão sendo transmitidos ao mundo todo por uma conexão de altíssima performance. “O Centro de Operações Tecnológicas é basicamente o centro nervoso, para onde são enviados todos os mapeamentos e monitoramentos que estão sendo feitos em cada um dos locais por meio de uma rede de telecomunicações extremamente avançada. Ao mesmo tempo em que chega, ela precisa ser imediatamente repassada”, enfatiza Christian Carlos de Souza Mendes, chefe do Departamento de Infraestrutura e Tecnologia da Informação da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

    A pressão para que não haja erros vem não só dos atentos espectadores e atletas, como também de diversas instituições esportivas que são contra o uso de tecnologia de ponta. “Muitos alegam os problemas que a tecnologia pode gerar e principalmente que o envolvimento dos dispositivos levaria à perda da paixão pelo esporte. É muito difícil nada dar errado”, considera o professor Mendes.

    ———————————————————-
    Tipo: Empresarial
    Fonte: http://brazilianpublishers.com/sala-de-imprensa/materia/apex-brasil-realiza-eventos-durante-olimpiadas-de-londres/

    Apex-Brasil realiza eventos durante Olimpíadas de Londres

    A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) está promovendo o Brasil como destino para investimentos produtivos diretos durante os Jogos Olímpicos em Londres (Reino Unido).

    Nesta quinta-feira (26), a Apex-Brasil inaugurou, na nova Embaixada do Brasil em Londres, a mostra Liquidscapes, que apresenta a qualidade e o potencial da arte contemporânea brasileira para o mercado inglês durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2012. A mostra sobre economia criativa, que recebeu a visita da presidenta Dilma Rousseff, faz parte da exposição Brazil at Heart, realizada em parceria com o Ministério do Esporte, o Ministério do Turismo e a Embratur.

    A concepção da mostra contou com o apoio da Associação Brasileira de Arte Contemporânea (ABACT) e tem curadoria do galerista Baixo Ribeiro.

    Segundo o presidente da Apex-Brasil, Mauricio Borges, a mostra tem a intenção de “apresentar para o mundo o Brasil criativo e empreendedor, preparado para os desafios e capaz de receber e ressignificar as tendências e influências recebidas”.

    A Casa Brasil, no espaço Somerset House, será palco de dois seminários promovidos pela Apex-Brasil, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e com a Embaixada do Brasil em Londres, para os quais estão sendo convidados investidores e formadores de opinião dos setores aeroespacial, de equipamentos médicos e de centros de pesquisa e desenvolvimento.

    No dia 8 de agosto, palestrantes do governo e do setor privado especialistas no setor aeroespacial irão debater o futuro dessa indústria no Brasil e as oportunidades de investimento na cadeia produtiva. Já no dia 9 de agosto, os temas serão a indústria de equipamentos médicos e os centros de pesquisa e desenvolvimento.

    Entre os palestrantes estão Gutemberg Uchôa, gerente de Investimentos da Apex-Brasil, Heloísa Helena, secretária de Desenvolvimento da Produção do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Eduardo Mauad, vice-presidente da Helibrás, Adriana Machado, presidente da General Electric (GE) no Brasil, e Pedro Alem, gerente de Política Industrial da CNI, dentre outros.

    “Os setores escolhidos para esses seminários são prioritários para a Apex-Brasil, pois a atração de investimentos produtivos diretos nessas cadeias produtivas têm impactos positivos na competitividade da economia brasileira”, afirma Mauricio Borges, presidente da Apex-Brasil.

    O Reino Unido passou de 10º país no ranking de origem dos investimentos estrangeiros realizados no Brasil entre 2007 e 2009 para 6º em 2011. Entre 2009 e 2011, houve um crescimento de 168,19% no valor dos investimentos do país no Brasil, resultado dos esforços do governo federal em aumentar a credibilidade e a segurança jurídica do Brasil.

    Exposição Brazil at Heart

    A mostra da Apex-Brasil, denominada Liquidscapes (Paisagens Líquidas), é uma forma de apresentar a criatividade, originalidade e qualidade da produção artística brasileira ao público em geral e também aos formadores de opinião do setor de arte contemporânea. A mostra, que inclui um video mapping com projeção de imagens relacionadas ao Brasil e uma instalação, foi desenvolvida pelo coletivo artístico Bijari, de São Paulo, formado por arquitetos e artistas que se dedicam à criação de artes visuais e multimídia. O Bijari é reconhecido como um centro de vanguarda em criação audiovisual e referência nos circuitos artísticos nacional e internacional.

    “Esta é uma oportunidade muito relevante para promover a aproximação dos profissionais brasileiros com o público formador de opinião da Inglaterra, país considerado um dos principais mercados do setor”, comenta Mauricio Borges. “A ação fortalece nossa estratégia de divulgação, no exterior, da economia criativa brasileira e apresenta ao mundo a capacidade de criação dos nossos profissionais”, completa.

    A exposição “Brazil at Heart” foi aberta nesta quinta-feira (26). Até o final dos Jogos Paralímpicos (8 de setembro), o espaço funcionará diariamente, com programação variada, incluindo palestras, sessões de cinema brasileiro e workshops organizados pelo governo brasileiro e por instituições parceiras.

    A Apex-Brasil apoia a promoção internacional dos negócios de dez setores que se enquadram no conceito de economia criativa: arte contemporânea, música, artesanato, cinema, produção de conteúdo para TV, produção editorial, softwares e games, design de moda, arquitetura e propaganda.

    A mostra em Londres está sendo realizada em parceria com a Associação Brasileira de Arte Contemporânea (ABACT). A Apex-Brasil e a ABACT executam o Projeto de Promoção Internacional da Arte Contemporânea Brasileira, que representa 40 galerias de arte de sete estados brasileiros, promovendo o trabalho de aproximadamente 800 artistas.
    ———————————————————-

    Tipo: Pessoal
    Fonte: http://esportes.r7.com/blogs/alvaro-jose/

    6 de agosto, o dia do Brasil Olímpico

    Nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, eu vivi essa data.

    O Brasil foi prata no judô com Douglas Vieira de manhã.

    À tarde, Joaquim Cruz voou no estádio olímpico e ganhou os 800 metros rasos, batendo o britânico recordista mundial, Sebastian Coe. Ouro.

    Long Beach Arena à noite e a geração da prata do vôlei precisava da vitória contra os Estados Unidos para ir às semifinais.

    Nosso vôlei masculino arrasou. Willian fez o melhor jogo da sua vida, distribuiu como nunca para os ataques rápidos de Montanaro e Bernard e as pancadas de Xandó.

    Amauri, Renan, todos fizeram 3 x 0 nos Estados Unidos.

    Tudo numa segunda-feira, 6 de agosto.

    Aqui, Londres 2012, 6 de agosto, também uma segunda-feira, 28 anos depois.

    Parece que o tempo dos Jogos tem outra lei que foge à relatividade ou física quântica. Parece que foi ontem que eu estava em Los Angeles.

    Mas o túnel do tempo me transportou para Londres 2012, ao lado de uma comentarista que vi começar sua trajetória esportiva no Pan de 1991 com seus dois ouros. Minha amiga Luisa Parente.

    Arthur Zanetti, final das argolas, foi o último a se apresentar.

    Chen, campeão olímpico e mundial, deu as cartas: 15.800.

    Saído do ABC paulista, Arthur trabalhou o psicológico como ninguém. Ignorou pressão, adversários e optou por uma série difícil.

    Uma série que valeu o ouro. O maior momento da nossa ginástica.

    Arthur entra para o Olimpo do esporte brasileiro e está com a vida garantida até o Rio 2016. Ele merece.

    E tudo isso numa segunda feira, 6 de agosto.

    Obrigado Arthur por me fazer chorar de felicidade na North Greenwich Arena.

    Lágrimas que embalaram a segunda medalha brasileira em Londres.

    Olimpíada é um mundo mágico cujo caminho passa pela estação de King Cross para chegar à ginástica. Mesma estação que Harry Potter e seus amigos embarcam. Lá existe a plataforma 9 ¾.

    Aqui a magia acontece, mas nem todos percebem.

    ———————————————————-

    Tipo: Científica
    Fonte: (Versão HTML) http://scholar.googleusercontent.com/scholar?q=cache:aWKTTHdF5nsJ:scholar.google.com/+ol%C3%ADmpiadas+2012&hl=pt-BR&as_sdt=0
    (Versão PDF) http://www.revista.inf.br/turismo16/artigos/TU916102.pdf

    COPA DO MUNDO E OLIMPÍADAS NO BRASIL: PERSPECTIVAS DE CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DO TURISMO BRASILEIRO

    RESUMO:
    O Brasil sediará nos próximos anos, dois dos maiores eventos esportivos de todo o mundo: a Copa
    do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Esses eventos se constituem em oportunidades
    ímpares para o desenvolvimento turístico do Brasil. Afinal, por meio destes teremos uma maior
    visibilidade, através da exposição e repercussão destes nos veículos de mídia, de nossa imagem
    enquanto destinação turística. Tais eventos poderão ser encarados como elementos motivadores e
    dinamizadores de transformações que implicarão e incitarão uma completa modificação da
    infraestrutura do país como um todo, desde a hotelaria, passando pelos modais de transporte, e
    melhoria da qualidade de serviços (incluindo transporte, saneamento, comunicação, educação,
    segurança), envolvendo toda a superestrutura brasileira com implicações em políticas públicas,
    instituições regulamentadoras, etc.. Toda essa visão resultará em uma ação potencial para produzir
    divisas muito maiores do que aquelas auferidas atualmente pelo segmento turístico brasileiro. Neste
    estudo aborda-se a realização desses dois mega eventos esportivos, no contexto da ampliação das
    oportunidades geradas pelo segmento turístico no Brasil e quais os reflexos que produzirão no país,
    tanto na melhoria da infraestrutura turística, quanto no aumento do número de visitantes e de receita
    proporcional à riqueza do país produzida pelo turismo.
    Palavras-chave: Lazer. Recreação. Tempo Livre. Turismo.

  139. Informação Tecnológica;

    Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/tecnologia/2012/08/05/interna_tecnologia,310101/estrutura-montada-para-olimpiadas-2012-e-marcada-pela-alta-performance-tecnologica.shtml

    Neste ano, pela primeira vez na história das Olimpíadas, todos os 26 esportes estão sendo monitorados e têm seus resultados processados em tempo real pelo Sistema de Informação do Comentador (CSI, em inglês), que, com o Centro de Operações, transmite os dados a todas as partes do mundo. A novidade pode não surpreender tanto os fãs do futebol, do vôlei e do basquete, esportes com uma contagem de pontos mais evidente, mas é um alívio para aqueles que vibram com as provas de atletismo, por exemplo. Em algumas modalidades, demorava-se quase 15 minutos para que o vencedor e seu respectivo tempo de prova fossem conhecidos.
    “Na maioria dos jogos, é muito importante. Imagina uma prova de natação, em que o resultado demora mais de um minuto para aparecer. E se ainda aparece errado? Já aconteceu com o Gustavo Borges”, lembra João Gondim, professor de ciência da computação da Universidade de Brasília.

    ———————–

    Informação Informativa

    Fonte: http://papodehomem.com.br/o-que-esperar-das-olimpiadas-de-londres-em-2012/

    O que esperar das Olimpíadas de Londres em 2012:

    A 30ª edição das olimpíadas modernas acontecerão antes do fim do mundo com uma promessa dos organizadores: o maior espetáculo que o mundo conhece vai ser ainda maior.
    Milhões de pessoas já estão aguardando a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres, no dia 27 de julho. São esperados 15.000 atletas que disputarão 26 esportes divididos em 39 modalidades, além de 20.000 profissionais de imprensa credenciados, vindos de 200 países. Para ajudar a imaginar a magnitude, pense esse número é maior que os países membros da ONU.

    A capital inglesa já sediou as olimpíadas em outras duas oportunidades, 1908 e 1948. A última teve um caráter bem emblemático, já que foram os primeiros jogos após as interrupções de 1940 e 1944, devido aos acontecimentos da 2ª Guerra Mundial.

    ———————–

    Informação Empresarial:

    Fonte: http://www.appudi.com.br/app.qps/newsview/8DFDF557FC9A49DA032574EF00440D71

    Os canais da Globosat serão os únicos da TV por assinatura a terem o direito de exibir os Jogos Olímpicos de Londres, de 2012. Depois de um processo de negociação, foi confirmada nesta sexta-feira, 24, a negociação realizada entre a Rede Record (detentora exclusiva da transmissão dos jogos) e as Organizações Globo, que confere à Globosat o direito de exibir os Jogos, com exclusividade na TV à cabo.

    ———————-

    Informação Científica:

    Fonte: http://www.clicnews.com.br/noticias/quinta-da-estancia-promove-projeto-voltado-as-olimpiadas-de-2012/148234

    A Fazenda Quinta da Estância, de Viamão/RS, desenvolveu um programa pedagógico e multidisciplinar único sobre as Olimpíadas 2012. As atividades aliam esporte, história e geografia, possibilitando aos alunos conhecimento teórico-prático do maior evento esportivo do mundo.

    ———————

  140. Informação científica
    COB anuncia últimos seis atletas que participarão do Projeto Vivência Olímpica
    Comitê levará 16 jovens atletas a Londres 2012, visando aos Jogos Rio 2016
    O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) definiu os últimos seis atletas dos 16 que participarão do Projeto Vivência Olímpica. Thiago Braz (atletismo), Bruno Matheus (triatlo), Jéssica Reis (atletismo), Arthur Mendes Júnior (natação), Lais Nunes (lutas) e Bernardo Souza (tiro com arco) irão para Londres durante os Jogos Olímpicos 2012, mesmo sem estarem classificados para as disputas. O objetivo do COB é antecipar a experiência olímpica destes jovens atletas, quebrando o gelo para 2016. “Queremos que eles vivenciem uma estreia olímpica quatro anos antes dos Jogos do Rio, ainda sem pressão por resultados. Assim, eles terão mais vontade de ir aos Jogos, com mais conhecimento do que significa uma participação no maior evento esportivo do mundo”, explicou Marcus Vinicius Freire, superintendente executivo de esportes do COB.
    “Fiquei muito emocionada com o convite do COB para fazer parte desse grupo e ter a oportunidade de ganhar essa experiência. É algo que me acrescentará muito como atleta”, comentou Lais Nunes, da luta olímpica, que está em Madrid para a disputa do GP da Espanha de luta. “Para o meu esporte será muito importante, até para aumentar a divulgação no Brasil. Tenho grandes expectativas em relação ao meu primeiro contato com os Jogos Olímpicos. Vou acompanhar a lutadora brasileira Joice Silva e absorver tudo o que for possível”, disse a atleta. Depois do GP de Madrid, Lais cumpre um período de treinamento ainda na Espanha antes de seguir para a França para mais 20 dias de treino com as equipes francesa e americana.
    Os seis nomes divulgados nesta sexta-feira se juntam a outros dez, anunciados em junho: Alessandra Marchioro (natação), Felipe Wu (tiro), Flávia Gomes (judô), Hugo Calderano (tênis de mesa), Isaquias Queiros (canoagem), Andressa Mendes (saltos ornamentais), Martine Grael (vela), Rebeca Andrade (ginástica artística), Thiago Monteiro (tênis) e Vitor Gonçalves (vôlei de praia).
    Para selecionar os atletas, o COB, em conjunto com as Confederações Brasileiras Olímpicas, identificou jovens com histórico de resultados nas categorias de base, em alguns casos já na categoria adulta, e com potencial de evolução até os Jogos Olímpicos Rio 2016. O projeto é voltado apenas para atletas de modalidades individuais ou em dupla. O desempenho dos atletas nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010, campeonatos e ranking mundiais foram os principais critérios de escolha.
    Em Londres, os atletas serão divididos em três grupos. A rotina deles incluirá treinamento, quando possível, ou acompanhamento dos treinos de sua modalidade, assistir às competições de sua modalidade, conhecer a Vila Olímpica, visitar a Casa Brasil, entrar em contato com a imprensa. Enfim, tudo o que possa ser antecipado em termos de vivência em uma edição de Jogos Olímpicos. Atletas de judô e vôlei de praia, por exemplo, podem ser utilizados como sparrings – estes ficarão mais tempo. Todos ficarão alojados no Centro Esportivo Crystal Palace, base exclusiva de treinamento do Time Brasil antes e durante os Jogos Olímpicos de Londres 2012. O projeto será liderado por Soraya Carvalho, ginasta olímpica em Atlanta 1996, com experiência em formação e qualificação no esporte. Atualmente, Soraya é gestora de cursos e programas do Instituto Olímpico Brasileiro. Soraya também integrou a Missão Brasileira nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010.
    O Projeto Vivência Olímpica é uma ação do Programa Geração Rio16, que está sendo desenvolvido pelo Comitê Olímpico Brasileiro tendo como meta os Jogos Olímpicos Rio 2016.
    Confira os perfis dos atletas do projeto Vivência Olímpica anunciados nesta sexta:
    Arthur Mendes Filho (natação)
    Local de nascimento: Cáceres (MT)
    Data de nascimento: 07/09/1993
    Principais resultados:
    - Medalha de bronze nos 200m borboleta no Campeonato Brasileiro Absoluto 2012 – Troféu Maria Lenk.
    - Medalha de bronze nos 100m borboleta no Campeonato Mundial Junior 2011, em Lima, Peru
    - Medalha de prata nos 100m borboleta no Torneio Multinations 2010
    - Medalha de ouro nos 100m e 200m borboleta no Torneio Multinations 2009
    Perfil: O pai, seu grande incentivador, foi quem o colocou numa escolhinha com apenas seis anos para aprender a nadar na praia com segurança. Começou a ser observado mais de perto quando venceu em 2009 provas dos Torneios Multinations, competições europeias para jovens. Em 2011, foi o único sul-americano a ganhar medalha no Mundial Júnior. Arthur já esteve no Parque Aquático dos Jogos Olímpicos de Londres, em fevereiro deste ano, no Campeonato Britânico. O evento também foi o teste para as instalações e o nadador brasileiro melhorou todas as suas marcas. Embora esteja com os olhos voltados para os Jogos do Rio 2016, motivado com a participação no Evento Teste ele se aproximou muito do índice olímpico dos 100m borboleta, sua principal prova. A marca estipulada era 52s33 e Arthur marcou 53s13 na Tentativa Olímpica, em maio.
    Bernardo Oliveira (tiro com arco)
    Local de nascimento: Brasília (DF)
    Data de nascimento: 08/06/1993
    Principais resultados:
    - Seis medalhas, sendo quatro de ouro, nos Jogos Sul-americanos Medellín 2010
    - Medalha de prata no Campeonato Pan-americano juvenil, em Guadalajara (MEX), em 2010
    - Medalha de prata no Pré-olímpico, em Medellín, em 2012
    Perfil: Convidado por um amigo para participar de uma prova de tiro com arco pela primeira vez em 2005, Bernardo começou na modalidade por diversão. Cinco anos depois estaria entre os melhores da modalidade no continente. Aos 17 anos foi o grande destaque do tiro com arco na vitoriosa participação nos Jogos Sul-americanos Medellín 2010. Na Colômbia, conquistou medalhas douradas nas provas de Recurvo 30m, onde estabeleceu o recorde da competição (351 pontos), 50m, 90m, e no Round FITA. Seu desempenho nesta competição, quando conquistou seis medalhas, lhe rendeu o Prêmio Brasil Olímpico como melhor atleta brasileiro da modalidade naquele ano. No Pré-olímpico para Londres 2012, também em Medellín, a medalha de prata de Bernardo garantiu vaga para o Brasil nos Jogos Olímpicos.
    Bruno Matheus (triatlo)
    Data de nascimento: 15/05/1986
    Local de nascimento: Santos (SP)
    Principais resultados:
    - Medalha de prata nos Jogos Mundiais Militares, em 2011
    - Vice campeão pan-americano sub-23, em 2009
    Perfil: Logo aos 4 anos, por incentivo dos pais, Bruno já treinava natação. Daí para o biatlo não demorou muito. Aos 8 anos já estava competindo na nova modalidade. Aos 14, partiu para o triatlo e, em 2005, iniciou sua carreira profissional. Recuperou-se de uma lesão no ano passado para integrar a delegação brasileira nos Jogos Mundiais Militares 2011, no Rio de Janeiro, como oficial do Exército. Bruno é reserva da equipe olímpica adulta e realizará a aclimatação em Portugal, junto com os atletas classificados para Londres 2012.
    Jéssica Carolina Reis (atletismo)
    Data de nascimento: 17 de março de 1993
    Local de nascimento: São Bernardo do Campo (SP)
    Principais resultados:
    - Recordista sul-americana Sub-19 do salto em distância (6m58)
    - Medalha de prata no Troféu Brasil 2012
    - Medalha de ouro no Campeonato Pan-Americano Juvenil 2011, em Miramar (EUA)
    Perfil: Inspirada pela trajetória da campeã olímpica Maurren Maggi, Jéssica surge como uma das mais promissoras atletas da nova geração do atletismo nacional. Em Maringá, em junho de 2012, no Campeonato Brasileiro Juvenil, com um salto de 6m58, Jéssica superou o índice de qualificação para o Mundial de Juvenis pela sexta vez na temporada. Ainda estabeleceu novo recorde sul-americano do salto em distância na categoria até 19 anos e assumiu a liderança do Ranking Mundial da temporada. Ela será um dos destaques do evento, que começará no dia 15 de julho, em Barcelona, na Espanha. Em maio deste ano, completou o pódio dos GPs de Belém e São Paulo, ao lado de Keila Costa e Maurren, duas de suas maiores fontes de inspiração no esporte. Jéssica começou no esporte como velocista até descobrir a aptidão para o salto. Disputou os Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010 na prova dos 100m, onde chegou à final.
    Lais Nunes Oliveira (lutas)
    Data de nascimento: 03/11/1992
    Local de Nascimento: Bairro Alto (GO)
    Principais resultados:
    - Tricampeã Pan-americana Júnior
    - Medalha de bronze no Campeonato Pan-Americano Sênior 2012, em Colorado Springs (EUA)
    - Vice-campeã brasileira Sênior, em 2012
    Perfil: Praticante da modalidade desde 2006, atualmente treina em Osasco (SP) e compete na categoria até 59kg. Antes de chegar a São Paulo, a atleta goiana também morou em Brasília e no Rio. Em 2009, ganhou o Prêmio Brasil Olímpico como melhor atleta do ano na modalidade. Ser a única brasileira tricampeã pan-americana e a melhor atleta das Américas em 2009 são os maiores destaques de sua carreira até agora. Para 2012, seu grande objetivo é a medalha no Mundial Júnior, em setembro, na Tailândia. Cursa Administração de Empresas.
    Thiago Braz (atletismo)
    Data de nascimento: 16/12/1993
    Local de nascimento: Marília (SP)
    Principais resultados:
    - Medalha de prata nos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010
    - Medalha de ouro no Campeonato Pan-americano Juvenil 2011, em Miramar (EUA)
    Perfil: Thiago começou no atletismo aos 13 anos, por influência do tio, atleta de decatlo. Aos 16 anos, já conquistou a medalha de prata no salto com vara dos Jogos Olímpicos da Juventude Cingapura 2010, atingindo a marca de 5,05m, até então a melhor de sua carreira. Hoje, já alcança 5,35m, recorde brasileiro juvenil. Disputará o Mundial Juvenil de 10 a 15 de julho em Barcelona. Treina com Elson Miranda, técnico da campeã mundial Fabiana Murer, que passou a acompanhar a carreira do atleta após um pedido via e-mail de Thiago. Também participa de treinos no exterior dirigidos pelo conceituado treinador ucraniano Vitali Petrov, que lapidou as maiores lendas da modalidade: Sergei Bubka e Ielena Isibaieva. O maior momento de sua carreira foi receber a medalha olímpica da juventude das mãos de Sergey Bubka.
    http://www.cob.org.br/noticias-cob/cob-anuncia-ltimos-seis-atletas-que-participaro-do-projeto-vivncia-olmpica-033483

    Informação informativa
    Brasil encerra freguesia olímpica com Argentina e vai à semifinal
    Celso Paiva
    Direto de Londres
    Incontestável nas últimas décadas em questões de títulos e campanhas, a Seleção Brasileira masculina de vôlei encerrou nesta quarta-feira um dos tabus mais incômodos da história da modalidade. Em confronto válido pelas quartas de final da Olimpíada de Londres, a equipe nacional venceu a Argentina por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/17 e 25/20, e quebrou uma sequência de três derrotas consecutivas para a arquirrival em edições olímpicas.
    O triunfo na capital do Reino Unido é o primeiro do Brasil sobre o adversário em fases decisivas de competição. Além dos dois duelos em Atlanta (vitória argentina na primeira fase e brasileira no playoff para definir o quinto lugar), os dois vizinhos se encontraram duas vezes, e em ambas o país rival saiu com a vitória: quartas de final em Sydney 2000, quando surpreendeu, e na disputa do bronze em Seul 1988.
    Garantido na disputa direta pela medalha, o Brasil aguarda a Itália, justamente a seleção superada pelos brasileiros na decisão olímpica de Atenas 2004, que bateu os EUA na outra semifinal.
    Carregando o peso das derrotas decisivas para o arquirrival em jogos decisivos, a Seleção Brasileira entrou impondo pressão sobre o adversário. Bem no saque e na defesa, a equipe comandada por Bernardinho rapidamente assumiu o controle da partida e não encontrou problemas para abrir vantagem na partida. Em apenas 25 minutos de duelo, o time nacional aplicou um placar de 25 a 19 e espantou a pressão pelo retrospecto ruim.
    Apesar do triunfo tranquilo, o primeiro set trouxe uma notícia ruim para a Seleção Brasileira. Titular absoluto na formação de Bernardinho em Londres, o oposto Leandro Vissotto sentiu uma lesão e deixou a quadra chorando. Depois de reclamar de um problema na coxa durante o aquecimento, o jogador caiu no chão no momento de um ataque e deixou a quadra, não retornando até o final do compromisso e preocupando a comissão técnica para a semifinal.
    Mesmo sem contar com Vissotto, uma das grandes opções de ataque para Bruninho, o Brasil não encontrou problemas para abrir 2 a 0 na partida diante dos rivais. Superior tecnicamente ao rival, a equipe de Bernardinho demorou apenas 24 minutos para registrar 25 a 17 no marcador e se aproximar do resultado positivo e da vaga.
    A diferença tranquila não modificou o comportamento da Seleção Brasileira no terceiro set. Agressivo no saque e eficiente na defesa e contra-ataque, o time, atual vice-campeão olímpico, controlou o ritmo de partida e não permitiu qualquer chance de reação aos comandados de Javier Weber. Triunfo de 25 a 19, em novos 24 minutos de jogo, e fim do incômodo retrospecto contra o país vizinho em Jogos Olímpicos.
    http://esportes.terra.com.br/jogos-olimpicos/londres-2012/noticias/0,,OI6061364-EI19861,00-Brasil+encerra+freguesia+olimpica+com+Argentina+e+vai+a+semifinal.html

    Informação Empresarial
    COB e Nike apresentam novos uniformes do Time Brasil
    Modelos combinam tecnologia e leveza para destacar todo o potencial dos brasileiros
    O orgulho de ser brasileiro é uma das inspirações do novo uniforme do Time Brasil, pela primeira vez desenvolvido pela Nike, fornecedora de material esportivo do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Os uniformes que serão usados nos Jogos Olímpicos Londres 2012 foram apresentadas nesta quinta-feira, 12 de julho, no Museu de Arte Moderna (MAM), no Rio de Janeiro. Na ocasião, o COB e a Nike firmaram contrato de parceria para fornecimento de material para os Jogos de 2012 e 2016, com clausula de prorrogação após os Jogos do Rio.
    “A Nike é medalha de ouro. A Nike possui tecnologia de ponta, produtos de alta qualidade e experiência no fornecimento de material para alguns dos melhores atletas e equipes do mundo. Os uniformes estão bonitos, elegantes e fortes. O Time Brasil estará equipado com o que existe de melhor e poderá cumprir seus períodos de treinamento e competição com um parceiro que nos auxiliará a obter performances de excelência. O esporte brasileiro está crescendo e ter uma parceria com a Nike até 2016 é motivo de orgulho. Tenho certeza de que os atletas brasileiros ficarão muito satisfeitos em vestir esses uniformes”, disse o presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman.
    Cada detalhe foi pensado para garantir performance, conforto e motivar ainda mais o desempenho dos nossos 259 atletas nos Jogos Olímpicos. Além dos trajes de Viagem, Vila e Pódio, a Nike criou os uniformes de competição para 18 modalidades: atletismo, basquete, futebol, ciclismo de estrada, ciclismo indoor, mountain bike, BMX, boxe, tiro com arco, canoagem, tiro esportivo, remo, pentatlo moderno, luta, levantamento de peso, tênis, tênis de mesa e vela. Maurren Maggi, medalha de ouro no salto em distância nos Jogos de Pequim e presença virtual no evento, através de um holograma, aprovou o uniforme: “O verde é lindo, a modelagem é perfeita e muito leve, adorei!”.
    E inovações não faltam. Desenvolvida a partir de tecido sustentável – poliéster de garrafas PET recicladas, a camisa que vestirá a seleção de futebol pesa apenas 145 gramas. O basquete terá tecnologia de ponta nos pés. A seleção entra em quadra com o tênis Nike Hyperdunk 2012, equipado com o Nike+ Basketball, ferramenta digital que mede impulsão, intensidade e velocidade dos atletas. Para Viagem, Vila e Pódio, os designers da Nike optaram por modelos com cortes modernos e confortáveis.
    Os medalhistas vão subir os degraus da vitória vestindo a Jaqueta de Pódio, amarela, com a bandeira e os aros olímpicos bordados no peito. A peça conta com a tecnologia Storm-Fit 5, que não amassa e protege do vento e da chuva.
    O Time Brasil é formado por 259 atletas, sendo 136 homens e 123 mulheres, em 32 modalidades. A primeira atleta brasileira à Vila Olímpica será a integrante mais jovem do Time Brasil, Ana Sátila, da canoagem slalom. Já equipe de natação inaugura a base exclusiva brasileira fora da Vila, o CT Crystal Palace. Ambos chegam a Londres no dia 16.
    http://www.cob.org.br/noticias-cob/cob-nike-lancamento-uniformes-londres-033505

    Informação Tecnológica
    Olimpíada ao vivo no Terra
    O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmite ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos, vídeos, , fotos participação do internauta e repercussão no Facebook. Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012
    http://esportes.terra.com.br/jogos-olimpicos/ao-vivo/

  141. 1. Tipo – Tecnológica
    As tecnologias do transporte público nos jogos Olímpicos de Londres 2012
    Por incrível que pareça o setor que recebeu o maior percentual de investimento nesses jogos olímpicos foi o do transporte público.
    Foram de 6 e meio bilhões de libras – ou quase 18 bilhões de reais foram gastos para modernizar o sistema de transporte de Londres. Detalhe: São trens mais modernos, novos ônibus e novos terminais.

    Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/produtos/central_de_videos/olimpiada-2012-conheca-a-tecnologia-por-tras-do-transporte-publico-de-londres

    2 – Empresárial.
    Record investe alto para exibir os jogos olímpicos

    Detentora exclusiva dos direitos da Olimpíada de Londres na TV aberta, a emissora investiu pesado e tem a responsabilidade de fazer bonito na cobertura do evento. Além de levar uma equipe de 330 profissionais para trabalhar, construiu um estúdio de vidro na capital inglesa para centralizar as transmissões ao vivo e preparou um telão interativo que vai mostrar, entre outras informações, o quadro de medalhas e um mapa 3D de Londres, com os locais das competições.

    Fonte: http://odia.ig.com.br/portal/diversaoetv/record-investe-alto-para-exibir-os-jogos-ol%C3%ADmpicos-1.460927
    3 – Informativa
    Juliana e Larissa superam início ruim e conquistam a medalha de bronze

    Brasileiras começam mal a partida, mas reagem e derrotam as chinesas Zhang e Xue por 2 sets a 1, garantindo um lugar no pódio em Londre;
    Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1133642-aposentado-ergue-muro-no-meio-de-praca-em-sao-paulo-e-irrita-moradores.shtml

    4 – Cientifica
    Saques e destruição abalam cidade sede das Olimpíadas de 2012

    A confusão se iniciou na quinta-feira, 04de agosto, quando Mark Duggan, 29, foi morto atiros pela Polícia Metropolitana de Londres (MET),ou Scotland Yard, no bairro onde morava,Tottenham, no norte de Londres. Segundo a polí-cia, o rapaz foi abordado em um táxi por uma uni-dade que investiga crimes com armas de fogo e houve um tiroteio, no qual ele morreu. Porém,moradores da região, revoltados com o tratamento que a MET impõem aos residentes de bairros pobres, se reuniram, na noite de sábado, 06 de agosto, em frente a uma delegacia para exigir justiça. Nisso, houve um confronto entre policiais e cerca de 300 manifestantes, que resultou no incêndio de um ônibus, um prédio e dois carros de polícia, e pelo menos 11 pessoas feridas.
    Fonte : http://revistas.pucsp.br/index.php/contraponto/article/viewFile/10195/7653

  142. Tipo – Tecnológica

    Tecnologias que estão sendo utilizadas na Olimpíadas:

    Cronometros de precisão para a natação, serão pela primeira vez todos eletrônicos.

    Sensores de chutes para a modalidade Taekwondo.

    Entre outras no link abaixo:

    Fonte: http://articles.cnn.com/2012-07-26/tech/tech_innovation_olympics-tech-best-of_1_london-olympics-olympic-athletes-olympic-venues/3

  143. Científica

    Sem dúvida, a poluição do ar é um dos maiores problemas enfrentados pelos habitantes das grandes cidades e pode reduzir significativamente a performance dos atletas durante as competições esportivas, em especial àquelas que demandam grande esforço físico.

    Faltando menos de 30 dias para os Jogos Olímpicos de Pequim, autoridades chinesas introduziram uma série de medidas para melhorar a qualidade do ar durante os jogos e para monitorar a efetividade dessas medidas criaram também uma nova ferramenta de análise e previsão da qualidade do ar.

    Em Pequim, como em outras grandes cidades, a maior fonte de poluição é aquela gerada pelos veículos automotores e desde o dia 20 de julho severas restrições à circulação foram implantadas na cidade, retirando das ruas 50% dos mais de 3.5 milhões de veículos que rodam diariamente pela capital chinesa. Até o dia 20 de setembro os veículos privados só poderão trafegar em dias alternados e carros com altos níveis de emissão serão banidos das ruas.

    Para que as medidas anti-poluição tenham o efeito desejado, pesquisadores da agência espacial européia, ESA, e do Centro de Pesquisa Ambiental da universidade de Cambridge, CERC, instalaram na cidade um equipamento batizado de Sistema de Previsão da Qualidade do Ar de Alta Resolução, que permitirá aos chineses monitorar com grande precisão o efeito das medidas implantadas.

    “Estamos contentes em implantar o sistema em Pequim e acreditamos que a possibilidade de se prever com precisão a qualidade do ar trará grandes benefício para a cidade”, disse David Carruthers, ligado ao CERC. Segundo o pesquisador, o sistema é altamente flexível e desde o dia 8 de julho já está gerando boletins e previsões da qualidade do ar em micro-escala, com resolução de ruas.

    Previsão
    As previsões abrangem 3 dias e podem ser acessadas diretamente no site do departamento de qualidade do ar de Pequim através de um mapa que mostra em detalhes os níveis esperados de dióxido de nitrogênio, ozônio, dióxido sulfúrico e material particulado para cada um dos oito distritos da cidade. Os usuários podem escolher ver mapas separadamente ou consultar o Índice de Saúde com os poluentes combinados.

    O resultado da previsão é alcançado pela combinação de medições localizadas, dados de superfície e modelagem numérica. Os dados do modelo regional, chamado Chimera, são fornecidos pelo Instituto de Meteorologia da Holanda enquanto o modelo de micro-escala, ADMS-Urban, é processado pelo CERC.

    De acordo com Carruthers, futuramente os dados coletados pelo satélite Envisat, da ESA, serão adicionados ao modelo, o que permitirá melhorar ainda mais as previsões de qualidade do ar.

    Para quem quiser conferir os índices de poluição da capital chinesa é só acessar http://www.beijingairquality.cn/

    Fonte: http://www.apolo11.com/meio_ambiente.php?titulo=Olimpiadas_Pequim_cria_sistema_de_previsao_de_poluicao&posic=dat_20080725-093642.inc

    _______________________________________________________________________________

    Tecnológica

    Veja que gracinha! É um mini-Mini Cooper, o carro inglês mais famoso, graças ao Mr Bean. É o “carro oficial” da Olimpíada de Londres, graças a um polpudo contrato de publicidade da BMW, que disponibilizou uma frota de 160 Active Es e 40 Minis, todos elétricos.

    O pequenino entretanto é bem raro. São apenas 3 unidades, criados em escala 1/4, com capacidade de levar 18Kg e autonomia de 35 minutos.

    O objetivo é agilizar o recolhimento de material das provas de atletismo, como dardos, martelos e discos. Um estagiário bucha vai até aonde o troço caiu, coloca no carro, vai até outro, recolhe, e o supervisor, em segurança, controla o bicho, à distância.

    Sim, já aconteceu mais de uma vez de um infeliz ser acertado com um dardo, em competição de atletismo. Veja que épico:

    Quanto menos gente se arriscando, melhor, e mesmo esquecendo o mega-jabá que a BMW conseguiu com esses carrinhos, continua sendo uma excelente demonstração de como uma tecnologia mais que corriqueira –carrinhos de controle remoto- pode ser útil, se usada de forma criativa.

    Fonte: Autoblog

    Fonte: http://meiobit.com/103187/mini-tecnologia-olmpica/

    _______________________________________________________________________________

    Informativa

    A FILA (Federação Internacional de Lutas Associadas) sorteou, hoje, as chaves das categorias Estilo Livre feminina 55 e 72 kg dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, que serão disputadas nesta quinta-feira, dia 9 de agosto. A única lutadora do Brasil nas Olimpíadas, Joice Silva, ficará de bye na primeira rodada. Nas oitavas de final, a brasileira enfrenta a vencedora do combate entre a equatoriana Marcia Yuleisi Andrades Mendoza e a russa Valeriia Zholobova. A luta deve ser realizada por volta das nove e meia da manhã. Caso Joice avance na chave, os demais combates acontecerão no mesmo dia. Se perder para alguma das finalistas, disputa a repescagem.
    Veja nestes posts os países classificados para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 na categoria 55 Kg Estilo Livre feminina.
    Mais informações podem ser obtidas no site da FILA.

    Fonte: http://olimpiadas2012-classificados.blogspot.com.br/2012/08/lutas-joice-silva-ja-sabe-com-quem.html

    _______________________________________________________________________________

    Empresarial

    Com a realização dos jogos olímpicos a Claro, lança a promoção “Você em Londres”. A iniciativa em parceria com o portal Terra tem como objetivo fornecer informações diárias sobre as principais novidades dos jogos e competições seja por mensagens (SMS) ou fotos (MMS), e oferecer, ainda, a oportunidade dos clientes concorrerem a uma viagem com acompanhante para Londres durante o ano, entre outros prêmios.

    Para participar da promoção, o usuário deve enviar uma mensagem com a palavra Londres para 2012, com custo de R$1,40 por dia. Automaticamente, o assinante receberá dois cupons: um para o sorteio semanal de um tablet mais smartphone Samsung Galaxy, e outro para o sorteio final, que dará direito a uma viagem com acompanhante para Londres ao longo do ano de 2012.

    Após essa assinatura, o cliente será convidado ainda a participar de um quiz de três perguntas com o valor de mais R$1,40. Dessa forma, o usuário receberá mais cupons e, quanto maior a interatividade com o serviço, mais chances terá de ganhar.

    Além da adesão por torpedo é possível, também, contratar o serviço através do site do Terra, ou ligando para o número *555. Neste caso, ao ouvir a oferta do serviço, o cliente terá a opção de participar da promoção ou não.

    O cancelamento poderá ser efetuado em qualquer momento, sendo necessário apenas enviar o comando sair para o mesmo número de assinatura. A promoção acontecerá até 18 de agosto e terá, no total, 11 ganhadores.

    Fonte: http://www.administradores.com.br/informe-se/marketing/claro-faz-promocao-durante-as-olimpiadas-e-leva-clientes-para-londres/57819/

  144. Informação tecnologica:
    Câmeras subaquáticas mostram demais nas Olimpíadas.
    As câmeras subaquáticas já mostraram alguns flagras indiscretos nas Olimpíadas de Londres. Durante o jogo de polo aquático entre Espanha e Estados Unidos, Kami Craig agarrou o maiô da rival europeia em uma disputa de bola. A espanhola se debateu para fugir da marcação e acabou com o seio à mostra em plena transmissão da TV britânica.

    Ainda nos treinos dos saltos ornamentais, outro atleta acabou mostrando mais o que devia. Após o salto, a câmera dentro da piscina mostrou que o competidor ficou sem a sunga.

    http://olimpiadas.ig.com.br/2012-08-03/cameras-subaquaticas-mostram-demais-nas-olimpiadas-veja-fotos.html

    Informação informativa:
    Brasil salva seis match points e avança à semi no vôlei feminino.

    Desta vez foi diferente. Ao contrário das Olimpíadas de 2004 e nos Mundiais de 2006 e 2010, o Brasil cruzou com a Rússia em uma fase decisiva e avançou em Londres 2012 . A partida válida pelas quartas de final do torneio olímpico, disputada nesta terça-feira, terminou 3 a 2 para o vôlei feminino brasileiro, com parciais de 24/26, 25/22, 19/25, 25/22 e 21/19.

    “Foi uma vitória da confiança. Não desistimos nunca, e essa é a cara do time. Estamos em uma crescente, e o diferencial foi acreditarmos até o fim. Faltam mais duas vitórias para sermos campeãs”, contou a oposto Sheilla, maior destaque individual do Brasil no confronto. Ela foi a maior pontuadora do Brasil, com 27 acertos.

    http://olimpiadas.ig.com.br/2012-08-07/brasil-salva-seis-match-points-e-avanca-a-semi-no-volei-feminino.html

    Informação empresarial:
    Record lidera audiência com jogos de futebol do Brasil nas Olimpíadas.

    Com muitas horas de sua programação dedicadas à transmissão da Olimpíada de Londres, a Record vem conseguindo índices de audiência maiores que o de sua programação normal. No entanto, ainda não houve elevado aumento nos números da emissora da Barra Funda. Nas manhãs, a emissora tem atingido bons resultados, superando Globo e SBT em vários dias e horários. As competições de ginástica e as partidas de vôlei, por exemplo, tem dado o retorno esperado. Mas é o futebol masculino, com os jogos da seleção brasileira, a modalidade que faz a Record liderar por mais tempo.

    Até agora, todas as partidas elevaram o Ibope, dando o primeiro lugar ao canal oficial dos Jogos Olímpicos. No início da tarde deste sábado, 4 de agosto, a Record exibiu a partida Brasil x Honduras, válida pelas quartas-de-final. O placar apontou 3 a 2, de virada, para a seleção brasileira e a emissora atingiu um dos maiores índices de audiência nesta Olimpíada 2012.

    Conforme dados prévios do Ibope na Grande São Paulo, no ar entre aproximadamente 12h45 e 14h35, o jogo registrou 11,5 pontos de média e pico de 17. No mesmo horário, a Globo ficou em segundo lugar com nove e o SBT em terceiro com cinco pontos. O índice ficou um pouco acima do obtido na manhã de quarta-feira, 1 de agosto, quando a Record conseguiu 10 pontos e registrou o dobro de audiência da Globo.

    http://www.odiario.com/blogs/tvtudo/2012/08/05/record-lidera-audiencia-com-jogos-de-futebol-do-brasil-nas-olimpiadas/

  145. – Tecnológica:
    Uso massivo das redes sociais, mais de 3 milhões de pessoas querendo saber em tempo real o que se passa nas Olimpíadas de Londres 2012.

    Fonte: http://www.futebolnaveia.com/index.php/futebol-tecnologia/467-londres-2012-a-olimpiada-da-tecnologia

    – Informativa:
    Os Jogos Olímpicos de Verão de 2012, oficialmente conhecidos como Jogos da XXX Olimpíada, serão realizados na cidade de Londres, de 27 de Julho a 12 de Agosto de 2012, seguidos pelos Jogos Paraolímpicos de Verão de 2012, que se realizarão entre 29 de Agosto e 9 de Setembro.

    Fonte: http://esportes.terra.com.br/jogos-olimpicos/londres-2012/sobre-london-2012.html

    – Empresarial:
    Entenda os negócios e o que está por trás das Olimpíadas de Londres de 2012:

    Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/07/120720_olympics_dataviz_pai.shtml

    – Científica:
    História das olimpíadas.

    Fonte:
    Livro: The Complete Book of the Summer Olympics
    David Wallenchisky, The Overlook Press, Nova York (2008)
    Atualizada a cada quatro anos, a bíblia dos Jogos descreve cada evento de cada Olimpíada desde os primeiros Jogos da era moderna. Seu único defeito é não ter edição traduzida para o português.

  146. Denner Floriani

    Tecnologia da Informação na Gestão de Negócios

    Tecnológica:
    Tweets comandarão show de luzes na London Eye

    Essas Olimpíadas prometem oferecer muitatecnologia e o resultado disso será muito entretenimento para os espectadores. Já mencionei a enorme rede WiFi que estará disponível nas sedes olímpicas da cidade (leia clicando aqui), e hoje um inédito show de luzes começará em um dos pontos turísticos da cidade (London Eye, a roda gigante que fica perto do Parlamento em Londres) e se repetirá todas as noites às 9 horas até o final das Olimpíadas.

    O interessante dessa apresentação é que ela será motivada pela energia transmitida em mensagens do Twitter. Isso mesmo, se as mensagens do Twitter (provenientes de público em UK) demonstrarem um sentimento positivo, London Eye será iluminada em amarelo, se negativo, a cor será roxa e se o sentimento transmitido for neutro, a cor será verde.

    Fonte: http://www.dimensaotech.com/2012/07/tecnologia-nas-olimpiadas-tweets-comandarao-show-de-luzes-na-london-eye/

    Informativa:
    Estudo indica pouco reconhecimento aos patrocinadores das Olimpíadas 2012

    Três a cada cinco ingleses não sabem citar sequer um dos patrocinadores das Olimpíadas 2012, que acontecem em Londres e terão início em menos de seis meses. De acordo com uma pesquisa realizada pela Ipsos Mori na Inglaterra, com 1.985 participantes, 59% dos entrevistados não tem ideia de ao menos uma das marcas apoiadoras do evento.

    http://propmark.uol.com.br/mercado/39242:estudo-indica-pouco-reconhecimento-aos-patrocinadores-das-olimpiadas-2012

    Empresarial: Olimpíadas de Londres já trazem benefícios para patrocinadores

    Os Jogos Olímpicos de Londres já trouxeram fortalecimento de marca e benefícios comerciais para os seus patrocinadores. É o que aponta o Olympic Sponsorship Study, pesquisa que está sendo coordenada pela Havas Sports & Entertainment (HS&E). O estudo mostra um aumento entre 20% e 50% na percepção positiva dos consumidores em relação aos patrocinadores.

    Fonte: http://www.administradores.com.br/informe-se/marketing/olimpiadas-de-londres-ja-trazem-beneficios-para-patrocinadores/57380/

    Científica

  147. Informação informativa
    Olímpiadas 2012 – Londres : Vôlei de Praia – Juliana e Larissa viram diante das chinesas e garantem o bronze
    É das campeãs mundiais Juliana e Larissa a primeira medalha do voleibol brasileiro nos Jogos Olímpicos de Londres.
    Nesta quarta-feira (08.08), a dupla brasileira recuperou-se de um começo difícil e
    virou a disputa de terceiro lugar diante das chinesas Chen Xue e Zhang Xi, vencendo por 2 sets a 1, parciais de 11/21, 21/19 e 15/12.
    Com o resultado, as brasileiras conquistaram o bronze na arena montada na Horse Guards Parade.
    Fonte: http://portalbraganca.com.br/esporte/olimpiadas-2012-londres-volei-de-praia-juliana-e-larissa-viram-diante-das-chinesas-e-garantem-o-bronze.php.

    Informação tecnologica
    Ponto turístico da sede, London Eye mudará de cor de acordo com empolgação dos ingleses
    Um dos principais cartões-postais de Londres, a Londo Eye também fará parte dos jogos olímpicos.
    As luzes da roda gigante irão mudar de acordo com a empolgação do povo inglês nas rede sociais como Twitter e Facebook.
    As cores vão variar de roxo, quando estiverem insatisfeitos, até o amarelo quando se sentirem realizados.
    Fonte:http://espn.estadao.com.br/video/270951_ponto-turistico-da-sede-london-eye-mudara-de-cor-de-acordo-com-empolgacao-dos-ingleses

    Informação científica

    Informação Empresarial
    Pesquisas recentes revelam que um de cada quatro britânicos já é obeso.
    Para membros da Academy of Medical Royal Colleges (AoMRC), uma das principais associações de saúde pública da Grã-Bretanha,
    a obesidade é hoje “a principal ameaça à saúde pública no país”.
    Por isso, eles estão pressionando empresas como Coca-Cola e McDonald’s a restringir a publicidade na Olimpíada,
    uma vez que a propaganda “envia uma mensagem errada especialmente às nossas crianças”, diz o professor Terence Stephenson, porta-voz da AoMRC.
    Uma pesquisa conduzida recentemente na Grã-Bretanha revelou que muitos pais aceitariam uma proibição completa da publicidade
    de comidas pouco saudáveis antes das 21h.
    O levantamento mostrou ainda que esses pais se sentem obrigados a comprar junk food para seus filhos por causa das mesmas propagandas.
    Cadbury, McDonald’s e Coca-Cola são alguns dos patrocinadores da Olimpíada que têm sofrido com a ira dos ativistas.
    “Milhões de pessoas farão a correlação entre essas marcas e os atletas vitoriosos. As companhias não gastariam todo esse dinheiro em publicidade se não soubessem que isso não elevaria suas vendas”, justifica Stephenson.
    Embora ainda não haja nenhuma evidência científica sobre a ligação entre a publicidade de fast-food em grandes eventos esportivos e a obesidade, pesquisas indicam que as crianças tendem a encarar o junk food como menos nocivo quando ele é associado a esportes, argumenta o médico Jean Adams, professor de saúde pública na Universidade de Newcastle.

  148. A cada quatro anos, atletas de centenas de países se reúnem num país sede para disputarem um conjunto de modalidades esportivas. A própria bandeira olímpica representa essa união de povos e raças, pois é formada por cinco anéis entrelaçados, representando os cinco continentes e suas cores. A paz, a amizade e o bom relacionamento entre os povos são os princípios das olimpíadas.

    Informação Informativa:
    Para reforçar a segurança durante os Jogos Olímpicos, as autoridades militares de Londres planejam instalar mísseis de alta velocidade no topo de seis edifícios da cidade.
    Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/esporte/londres-instalara-misseis-em-edificios-para-garantir-seguranca-dos-jogos

    Informação Tecnológica:
    Serão 900 servidores, 1.000 equipamentos de rede de segurança, 9.500 computadores e 3.500 técnicos para dar conta dos jogos olímpicos mais conectados da história.
    Fonte: http://colunistas.ig.com.br/poder-economico/2012/07/23/olimpiada-de-londres-bate-recorde-em-arsenal-tecnologico/

    Informação Empresarial:
    Segundo a Atos, empresa que gerenciará toda a infraestrutura dos jogos, a Olimpíada de Londres vai processar 30% mais informações eletrônicas do que quaisquer jogos anteriores.
    Fonte: http://www.youtube.com/watch?v=er-jj0fP2io

  149. Informativa
    Modalidades disputadas nas Olimpíadas de Londres:
    Nas Olimpíadas de Londres 2012 serão disputadas 29 modalidades de 26 esportes:
    - Atletismo
    - Badminton
    - Basquetebol
    - Boxe
    - Canoagem
    - Ciclismo
    - Esgrima
    - Futebol
    - Ginástica artística, rítmica e Trampolim
    - Handebol
    - Levantamento de Peso (Halterofilismo)
    - Hipismo
    - Hóquei na grama
    - Judô
    - Luta (livre e greco-romana)
    - Natação
    - Nado Sincronizado
    - Saltos Ornamentais
    - Pólo Aquático
    - Pentatlo Moderno
    - Remo
    - Taekwondo
    - Tiro
    - Tiro com arco
    - Tênis
    - Tênis de Mesa
    - Triatlo
    - Vela
    - Voleibol e Vôlei de Praia
    Fonte: http://www.suapesquisa.com/olimpiadas2012/modalidades_olimpiadas.htm

    Tecnológica
    Tweets comandarão show de luzes na London Eye
    Essas Olimpíadas prometem oferecer muita tecnologia e o resultado disso será muito entretenimento para os espectadores. Já mencionei a enorme rede WiFi que estará disponível nas sedes olímpicas da cidade (leia clicando aqui), e hoje um inédito show de luzes começará em um dos pontos turísticos da cidade (London Eye, a roda gigante que fica perto do Parlamento em Londres) e se repetirá todas as noites às 9 horas até o final das Olimpíadas.
    O interessante dessa apresentação é que ela será motivada pela energia transmitida em mensagens do Twitter. Isso mesmo, se as mensagens do Twitter (provenientes de público em UK) demonstrarem um sentimento positivo, London Eye será iluminada em amarelo, se negativo, a cor será roxa e se o sentimento transmitido for neutro, a cor será verde.
    Os responsáveis são um grupo de estudantes do MIT (Massachusetts Institute of Technology) e um professor britânico, que desenvolveram um algoritmo pra analisar as mensagens postadas no Twitter. O sistema verifica um vocabulário de 2750 termos comuns que expressam sentimentos (por exemplo, emoticons). Cada termo recebeu uma pontuação de acordo com positividade/negatividade e a partir dessa pontuação, a cor é determinada.
    Vamos curtir esse show!

    London Eye
    Fonte: http://www.dimensaotech.com/2012/07/tecnologia-nas-olimpiadas-tweets-comandarao-show-de-luzes-na-london-eye/
    http://www.telegraph.co.uk/technology/news/9408783/Happy-Olympic-tweeters-to-light-up-London-Eye.html

    Empresarial
    McDonald’s constrói a maior loja do mundo em Londres, para as Olimpíadas
    Restaurante terá capacidade para mais de 1.000 clientes por hora
    Às vésperas das Olimpíadas de Londres, o McDonald’s dá os últimos retoques naquela que já é a sua maior loja no mundo. Instalado no Parque Olímpico da cidade, o restaurante pode acomodar 1.500 pessoas sentadas em dois andares, além das mesas no exterior.
    A expectativa, porém, é que 1.200 pessoas sejam atendidas por hora no pico dos Jogos Olímpicos. O McDonald’s estima que o restaurante se transforme no mais movimentado do mundo durante o evento esportivo, rendendo vendas de 3 milhões de libras (cerca de 9,7 milhões de reais).
    Com isso, a loja bateria dois recordes. Superaria, em movimento, a loja de Moscou – a atual campeã em demanda. Em tamanho, ultrapassaria a unidade de Orlando – hoje a maior em metragem.

    A iniciativa de construir um super-restaurante ao lado do Parque Olímpico não foi bem recebida por todos os londrinos, contudo. Para os críticos, associar esportes ao cardápio de hambúrgueres e refrigerantes da rede é um grande erro.
    Fonte: http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/servicos/album-de-fotos/mcdonalds-constroi-sua-maior-loja-em-londres-para-as-olimpiadas

    Científico
    Regeneração Urbana e Legado Olímpico de Londres 2012
    From Beijing to Bow Bells: Measuring The Olympics Effect 2006
    Urban Regeneration and Olympic Legacy of London 2012 This paper analyses
    what is often called the ‘Olympic Effect’ or legacy . Social, economic, political, cultural,
    environmental aspects must be considered when the objectives of the legacy of an Olym-
    pic event are explicitly related to a relatively poor region of a major city. The changing
    social and political signiicance of staging the Olympic Games, and gauging its legacy,
    is a recurring theme of this paper. The growth in importance attributed to the Olympic
    Games as a mega ‘global-event’ has been relected in recent times by the huge increase in
    the number of cities bidding to host the event. The competition to host the Games in 1922
    involved just over 20 cities, this rose to over 40 cities competing for 1964 and by 2008
    more than 50 cities entered the competition. The city that hosts the Olympic Games seeks
    to boost its image as an advanced metropolis, a ‘global’ city and international centre for
    business and commerce. There are several dificulties in measuring the ‘Olympic Effect’
    of the Olympic Games despite the existence of countless studies and reports that have
    been written by scholars and by specialists of the business world over recent decades.
    Clearly, over the recent history of Olympic Games, the secondary impact – transporta-
    tion, telecommunications, environment, social life, sports facilities and housing – has
    assumed considerable signiicance both in relation to the bidding for the Games and
    in terms of evaluating their success. Whilst the main focus of economic impact studies
    represents the tangible aspect, using cost/beneit analysis, Olympic host cities have also
    identiied intangible costs and beneits. Some analyses have suggested that host cities
    beneit more from the intangible rather than the tangible. The London bid was success-
    ful with its emphasis on non-sport related outcomes and its focus on using the Games as
    a vehicle for the pursuit of non-elite participation in sports and exercise. Evaluating the
    Olympic legacy is a complex matter. To distinguish between the event-related effects and
    the longer term legacy requires rigorous methodology and openness about underlying
    assumptions and methods of measurement. (The original reference of this summary is
    the working paper “From Beijing to Bow Bells: Measuring the Olympics Effect”, Gavin
    Poynter, London East Research Institute – Urban Studies, March 2006).

    Fonte: Legados de Megaeventos Esportivos
    Editores: Lamartine DaCosta, Dirce Corrêa, Elaine Rizzuti, Bernardo Villano e Ana Miragaya
    Brasília: Ministério do Esporte, 2008
    608 p.
    ISBN. 978-85-61892-00-5
    1. Esporte. 2. Jogos Olímpicos. 3.Lazer. 4. Turismo. 5. Desenvolvimento sustentável
    796. 032. 2

  150. • Informativa:
    Bicampeão olímpico no lançamento de dardo passa para final com segunda melhor marca

    O norueguês Andreas Thorkildsen certamente é o favorito da prova de lançamento de dardo. Campeão olímpico em Atenas e Pequim – quando também estabeleceu o recorde olímpico com lançamento de 90m57 –, o atleta busca seu terceiro ouro em Olimpíadas.

    Thorkildsen passou para a final dos Jogos de Londres com 84m47, melhor marca de sua bateria, segunda melhor da fase de classificação. Vitezslav Vesely, da República Tcheca, conseguiu o melhor lançamento do dia com 88m34.

    Fonte: http://rederecord.r7.com/londres-2012/noticias/bicampeao-olimpico-no-lancamento-de-dardo-passa-para-final-com-segunda-melhor-marca/

    • Tecnológica
    Olimpíadas 2012: conheça algumas tecnologias que Londres está testando

    A infraestrutura da tecnologia

    Os jogos de Londres envolvem números impressionantes. São 17 dias de competição, 26 modalidades, mais de 10 mil atletas, 70 mil voluntários, 205 comitês olímpicos, 21 mil transmissores e 4 bilhões de espectadores.
    A Atos Origin, empresa parceira dos Jogos Olímpicos desde 2002, é responsável pela circulação da informação de Londres para o mundo, e também pelo credenciamento de todos os envolvidos, desde atletas até voluntários e jornalistas. A empresa anunciou na última semana o inicio dos testes do Laboratório de Tecnologia do evento.

    Serão nada menos que 200 mil horas de teste para que nada dê errado durante os jogos. Eles não são nada fáceis e simulam situações como quedas de energia e de rede, além de alterações no calendário e também sobre como proceder quando dois atletas cruzam a linha no mesmo instante.
    Entre os sistemas que serão colocados à prova, está o myInfo+, um aplicativo online para que imprensa, atletas e oficiais acessem calendários de competição, ranking de medalhas, informações referentes a transporte e recordes esportivos.

    Outro sistema, o Commentator Information System, exibe resultados em computadores com tela touchscreen em 0.3 segundos, para que apresentadores e comentaristas tenham as informações antes mesmo da comemoração do público, garante a Atos Origin.
    Durante o evento, serão utilizados 900 servidores, 1000 dispositivos de rede e segurança, e 9500 computadores, com 3500 especialistas de tecnologia na supervisão. Serão necessários meio milhão de linhas de código, de acordo com os organizadores.
    As arquiteturas de sistema, rede e segurança para as olimpíadas de 2012 são bastante semelhantes às utilizadas nos jogos de 2008, em Pequim, mas com melhorias principalmente em termos de customização. Tudo para que as informações cheguem sempre instantaneamente para todos: atletas, imprensa e público.

    Fonte: http://expressfulldownload.blogspot.com.br/2011/01/olimpiadas-2012-conheca-algumas.html

    • Científica
    Artigo: Os estereótipos dos brasileiros no guia de etiqueta da Olímpiada de Londres: uma análise da repercussão midiática

    Os jogos olímpicos são um megaevento nos quais diversas nacionalidades se encontram e convivem em uma determinada cidade por um período de, pelo menos, duas semanas. Bourdieu (1997, p. 123) ressalta que há em torno desses jogos duas dimensões: uma real, por nós percebida, que é composta pelos confrontos entre atletas e pelas premiações e rituais do evento; e uma segunda, que ele afirma ser o lado midiático, ou seja, o conjunto das representações linguísticas e imagéticas do espetáculo, que é filmado e divulgado das mais diversas maneiras.
    As duas dimensões salientadas por Bourdieu não parecem ser de fácil distinção para o receptor das transmissões e podem dar lugar ao entendimento de uma olimpíada real (ou essencial) e outra midiática. A maioria de nós assiste àquilo que é mediado, sobretudo, pela transmissão ao vivo da televisão, o que implica tanto os pontos de vista das câmeras, quanto os comentários de jornalistas, atletas e especialistas sobre os momentos do evento e, também, sobre antecedentes históricos, significados da prova e até da trajetória e vida dos atletas. A distinção de Bourdieu parece implicar um sociólogo platônico capaz de distinguir, no caso na tela da televisão, entre o real e as imagens projetadas. A distinção parece, como o mito das cavernas, estar servindo ao crítico e à crítica, que sabem olhar de modo válido desde uma posição privilegiada.
    O guia de etiquetas, que é criado por ocasião desse evento, para apoiar a recepção dos visitantes e que divulga representações de diversas nacionalidades, pode ser entendido como mais um elemento dessa dimensão representacional, ressaltada pelo autor. O guia participa da construção do espetáculo com o objetivo de criar cordialidade e evitar conflitos. Participa, então, dos objetivos de civilidade e convívio postos para a olimpíada desde as formulações do Barão de Coubertain. Formam parte, portanto, de uma tradição, no caso, claramente inventada ou planejada, nos termos de Hobsbawn (1984).
    A visibilidade dada à olimpíada, que em sua última edição, realizada em Pequim em 2008, só na cerimônia de abertura recebeu audiência de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo1 – cerca de 15% da população mundial – deixa claro que a competição atrai atenção de espectadores de todo o planeta. Sendo assim, um guia feito especificamente para esse evento, que recebe participantes e visitantes do mundo inteiro, tem uma visibilidade intercontinental e pode espalhar as representações nele contidas por diversos países, reforçando as características descritas sobre as nacionalidades ali presentes.
    Vale ressaltar que tal guia cria representações de várias nacionalidades. O presente trabalho põe o foco na parte do guia destinada aos brasileiros e no que “o outro”, o estrangeiro – representado neste caso pela instituição oficial de turismo da Grã-Bretanha, a VisitBritain2 – diz sobre nós. Além de observar a recepção que o guia teve em publicações brasileiras, a partir do que fora publicado sobre o fato nos jornais O Globo e Folha de S.Paulo, em suas versões on-line, e ainda no portal Uol, em sua seção de esportes. Norteiam nossa pesquisa os conceitos de representação, identidade e estereótipo.
    Realiza-se também uma comparação do estereótipo dos brasileiros divulgado pelo guia com interpretações de estudiosos nacionais sobre o Brasil e sobre seu povo, que dizem respeito ao nosso “jeito”, em uma espécie de “autoanálise” dessas características que foram atribuídas a nós pelo “outro”. Esse comparativo foi pensado a partir da informação dada pela VisitBritain de que as representações do guia foram criadas com ajuda de funcionários estrangeiros, que descreveram suas próprias nacionalidades.
    A metodologia é a da análise de conteúdo de matérias publicadas sobre o guia.
    Mesmo reconhecendo as dificuldades do método, e as diferenças entre as propostas, partiremos das constatações de Fonseca Júnior (2010, p. 283), o qual ressalta que a questão da inferência vem ganhando destaque na pesquisa de conteúdo, “seja ela baseada ou não em indicadores quantitativos”. Nossa análise é de cunho qualitativo e os “marcos de referência” que adotamos, nos termos de Krippendorff (apud Fonseca Júnior, 2010, p. 287), são, no caso dos dados, matérias publicadas nos referidos veículos em 11 de agosto de 2010, data do lançamento do guia, e em 12 de agosto. Portanto, outro marco referencial, o “contexto dos dados”, é o dia de lançamento da publicação do VisitBritain, em um período no qual o próprio Brasil já vivia a expectativa de sediar os
    Jogos Olímpicos de 2016, com o consequente aumento do interesse por parte da imprensa nacional. Outro marco relevante para análise de conteúdo é a questão dos objetivos, dentre os quais o principal foi o de analisar a repercussão que os jornais brasileiros deram ao conteúdo do guia, sobretudo no que diz respeito ao estereótipo construído dos brasileiros. Porém, a partir da análise desse corpus3 e das informações por ele fornecidas, outros objetivos foram sendo traçados. Assim, buscamos comparar o que fora dito pelo guia sobre os brasileiros, e como os jornais do país o repercutiram, com algumas das mais conhecidas e tradicionais interpretações do Brasil e do “ser brasileiro”, feitas por autores nacionais. Partimos da hipótese de que os estereótipos atribuídos pelo referido guia talvez tenham sido construídos por estudiosos brasileiros.
    Em nosso entender, o eixo central é a afirmação de que “a tarefa de toda análise de conteúdo consiste em relacionar os dados obtidos com alguns aspectos de seu contexto” (Fonseca Júnior, 2010, p. 288). Assim, além das comparações com interpretações de autores brasileiros, fazemos inferências sobre os estereótipos presentes nas dicas do guia da olimpíada e sobre a questão de se essas construções seriam ou não pertinentes para a natureza da publicação.

    O GUIA DA O LIMPÍADA: UM DIVULGADOR I NTERNACIO NAL
    DE REPRESENTAÇÕES, I DENTI DADES E ESTEREÓTIPOS

    Para seguir com a análise do guia de etiquetas e da repercussão das dicas referentes aos brasileiros na imprensa brasileira, faz-se necessário apontar algumas características de dois conceitos que se complementam: o de representação e o de identidade.
    O termo representação pode ser descrito, de forma simplificada, como “algo que alguém nos conta sobre algum aspecto da vida social” (Becker, 2009, p. 18). Tal definição abarca diversos setores da vida social, entre os quais a representação dos indivíduos e dos grupos. Hall (apud Torres, 2006, p. 6), por sua vez, no campo dos estudos midiáticos, discorre sobre a função da representação, dizendo que ela “atua simbolicamente para classificar o mundo e nossas relações no seu interior”.
    No que diz respeito aos grupos e povos, emerge também a questão da identidade.
    Sobre esta Castells (1998) diz ser ela a fonte de “significado e experiência de um povo, com base em atributos culturais relacionados que prevalecem sobre outras fontes”. A generosa definição de Castells poderia ser aplicada também ao conceito de tradição, que habitualmente indica como somos no fluxo de uma narrativa histórica. Assim, a identidade seria uma dimensão forte da tradição? Ela não deve ser confundida com papéis, enfatiza Castells, pois estes determinam funções, enquanto a identidade organiza significados. Já para Ortiz (1994) a identidade define-se em relação ao exterior: ela é uma diferença.
    O autor afirma ainda que insistimos em buscar uma identidade que se contraponha ao estrangeiro. Sobre esse mesmo tema Schneider (2004) cita Benedict Anderson, ao afirmar que “comunidades nacionais são fortes referências para a formação da identidade”, e menciona ainda os antropólogos George Devereux (1978) e John Armstrong (1982) para explicar que as identidades étnicas funcionam, basicamente, como um “dispositivo de rotulagem”. “Assim, a formação do grupo e da identidade são ambos processos que não estão necessariamente vinculados a ‘comportamentos culturais’ específicos” (Schneider, 2004). O autor levanta também a hipótese de que, mais do que procurar o locus social e cultural da identidade e o sentimento de comunhão por ela gerado, é necessário também associá-la à “mediação ou transmissão de narrativas–mestras” da nação a seus membros. O ”discurso”4 teria, segundo Schneider, um papel fundamental na transmissão e construção destas narrativas e modos e expressão que unem uma comunidade nacional5. De modo geral, cultura e identidade nacional aparecem como caras da mesma moeda ou como dois modos de tratar a diferença. Silva (2007) reforça essa ideia do papel do discurso no processo de construção e difusão da identidade ao afirmar que as categorias identidade e diferença são interdependentes e resultados de “atos de criação linguística”. Schneider (2004), no entanto, ressalta que em uma perspectiva etnográfica, as identidades nacionais serão sempre uma “hipersimplificação e/ou generalização”. Depreende-se disso que nem todos os integrantes de determinada nacionalidade terão os mesmos hábitos, comportamentos e características atribuídas ao povo nas representações da identidade. Portanto, quando se fala que os brasileiros “são assim” e os argentinos são “de outro jeito”, faz-se isso de maneira generalista e simplificadora. Resta saber se poderia ser feito de uma forma não redutora. Nós diríamos que a definição do conjunto dos elementos é redutora do conjunto das diferenças entre os elementos. Assim, se definirmos, como o guia o faz, as brasileiras como sensuais, é porque ignoramos as diferenças entre elas. De fato, nem todo brasileiro é bom de samba no pé.

    [Continua]

    Fonte: http://revistaorganicom.org.br/sistema/index.php/organicom/article/view/412 (Completo em pdf)

  151. Informação Tecnologica

    A TV Record e a Rede Cinépolis fecharam uma parceria para a transmissão dos Jogos Olímpicos em 3D, em 20 salas de cinema espalhadas pelo Brasil. As Olimpíadas de Londres 2012 serão exibidas ao vivo,em sessões regulares das 15 às 17 horas. Os amantes do esporte também poderão acompanhar as cerimônias de abertura e encerramento, em 27 de julho e 12 de agosto, respectivamente.

    A Record montará um núcleo específico de produção em 3D nos estúdios da Barra Funda, em São Paulo. As transmissões contarão com a narração de Octavio “Tatá” Muniz e terão apresentadores e comentarista dedicados a utilização dos mais modernos equipamentos de captação e transmissão desta tecnologia. Pela primeira vez o telespectador poderá acompanhar uma Olimpíada, nas melhores salas…

    http://rederecord.r7.com/londres-2012/olimpiadas-3d/

    Informação Informativa

    Não deu para o basquete masculino do Brasil em Londres. A seleção foi derrotada por 82 a 77 pela Argentina e acabou eliminada nas quartas de final do torneio olímpico. Com o resultado, o Brasil encerra sua participação em sexto lugar na classificação geral. Enquanto isso, a Argentina ruma para as semifinais para enfrentar o ganhador do confronto entre Estados Unidos e Austrália.

    http://www.jornaldiadia.com.br/index.php/atletismo-e-esporte/103258-brasil-e-eliminado-pela-argentina-no-basquete-masculino

    Informação Empresarial

    Sediar a Olimpíada de 2016 faz a “marca Brasil” valer R$ 2,8 trilhões. Mas o cartão-postal que é o Rio de Janeiro ainda vale menos do que Londres, onde os jogos serão realizados este ano. O Reino Unido está valendo R$ 4,4 trilhões. Os cálculos foram feitos pela consultoria britânica de avaliação e gestão de marcas Brand Finance.

    http://www.inpi.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1327:qmarca-brasilq-vale-r-28-trilhoes&catid=53:clipping&Itemid=148

    Informação Cientifica

    Muitos atletas são proibidos de terem relações sexuais durante competições como forma de preservar o desempenho físico. No entanto especialistas da Universidade McGill, no Canadá, afirmam que o sexo não provoca redução na força física, na potência e na resistência.

    Revisão de estudos científicos sobre o assunto publicado no Clinical Journal of Sport Medicine sugere sexo na noite anterior à competição não tem efeito sobre resultados de testes fisiológicos. Em um estudo, 14 ex-altetas do sexo masculino casados foram submetidos a um teste de força máxima na manhã após o coito e repetiram o mesmo após seis dias sem sexo. Resultados mostraram nem a força nem a resistência dos músculos foram negativamente afetadas pelo sexo na noite anterior.

    Um estudo posterior conduzido na Colorado State University, nos Estados Unidos, foi realizado com homens casados de 18 a 45 anos. Resultados mostraram que o sexo não alterou resultados em testes de força, preensão, equilíbrio, movimento lateral, tempo de reação, potência aeróbica e VO2 máximo.

    Um terceiro estudo realizado em 1995 descobriu ter relações sexuais 12 horas antes de um teste de aptidão não provoca efeitos significativos na potência aeróbia máxima, no pulso de oxigênio ou na pressão arterial.

    Existe uma teoria de que a frustração sexual torna as pessoas mais agressivas, e que a ejaculação dispersa testosterona, hormônio relacionado com o desempenho atlético. “Aqueles que alegam que o sexo diminui o desempenho, em geral dizem que é porque ele diminui o foco, a agressão ou a tensão. Não existem estudos que comprovem isso isto. Mesmo que a teoria esteja correta, a maioria das pessoas atualmente acredita que existe um nível ótimo de agressão ou foco – muito pouco e um atleta não se sairá bem, em excesso e ele também não se sairá bem”, diz o pesquisador Ian Shrier, da Universidade McGill.

    O estudo liderado pelo pesquisador canadense não observou se o sexo tem impacto negativo sobre o desempenho psicológico. “Quando testamos pessoas no laboratório, estamos examinando o desempenho, mas na competição, o estado psicológico desempenha um papel importante”, diz Shrier.

    http://www.isaude.net/pt-BR/noticia/29884/ciencia-e-tecnologia/olimpiadas-sexo-durante-competicoes-nao-prejudica-desempenho-de-atletas

    Filipe Roberto Tavares

  152. Tipo: Informação Científica
    Câmera super-rápida acompanha bolinha de tênis de mesa
    Os canais de TV que se preparam para cobrir as Olimpíadas de Londres poderão ter tempo de se valer da tecnologia desenvolvida pelo Dr. Masatoshi Ishikawa, da Universidade de Tóquio. Ishikawa e seus colegas criaram uma câmera que não apenas é extremamente rápida – como as usadas para gerar as “câmeras-lentas superlentas” – como também consegue travar num alvo e seguir esse alvo sem se descolar dele. O alvo pode ser algo tão rápido quanto uma bolinha de tênis de mesa em pleno jogo.
    Em vez de construir um aparato completo para movimentar a câmera, os pesquisadores japoneses usaram um sistema de espelhos motorizados ultrarrápidos – é muito mais fácil e rápido mover um espelho, com massa menor, do que uma câmera inteira. O protótipo tem uma amplitude de movimento de 60 graus, uma distância que pode ser percorrida pelos espelhos em 3,5 milissegundos.
    “Nós vislumbramos o uso dessa tecnologia nas transmissões esportivas, mas também esperamos gravar detalhes dinâmicos de insetos e pássaros em voo, carros, aviões etc,” disse o Dr. Ishikawa. O sistema consegue fazer imagens de alta precisão dos insetos e pássaros em pleno voo, sem jamais perdê-los de vista, algo que certamente chamará a atenção de biólogos e estudiosos de aerodinâmica. Outros campos de aplicação da câmera super-rápida incluem a robótica, cirurgias médicas e em observações científicas em geral – assim como, é claro, na análise e no julgamento em esportes, seja nos Jogos Olímpicos ou não.
    Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=camera-super-rapida-bola-pingue-pongue&id=010180120717

    Tipo: Informação Tecnológica
    Estrutura montada para Olimpíadas 2012 é marcada pela alta performance tecnológica
    Neste ano, pela primeira vez na história das Olimpíadas, todos os 26 esportes estão sendo monitorados e têm seus resultados processados em tempo real pelo Sistema de Informação do Comentador (CSI, em inglês), que, com o Centro de Operações, transmite os dados a todas as partes do mundo. A novidade pode não surpreender tanto os fãs do futebol, do vôlei e do basquete, esportes com uma contagem de pontos mais evidente, mas é um alívio para aqueles que vibram com as provas de atletismo, por exemplo. Em algumas modalidades, demorava-se quase 15 minutos para que o vencedor e seu respectivo tempo de prova fossem conhecidos.
    Além da tecnologia aplicada às disputas em si, todos os sistemas de segurança, de credenciamento, de obtenção e de processamento de resultados são integrados e controlados pelo Centro de Operações Tecnológicas – o cérebro eletrônico que tem funcionado ininterruptamente.
    Fonte:http://www.em.com.br/app/noticia/tecnologia/2012/08/05/interna_tecnologia,310101/estrutura-montada-para-olimpiadas-2012-e-marcada-pela-alta-performance-tecnologica.shtml

    Tipo: Informação Informativa
    Na porta da elite, Brasil é barrado de novo pela Argentina e volta para casa
    Pela primeira vez jogando na Arena North Greenwich, que passa a receber o torneio na fase decisiva, o basquete masculino do Brasil perseguia sua primeira semifinal olímpica desde 1968, quando ficou em quarto lugar. Não deu. O jejum de 16 anos sem participações nos Jogos foi quebrado, a evolução na quadra foi evidente, mas o tal segurança marrento estava lá de novo, e por trás dele vinham Scola, Ginóbili, Nocioni, Delfino, Prigioni, gente acostumada a castigar quem veste verde e amarelo.
    Mesmo com grandes atuações de Marcelinho Huertas e Leandrinhos, o Brasil não conseguiu a vitória, principalmente devido ao fraco desempenho do garrafão. O jogo começou bem para o Brasil que terminou o primeiro quarto na frente por 26 a 23. Mas no segundo quarto a Argentina não permitiu grandes ações ofensivas do Brasil e contando com várias cestas de três de Delfino saiu para o intervalo vencendo por 46 a 40. No terceiro quarto a Argentina chegou a abrir 15 pontos de vantagem, mas no final o Brasil ainda conseguiu reduzir para 10, indo para o último quarto perdendo por 64 a 54. No último quarto a diferença chegou a diminuir para 2 pontos, mas com uma falta de ataque e alguns arremessos errados, e com os argentinos precisos nos lances livres a diferença voltou a aumentar e o jogo terminou 82 a 77. E mesmo com uma boa campanha, tivemos que mais uma vez assistir à festa dos hermanos.
    Fonte: http://globoesporte.globo.com/olimpiadas/noticia/2012/08/na-porta-da-elite-brasil-e-barrado-de-novo-pela-argentina-e-volta-para-casa.html

    Tipo: Informação Empresarial
    Medalha de ouro em negócios
    Que as Olimpíadas de Londres 2012 não sairiam do papel sem o apoio de governos e empresas, todos sabem. Os patrocinadores são uma peça fundamental para fazer com que, a cada quatro anos, mais de 100 países mostrem o que têm de melhor nos esportes.
    Mas há gigantes do capitalismo lucrando – e muito – com as Olimpíadas de Londres. Um grupo de grandes empresas participa do TOP (The Olympic Partner). Trata-se de um programa do Comitê Olímpico Internacional que oferece a chance de explorar, com exclusividade, a prestação de serviços e a oferta de equipamentos para a infraestrutura dos jogos.
    Um exemplo é a fabricante de equipamentos de informática Acer, que é uma novata no programa TOP. Ingressou em 2009 e renovou o contrato para os jogos de Londres. Nestas Olimpíadas, a Acer é a fornecedora oficial dos equipamentos de TI, aparelhando a vila olímpica, a central de imprensa e os escritórios da organização, entre outros.
    Outro participante do TOP é a rede de fast food McDonald’s. Seu atual acordo com o Comitê Olímpico Internacional vai até 2020. Em troca do apoio aos jogos, o McDonald’s detém a exclusividade de venda de lanches na vila olímpica. Para tanto, construiu a maior loja da rede do mundo, capaz de atender a 1.200 pessoas por hora nos momentos de pico. A expectativa da rede é de faturar 3 milhões de libras (cerca de 9,7 milhões de reais) durante os 19 dias de jogos.
    Fonte: http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/6-empresas-que-vao-ganhar-dinheiro-com-as-olimpiadas-2012?p=1#link

  153. Informação Tecnologica
    A TV Record e a Rede Cinépolis fecharam uma parceria para a transmissão dos Jogos Olímpicos em 3D, em 20 salas de cinema espalhadas pelo Brasil. As Olimpíadas de Londres 2012 serão exibidas ao vivo,em sessões regulares das 15 às 17 horas. Os amantes do esporte também poderão acompanhar as cerimônias de abertura e encerramento, em 27 de julho e 12 de agosto, respectivamente.
    A Record montará um núcleo específico de produção em 3D nos estúdios da Barra Funda, em São Paulo. As transmissões contarão com a narração de Octavio “Tatá” Muniz e terão apresentadores e comentarista dedicados a utilização dos mais modernos equipamentos de captação e transmissão desta tecnologia. Pela primeira vez o telespectador poderá acompanhar uma Olimpíada, nas melhores salas…
    http://rederecord.r7.com/londres-2012/olimpiadas-3d/
    Informação Informativa
    Não deu para o basquete masculino do Brasil em Londres. A seleção foi derrotada por 82 a 77 pela Argentina e acabou eliminada nas quartas de final do torneio olímpico. Com o resultado, o Brasil encerra sua participação em sexto lugar na classificação geral. Enquanto isso, a Argentina ruma para as semifinais para enfrentar o ganhador do confronto entre Estados Unidos e Austrália.
    http://www.jornaldiadia.com.br/index.php/atletismo-e-esporte/103258-brasil-e-eliminado-pela-argentina-no-basquete-masculino
    Informação Empresarial
    Sediar a Olimpíada de 2016 faz a “marca Brasil” valer R$ 2,8 trilhões. Mas o cartão-postal que é o Rio de Janeiro ainda vale menos do que Londres, onde os jogos serão realizados este ano. O Reino Unido está valendo R$ 4,4 trilhões. Os cálculos foram feitos pela consultoria britânica de avaliação e gestão de marcas Brand Finance.
    http://www.inpi.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1327:qmarca-brasilq-vale-r-28-trilhoes&catid=53:clipping&Itemid=148

    Informação Cientifica
    Muitos atletas são proibidos de terem relações sexuais durante competições como forma de preservar o desempenho físico. No entanto especialistas da Universidade McGill, no Canadá, afirmam que o sexo não provoca redução na força física, na potência e na resistência.
    Revisão de estudos científicos sobre o assunto publicado no Clinical Journal of Sport Medicine sugere sexo na noite anterior à competição não tem efeito sobre resultados de testes fisiológicos. Em um estudo, 14 ex-altetas do sexo masculino casados foram submetidos a um teste de força máxima na manhã após o coito e repetiram o mesmo após seis dias sem sexo. Resultados mostraram nem a força nem a resistência dos músculos foram negativamente afetadas pelo sexo na noite anterior.
    Um estudo posterior conduzido na Colorado State University, nos Estados Unidos, foi realizado com homens casados de 18 a 45 anos. Resultados mostraram que o sexo não alterou resultados em testes de força, preensão, equilíbrio, movimento lateral, tempo de reação, potência aeróbica e VO2 máximo.
    Um terceiro estudo realizado em 1995 descobriu ter relações sexuais 12 horas antes de um teste de aptidão não provoca efeitos significativos na potência aeróbia máxima, no pulso de oxigênio ou na pressão arterial.
    Existe uma teoria de que a frustração sexual torna as pessoas mais agressivas, e que a ejaculação dispersa testosterona, hormônio relacionado com o desempenho atlético. “Aqueles que alegam que o sexo diminui o desempenho, em geral dizem que é porque ele diminui o foco, a agressão ou a tensão. Não existem estudos que comprovem isso isto. Mesmo que a teoria esteja correta, a maioria das pessoas atualmente acredita que existe um nível ótimo de agressão ou foco – muito pouco e um atleta não se sairá bem, em excesso e ele também não se sairá bem”, diz o pesquisador Ian Shrier, da Universidade McGill.
    O estudo liderado pelo pesquisador canadense não observou se o sexo tem impacto negativo sobre o desempenho psicológico. “Quando testamos pessoas no laboratório, estamos examinando o desempenho, mas na competição, o estado psicológico desempenha um papel importante”, diz Shrier.

    http://www.isaude.net/pt-BR/noticia/29884/ciencia-e-tecnologia/olimpiadas-sexo-durante-competicoes-nao-prejudica-desempenho-de-atletas

    Filipe Roberto Tavares

  154. Tecnológica

    Noticia sobre tecnologia: Analista de sistemas Daniel Santos criou serviço que envia um SMS sempre que um atleta brasileiro conquista uma medalha durante a competição

    Fonte: Olimpiadas

    Empresarial

    As medalhas foram confeccionadas pela empresa Royal Mint (situada no sul de Gales). Foram produzidas 4.700 medalhas que teve como designer um artista britânico

    Fonte:Olimpiadas

    Informativa

    Os ingressos tiveram cores diferentes, de acordo com o local onde a modalidade esportiva será disputada. Cada ingresso apresentou também um desenho que simboliza um esporte. Para que não houvesse falsificações, os ingressos apresentaram recursos como, por exemplo, código de barras, holograma e nome do comprador impresso.

    Fonte:Olimpiadas

    Científica

    Grande parte dos atletas que chegam às Olimpíadas competem praticamente no mesmo nível técnico. O que fará diferença entre a vitória ou a derrota? Muitos apostam no preparo emocional, como a psicóloga esportiva Carla Di Pierro, que atua no Comitê Olímpico Brasileiro com o Time Brasil.

    Fonte: Olimpiadas

  155. Tecnológica

    Noticia sobre tecnologia: Analista de sistemas Daniel Santos criou serviço que envia um SMS sempre que um atleta brasileiro conquista uma medalha durante a competição

    Fonte: http://tecmundo.com.br/sms/28094-olimpiadas-2012-receba-sms-toda-vez-que-o-brasil-ganhar-uma-medalha.htm

    Empresarial

    As medalhas foram confeccionadas pela empresa Royal Mint (situada no sul de Gales). Foram produzidas 4.700 medalhas que teve como designer um artista britânico

    Fonte: http://www.suapesquisa.com/olimpiadas2012/

    Informativa

    Os ingressos tiveram cores diferentes, de acordo com o local onde a modalidade esportiva será disputada. Cada ingresso apresentou também um desenho que simboliza um esporte. Para que não houvesse falsificações, os ingressos apresentaram recursos como, por exemplo, código de barras, holograma e nome do comprador impresso.

    Fonte: http://tecmundo.com.br/sms/28094-olimpiadas-2012-receba-sms-toda-vez-que-o-brasil-ganhar-uma-medalha.htm

    Científica

    Grande parte dos atletas que chegam às Olimpíadas competem praticamente no mesmo nível técnico. O que fará diferença entre a vitória ou a derrota? Muitos apostam no preparo emocional, como a psicóloga esportiva Carla Di Pierro, que atua no Comitê Olímpico Brasileiro com o Time Brasil.

    Fonte: http://www.midiasport.com.br/artigosDetalhes.php?cd=425

  156. 1. Científica – Recordes

    Ciência tenta entender seguidas quebras de recordes nas Olimpíadas de Londres 2012
    Especialista diz que novas marcas são fruto de muitos treinos com a ajuda da ciência, mas afirma ser difícil entender Usain Bolt
    Fonte: http://rederecord.r7.com/londres-2012/noticias/ciencia-tenta-entender-quebra-de-recordes-nos-jogos-olimpicos-de-londres-2012/

    2. Tecnológica – AS OLIMPÍADAS 3D

    A TV Record e a Rede Cinépolis fecharam uma parceria para a transmissão dos Jogos Olímpicos em 3D, em 20 salas de cinema espalhadas pelo Brasil.
    As competições em Londres 2012 serão exibidas ao vivo, em sessões regulares das 15 às 17 horas.
    Os amantes do esporte também poderão acompanhar as cerimônias de abertura e encerramento, em 27 de julho e 12 de agosto, respectivamente.
    Fonte: http://rederecord.r7.com/londres-2012/olimpiadas-3d/as-olimpiadas-3d/

    3. Empresarial – Adidas

    Em comemoração aos Jogos Olímpicos, adidas cria tênis conceito com Twitter
    Fonte: http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2012/08/em-comemoracao-aos-jogos-olimpicos-adidas-cria-tenis-conceito-com-twitter.html

    4. Informativa – Consagração de lendas

    Olimpíada de Londres’ 2012 marca consagração de lendas e adeus de estrelas
    Capital inglesa foi palco da consagração de lendas e também do adeus de alguns atletas que marcaram a história do esporte brasileiro e mundial
    Fonte: http://www.superesportes.com.br/app/1,692/2012/08/13/noticia_olimpiadas,225663/olimpiada-de-londres-2012-marca-consagracao-de-lendas-e-adeus-de-estrelas.shtml

  157. Tecnológica:

    A Samsung anunciou nesta quarta-feira (25/07) uma parceria com a Fingi Inc. que vai transformar o Galaxy S3 em chave e controle de TV no Hotel Stratford Holiday Inn de Londres durante a Olimpíada de 2012. Além de destrancar portas e garantir a possibilidade de ver os itens disponíveis no serviço de quarto, o aparelho também vai permitir o acesso rápido às principais notícias da competição.

    Fonte: http://www.tecmundo.com.br/galaxy-s3/27246-samsung-galaxy-s3-vira-chave-em-hotel-oficial-da-olimpiada-de-londres.htm#ixzz23epiBxSi

    Empresarial:

    Os Jogos Olímpicos de Londres 2012 não vão trazer nenhum benefício significativo no longo prazo para a economia da Grã-Bretanha, mas poderiam dar um breve impulso, de acordo com uma empresa majoritariamente de economistas consultada pela Reuters.

    A duas semanas para a cerimônia de abertura, 23 dos 27 economistas consultados esta semana acreditam que a primeira Olimpíada da Grã-Bretanha em 64 anos não traria um resultado econômico duradouro.

    O governo da Grã-Bretanha tem elogiado os Jogos Olímpicos como uma oportunidade histórica para mostrar os negócios e o turismo britânicos.

    Fonte: http://www.noticiasrss.com.br/post/?id=570431&noticia=olimpiadas+britanicas+nao+trarao+beneficio+no+longo+prazo++diz+pesquisa

    Informativa:

    Olimpíadas de Londres vai contar com o maior McDonald´s do mundo

    Atualmente, o maior McDonald’s do mundo fica em Orlando, Flórida, mas ele está prestes a perder o título, ao menos por algumas semanas. A rede de lanchonetes está preparando uma ação de impacto para os Jogos Olímpicos de Londres (2012): ao longo das seis semanas de evento, os turistas vão contar com o maior restaurante já criado pela empresa.

    Ali, devem ser servidos mais de 60 mil Big Macs e cerca de 180 mil porções de batatas fritas. Para isso, o McDonald’s deve contratar cerca de 2 mil funcionários, uma marca bastante impressionante para um restaurante que deve permanecer aberto por menos de dois meses. A expectativa é que cerca de 2 mil pessoas passem pela lanchonete todos os dias.

    http://www.tecmundo.com.br/mega-curioso/22862-olimpiadas-de-londres-vai-contar-com-o-maior-mcdonald-s-do-mundo.htm#ixzz23eretDXj

  158. -Tecnologica
    Google cria aplicativos interativos na página principal do site de buscas em homenagem as olimpiadas.
    Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/internet/google-cria-doodles-interativos-para-a-olimpiada-08082012-3.shl

    -Científica
    O avanço tecnologico ao extremo para fazer com que os esportistas arranquem centésimos de segundos que são suficientes para quebras de recordes mundiais e um melhor desempenho.
    Fonte: http://super.abril.com.br/esporte/superatleta-436612.shtml

    -Informativa
    Estratégia de segurança durante as olimpiadas na cidade mais vigiada do mundo.
    Fonte: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Common/0,,EMI299781-17773,00-A+OPERACAO+INEDITA+DE+SEGURANCA+DE+LONDRES.html

    -Empresarial
    Canais de televisão investem pesados para transmissão durante as olimpiadas.
    Fonte: http://portaldoholanda.com/canais-investem-na-cobertura-das-olimpadas

  159. Informação Tecnológica;

    Fonte: http://www.em.com.br/app/noticia/tecnologia/2012/08/05/interna_tecnologia,310101/estrutura-montada-para-olimpiadas-2012-e-marcada-pela-alta-performance-tecnologica.shtml

    Neste ano, pela primeira vez na história das Olimpíadas, todos os 26 esportes estão sendo monitorados e têm seus resultados processados em tempo real pelo Sistema de Informação do Comentador (CSI, em inglês), que, com o Centro de Operações, transmite os dados a todas as partes do mundo. A novidade pode não surpreender tanto os fãs do futebol, do vôlei e do basquete, esportes com uma contagem de pontos mais evidente, mas é um alívio para aqueles que vibram com as provas de atletismo, por exemplo. Em algumas modalidades, demorava-se quase 15 minutos para que o vencedor e seu respectivo tempo de prova fossem conhecidos.
    “Na maioria dos jogos, é muito importante. Imagina uma prova de natação, em que o resultado demora mais de um minuto para aparecer. E se ainda aparece errado? Já aconteceu com o Gustavo Borges”, lembra João Gondim, professor de ciência da computação da Universidade de Brasília.

    ———————–

    Informação Informativa

    http://papodehomem.com.br/o-que-esperar-das-olimpiadas-de-londres-em-2012/

    O que esperar das Olimpíadas de Londres em 2012:

    A 30ª edição das olimpíadas modernas acontecerão antes do fim do mundo com uma promessa dos organizadores: o maior espetáculo que o mundo conhece vai ser ainda maior.
    Milhões de pessoas já estão aguardando a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Londres, no dia 27 de julho. São esperados 15.000 atletas que disputarão 26 esportes divididos em 39 modalidades, além de 20.000 profissionais de imprensa credenciados, vindos de 200 países. Para ajudar a imaginar a magnitude, pense esse número é maior que os países membros da ONU.

    A capital inglesa já sediou as olimpíadas em outras duas oportunidades, 1908 e 1948. A última teve um caráter bem emblemático, já que foram os primeiros jogos após as interrupções de 1940 e 1944, devido aos acontecimentos da 2ª Guerra Mundial.

    ———————–

    Informação Empresarial:

    http://www.appudi.com.br/app.qps/newsview/8DFDF557FC9A49DA032574EF00440D71

    Os canais da Globosat serão os únicos da TV por assinatura a terem o direito de exibir os Jogos Olímpicos de Londres, de 2012. Depois de um processo de negociação, foi confirmada nesta sexta-feira, 24, a negociação realizada entre a Rede Record (detentora exclusiva da transmissão dos jogos) e as Organizações Globo, que confere à Globosat o direito de exibir os Jogos, com exclusividade na TV à cabo.

    ———————-

    Informação Científica:

    http://www.clicnews.com.br/noticias/quinta-da-estancia-promove-projeto-voltado-as-olimpiadas-de-2012/148234

    A Fazenda Quinta da Estância, de Viamão/RS, desenvolveu um programa pedagógico e multidisciplinar único sobre as Olimpíadas 2012. As atividades aliam esporte, história e geografia, possibilitando aos alunos conhecimento teórico-prático do maior evento esportivo do mundo.

    ———————

    Informação Pessoal:

    http://br.linkedin.com/pub/bruno-muehlbauer-de-souza/53/774/878

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: